conecte-se conosco


Esportes

Com vitória, Ceni iguala retrospecto pelo Fortaleza em clássicos

Publicado


.

Quase dois anos e meio após dirigir o Fortaleza pela primeira vez no Clássico-Rei, Rogério Ceni, enfim, não está mais em desvantagem nos duelos com o Ceará. A vitória da última quarta (15), por 2 a 1, na Arena Castelão, pelo Campeonato Cearense, foi a quarta do técnico sobre o maior rival do Leão, após 12 confrontos. A equipe alvinegra venceu o ex-goleiro em outras quatro partidas, com mais quatro empates.

O primeiro embate entre Ceni e Ceará foi em 18 de fevereiro de 2018. O Vozão levou a melhor: 2 a 0, pelo Campeonato Cearense. A primeira vitória do técnico no clássico só veio no ano passado, em 14 de abril, também por 2 a 0, pelo Estadual. De lá para cá, o time comandado pelo ídolo do São Paulo passou a dominar o duelo, ganhando mais três vezes e perdendo apenas uma (veja abaixo a relação completa de jogos).

No confronto da última quarta, Wellington Paulista e Yuri César balançaram as redes para o Fortaleza, enquanto Bergson descontou para o Ceará. Com seus quase 64 mil lugares vazios, uma exigência sanitária devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), a Arena Castelão, tão acostumada a pulsar no Clássico-Rei, limitou-se a gritos nos bancos de reservas e nas cadeiras ocupadas por jogadores nas arquibancadas.

“Acho louvável a atitude dos atletas que saíram e foram para a arquibancada se postando como torcedores, ajudando e incentivando. Eles sabem muito do automatismo que têm o time, o que tem que fazer. No estádio vazio, a voz ecoa e a gente fica mais rouco. A ajuda de quem está fora é fundamental. Isso é uma atitude de companheirismo”, declarou Ceni, em entrevista coletiva, após a partida.

O resultado garantiu ao Fortaleza a liderança da segunda fase do Cearense, com 18 pontos, quatro diante do próprio Ceará, que encerrou a disputa em segundo. O Tricolor do Pici aguarda os jogos desta quinta (16) para saber se enfrenta Guarany de Sobral ou Atlético-CE na semifinal. O Vozão, que teve derrubada uma invencibilidade de 16 jogos, terá pela frente o Ferroviário, que ficou no 0 a 0 com o Caucaia, também na quarta, e perdeu a chance de concluir a fase na vice-liderança.

As semifinais serão no fim de semana, em data e horário ainda não divulgados pela Federação Cearense de Futebol. Com as melhores campanhas, Fortaleza e Ceará têm a vantagem do empate.

Confrontos entre Ceni (pelo Fortaleza) e Ceará

18/02/18 – Fortaleza 0x2 Ceará (Campeonato Cearense)

04/03/18 – Fortaleza 1×1 Ceará (Campeonato Cearense)

04/04/18 – Ceará 2×1 Fortaleza (Campeonato Cearense)

08/04/18 – Fortaleza 1×2 Ceará (Campeonato Cearense)

10/03/19 – Fortaleza 0x0 Ceará (Campeonato Cearense)

17/03/19 – Ceará 1×1 Fortaleza (Copa do Nordeste)

14/04/19 – Fortaleza 2×0 Ceará (Campeonato Cearense)

21/04/19 – Ceará 0x1 Fortaleza (Campeonato Cearense)

03/08/19 – Ceará 2×1 Fortaleza (Campeonato Brasileiro)

10/11/19 – Fortaleza 1×0 Ceará (Campeonato Brasileiro)

02/01/20 – Fortaleza 1×1 Ceará (Copa do Nordeste)

15/07/20 – Ceará 1×2 Fortaleza (Campeonato Cearense)

Edição: Fábio Lisboa

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

CBF adia CSA x Cuiabá na Série B. Alagoanos têm 20 casos de covid-19

Publicado


.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou o adiamento do jogo entre CSA e Cuiabá, que seria disputado no sábado (15), em Maceió, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time alagoano está com 20 jogadores contaminados pelo novo coronavírus (covid-19). Nesta quinta-feira (13), o Azulão confirmou mais dois casos positivos.

Esta é a segunda partida consecutiva do CSA que é adiada pela CBF. O duelo previamente agendado para a última quarta-feira (12), contra a Chapecoense, em Chapecó (SC), também foi postergado em razão dos casos de covid-19 no elenco alagoano. A entidade informou que, “oportunamente”, informará as novas datas para os duelos.

Dias antes da estreia na Série B, o Azulão teve nove jogadores diagnosticados com o vírus. Eles foram isolados e não entraram em campo diante do Guarani, no sábado (8). Apesar dos desfalques, a equipe alagoana venceu por 1 a 0. No domingo (9), o elenco foi submetido a novos testes, que detectaram mais nove infectados.

Série C

A terceira divisão nacional também teve um jogo postergado devido ao novo coronavírus. Com 14 casos confirmados no elenco, o Imperatriz teve o duelo contra a Jacuipense, em casa, adiado pela CBF. O clube do interior maranhense tem 19 atletas inscritos na competição. Ou seja, apenas cinco deles não estão infectados.

O Imperatriz ainda não pôde entrar em campo na Série C deste ano. A estreia na competição, que seria no domingo passado, contra o Treze, em Campina Grande (PB), foi suspensa. O clube, na ocasião, tinha 12 atletas contaminados. Os dois confrontos ainda serão remarcados pela CBF.

Nesta quinta, o time do Maranhão também anunciou a saída do técnico Paulinho Kobayashi. “Após conversa com a diretoria, o mesmo [Kobayashi] decidiu que não continuaria. O clube agradece ao extremo profissionalismo do técnico durante o tempo que esteve no comando do Cavalo”, declarou a agremiação, em nota oficial.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Leipzig vence Atlético e chega à semifinal da Liga pela primeira vez

Publicado


.

O RB Leipzig, da Alemanha, se classificou, nesta quinta-feira (13), pela primeira vez na história para as semifinais da Liga dos Campeões da Europa ao conquistar uma improvável vitória de 2 a 1 sobre o experiente Atlético de Madri, em partida realizada em Lisboa.

O meio-campista norte-americano Tyler Adams marcou o gol da vitória aos 43 minutos do segundo tempo, em um chute de fora da área que desviou no zagueiro Stefan Savic, do Atlético, e não deu chances ao goleiro Jan Oblak.

A equipe alemã havia aberto o placar no início da etapa final, com uma cabeçada do atacante espanhol Dani Olmo, mas, o até então desanimado Atlético, ganhou um sopro de ânimo quando o jovem português João Félix (maior contratação da história da equipe) entrou em campo, sofrendo e convertendo um pênalti aos 19 minutos.

O Atlético, vice-campeão da Liga dos Campeões nos anos de 2014 e 2016, parecia mais propenso a marcar o segundo gol, já que continuou pressionando no ataque.

No entanto, um contra-ataque pegou o time espanhol desprevenido e resultou no gol de Adams, que garantiu a vaga do Leipzig na semifinal, na qual enfrentará o PSG do atacante brasileiro Neymar.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana