conecte-se conosco


Política MT

Com sintomas de coronavírus, presidente da Assembleia Legislativa viaja para São Paulo e é internado

Publicado

Eduardo Botelho está internado no hospital Sírio Libanês [F – Angelo Varela]

O presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) viajou na noite de segunda-feira (13), para São Paulo e está internado no hospital Sírio Libanês, após apresentar sintomas do novo coronavírus (Covid-19), como febre, dor no corpo e tosse.

Em nota divulgada à imprensa ontem à tarde, a assessoria do parlamentar informou que ele havia realizado exames e aguardaria o resultado em isolamento social.

Porém, conforme apurado pelo O Documento, os sintomas persistiram e Botelho decidiu viajar para São Paulo para realizar novos exames. Eduardo Botelho pode ser o sétimo deputado acometido pelo coronavírus. A doença infectou Faissal Calil(PV), Max Russi (PSB), Paulo Araújo (PP), Thiago Silva (MDB), Wilson Santos (PSBD) e Walmir Moretto (PRB).

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

PDT promove formação online de pré-candidatos para eleições em MT

Publicado

As transmissões das lives de formação são semanais, e abordam temas fundamentais para campanhas eleitorais nos municípios.

Com a aproximação do período eleitoral, o diretório estadual do PDT Mato Grosso passou a promover lives de formação para pré-candidatos nas eleições municipais 2020, visando a qualificação em diversos aspectos que envolvem as campanhas eleitorais.

A próxima live de formação será nesta terça-feira (11) às 19h e abordará o Planejamento de Campanha Eleitoral. Entre os convidados, está o vereador por Cuiabá, Lilo Pinheiro, a vereadora de Alta Floresta, Elisa Gomes, e o Deputado Estadual Allan Kardec.

O programa de formação eleitoral online iniciou em julho, debatendo aspectos jurídicos na pré-campanha, com esclarecimentos daquilo que é permitido e proibido aos pré-candidatos nesse período. A palestra foi proferida por Rodrigo Cyrineu, advogado , mestre em direito constitucional e especialista em direito eleitoral.

Na sequência, foi a vez do jornalista e publicitário Ahmad Jarrah e do assessor Jan Moura abordarem o marketing e a comunicação eleitoral, desde a pré-campanha, passando pelo planejamento estratégico até a utilização de mídias convencionais e digitais.

Uma das dificuldades apontadas pelos pré-candidatos foi a contabilidade eleitoral, também tema de uma das lives de formação, com a participação do contabilista eleitoral Fabio Luiz Spadrizani e da cientista social e contabilista Miriam Calazans, que falaram sobre questões relacionadas à arrecadação de campanha, controle de gastos e prestação de contas à Justiça Eleitoral.

Uma das formações mais esperadas foi a que abordou o Plano de Governo, documento primordial e obrigatório para candidatos aos cargos majoritários, no caso das eleições municipais, os prefeitos. Nesta formação, a transmissão contou com Catiane Cardoso, advogada do PDT de Comodoro, Nabson Nattan, do PDT de Guarantã do Norte e Jalme Junior, mestre em Geografia e membro do PDT Várzea Grande.

As transmissões voltadas à formação dos pré-candidatos contam com apoio e participação do presidente do diretório estadual do PDT Mato Grosso, Deputado Estadual Allan Kardec. Para ele, “esse método de formação foi escolhido pela circunstância de distanciamento social imposto pela pandemia, mas acabou dando muito certo. Nas nossas lives, já somamos milhares de visualizações e disponibilizamos o conteúdo de maneira aberta e gratuita para posterior consulta para todos os pré-candidatos, não somente do PDT”, destaca Allan.

Pandemia torna campanha eleitoral ainda mais digital

Além de mudar as datas das eleições municipais deste ano, a pandemia da Covid-19 também está mudando o formato das campanhas eleitorais. Com a impossibilidade do corpo-a-corpo, imposto pelo distanciamento social, a importância da internet e das redes sociais na campanha crescem exponencialmente.

Todos os candidatos estão migrando suas pré-campanhas para as redes sociais, mas não é apenas a presença digital que conta. “É fundamental oferecer conteúdo de qualidade, que garanta a diversidade, e apresente um diferencial para o eleitor, e é isso que estamos buscando para nossa chapa de pré-candidatos, por meio do nosso programa de formação digital”, finaliza Kardec.

Continue lendo

Política MT

Projeto institui o programa de atendimento a pessoas com hipertensão arterial pulmonar

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado Dr. Eugênio (PSB) apresentou o projeto de lei 656/2020, que institui o programa de atendimento a pessoas com hipertensão arterial pulmonar (Hap). Em justificativa, o parlamentar fala sobre a importância da proposta. “É inegável, neste momento de pandemia, as sequelas que poderão advir da Covid-19 em muitos mato-grossenses em questões de saúde pulmonar. Não há clareza científica para o caso, tudo é especulação”.

São objetivos específicos do programa: diagnosticar e tratar pacientes com hipertensão arterial pulmonar em todos os graus de complexidades; promover políticas públicas no sentido de propagar a disseminação de informação a respeito do tema e capacitar os profissionais da área da saúde; conceder a prioridade vermelha nos atendimentos e exames aos pacientes diagnosticados.

Alguns atendimentos disponibilizados para o programa na rede pública de saúde serão equipes multidisciplinar, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais e terapia alternativa.

A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES) desenvolverá sistema de informação e acompanhamento das pessoas com hipertensão, organizando cadastros próprios e específicos, garantindo o sigilo.

A hipertensão arterial pulmonar é uma consequência típica de um grupo de doenças com diferenças fisiopatológicas e prognósticas, mas que tem como fator comum a elevação da resistência vascular pulmonar com consequente hipertrofia e falência do ventrículo direito que, se não abordadas de forma específica, evoluem em curto espaço de tempo para óbito. Se após ampla investigação clínica não for encontrada nenhuma causa secundária, esta será categorizada como idiopática.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana