conecte-se conosco


Entretenimento

Com sotaque firme, pernambucano participa de série da Netflix

Publicado

Pedro Wagner em São Paulo arrow-options
Foto: Eduarda Esteves

O intérprete do “Carniça” salientou ainda que a expressões diversas fortalecem o trabalho e enriquecem as tramas

Se em outra época a teledramaturgia brasileira presava por um sotaque único no país, sem representar as complexidades das cinco regiões, atualmente há um novo entendimento sobre as diversas formas de falar. É o que pensa o ator Pedro Wagner, 36, presente no elendo da nova série da Netflix, ” Irmandade “.

Pedro vive em São Paulo atualmente, mas é natural de Garanhuns, cidade de Pernambuco. Ele interpreta o personagem ” Carniça “, que ao lado de Edson (Seu Jorge) lidera a facção criminosa que dá título ao seriado.

Ambientado na cidade de São Paulo dos anos 1990, o thriller conta a história de Cristina, uma advogada honesta e dedicada que descobre que seu irmão Edson está preso e lidera um grupo criminoso.

Leia tambémContato com presos inspirou Seu Jorge em “Irmandade”, nova série da Netflix

Elenco de Irmandade arrow-options
Helena Yoshioka / Divulgação

Elenco reunido no lançamento da produção brasileira com estreia marcada para o próximo dia 25


No lançamento oficial da trama, nesta quarta-feira (9), em São Paulo, Pedro Wagner falou um pouco sobre a concepção do “Carniça”, um preso que fugiu do sistema carcerário e se apega na desconfiança para gerir o seu negócio.

A produção estreia no próximo dia 25 de outubro e quem assistir, certamente perceberá o sotaque marcante do Pedro Wagner. Ele conta que a princípio o “Carniça” seria um presidiário natural de São Paulo, mas aos poucos, toda a equipe sentiu a necessidade de dar representatividade ao diverso.

Em conversa com a reportagem do iG, Pedro destacou como foi a readaptação. “A gente foi entendendo que o país tem outras dimensões, outros sotaques, mas não foi algo pensado, foi acontecendo na medida que eu ia trazendo coisas na preparação e se concretizou quando fomos gravar no presídio, onde resolvemos assumir isso, de que ele era um personagem nordestino. O Carniça ampliava a sensação de país, ainda mais são Paulo sendo feito de tantos lugares diferentes”, afirmou.

O ator também parabeniza a equipe de direção pela liberdade que o elenco teve em adaptar o roteiro para que ele se tornasse ainda mais verdadeiro e vivo. “Isso me deu uma sensação muito boa para trabalhar e poder trazer um vocabulário prórpio, expressões que são de lá da minha terra que cresci ouvindo e nunca pensei que eu pudesse alocar em um personagem. Acho que foi um ganho para o personagem, sem dúvida”, contou Wagner.

No audiovisual, Pedro atuou entre outros nos longas “Reza a lenda” (2015), “O Roubo da Taça” (2016), TOC (2016), Tungstênio (2018) e na minissérie “Justiça” (Globo, 2016), na supersérie “Onde nascem os fortes (2017) e “Sob Pressão” (2017).

Confira o trailer de “Irmandade”

Com mais de dez anos de carreira, o pernambucano acredita que a linguagem audiovisual já passa por um momento em que tenta misturar cada vez mais os sotaques. Para ele, hoje há o entendimento de que o Brasil não é só o eixo Rio-São Paulo. “Recife, por exemplo, tem uma linguagem do cinema muito forte no país e fora dele também. Temos exemplos como Kleber Mendonça, Gabriel Mascaro e o Marcelo Gomes”, apontou.

Na visão de Pedro, a falta de representatividade dos nordestinos, principalmente, não é mais aceitável. “Deu uma cansada e saturada e as pessoas começaram a perceber que o Brasil tem dimensões continentais. Apesar da gente falar a mesma língua, a sonoridade é diferente e as variáveis são muito grandes”, detalhou o ator.

O intérprete do “Carniça” salientou ainda que a expressões diversas fortalecem o trabalho e enriquecem as tramas. “Acho que demorou para entenderem isso porque normalmente quando aparecia o nordestino era sempre como o folclórico. Mas fico feliz de observar essa mudança, da gente se entender enquanto identidade de país e não de uma região”. pontuou.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Entretenimento

Mãe de criação de Jojo Todynho morre de Covid-19

Publicado


source

A cantora Jojo Todynho anunciou hoje em seu Instagram que sua mãe de criação faleceu, vítima da Covid-19 . Maria Helena tinha 60 anos e fazia hemodiálise, o que a enquadrava como paciente do grupo de risco.

Leia também: Jojo Todynho abre o jogo e revela real motivo de querer se aposentar com 25 anos

a cantora jojo todynho
Reprodução/Instagram/@jojotodynho

Após morte de sua mãe, Jojo Todynho diz que ficará sumida do Instagram


A notícia foi dada pela própria Jojo em seus stories do Instagram. A cantora chorava muito ao fazer o anúncio aos seus seguidores. “Eu vou ficar sumida do Instagram. Acabei de perder um dos meus maiores amores. Me criou. Eu não consigo acreditar que minha mãe, Maria Helena, me deixou. Eu vou sumir, tá gente? Eu preciso sumir”, disse, entre lágrimas.

A vítima, que é considerada mãe de criação de Jojo Todynho , era vizinha da avó da cantora, Dona Rita.

Horas após a publicação dos stories, a cantora fez uma postagem em seu IGTV, também no Instagram, em que falava sobre a perda de Maria Helena.

“Deus tirou de mim uma das pessoas mais importantes, que foi essencial na minha vida, para ajudar minha avó, para eu me tornar quem eu sou hoje. Os valores, o respeito ao próximo… Uma das pessoas mais lindas que eu conheci na minha vida e que foi peça chave para que eu não me perdesse por esse mundo”, disse Jojo.

No mesmo vídeo, ela fala indiretamente sobre a repercussão da briga entre Léo Dias e a cantora Anitta , sua amiga. Jojo Toddynho afirmou que existem coisas mais sérias para se preocupar no momento.

Leia também: Leo Dias acusa Anitta de usar sexo para ganhar espaço em rádio e apaga o vídeo


“Vocês tão preocupados com fofoca. […] O mundo gira em torno de fama, mas fama não é tudo, beleza não é tudo, dinheiro não é tudo. Vai embora e ficar tudo aí”, afirmou. “Deus tá sacudindo a Terra para que as pessoas vejam e entendam o que tá acontecendo. Só que não, o dinheiro, a fama que todo mundo quer ter… Isso é um inferno, uma porcaria na vida das pessoas”, continuou Jojo Todynho .

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Foto de Khloé Kardashian chama atenção para o antes e depois

Publicado


source

Khloé Kardashian compartilhou uma foto recente sua na qual aparece bastante diferente. A repercussão foi tanta que a imprensa internacional começou a especular quais os procedimentos plásticos e estéticos que a socialite teria realizado.

Leia também: Khloé Kardashian pensa em dar uma nova chance ao ex

Khloé Kardashian
Reprodução/Instagram

Khloé Kardashian


O jornal britânico Daily Mail , por exemplo, consultou uma especialista que listou alguns dos procedimentos pelos quais a irmã mais nova de Kim e Kourtney Kardashian pode ter passado. “Aconteceu muita coisa no rosto dela. Quem pode saber pelo que ela passou?”, questionou a especialista em cosméticos Claire McGuinness.

Leia também: Khloé Kardashian fala sobre eleições presidenciais no Brasil

Transformação de Khloé Kardashian
Reprodução/Twitter

Transformação de Khloé Kardashian


“É uma combinação de cirurgias , produtos injetáveis, além de perda de peso… Ainda tem os filtros da foto, a maquiagem e a iluminação”, afirmou a fonte do do jornal inglês. “Elas estão todas ficando iguais. Não sabemos quais são os objetivos dela, é difícil ser uma pessoa pública. Ela será sempre julgada”.

Khloé não chegou a se pronunciar sobre quais procedimentos fez ou não. Mas o fato é que, desde 2007, quando ela começou a ficar famosa ao participar do reality show “Keeping Up With the Kardashians”, a aparência dela está muito mudada.

Leia também: Em reality, Khloé Kardashian revela que ainda ama Tristan Thompson

No Twitter, muitos internautas ficam impressionados com as mudanças de Khloé. ” Khloé Kardashian parece uma pessoa diferente a cada ano”, diz uma postagem com várias fotos da socialite.


Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana