conecte-se conosco


Meu Pet

Com saudade, cadelinha tem reação fofa ao ver sua dona em chamada de vídeo

Publicado

A cadelinha Moxie trabalha todos os dias para ajudar sua dona Katie Harris que sofre da síndrome de Ehlers-Danlos, uma doença hereditária caracterizada pela fragilidade da pele, ligamentos, vasos sanguíneos e órgãos internos. Recentemente, Katie fez uma cirurgia e teve que passar um tempo longe da cadelinha. Então a tutora resolveu fazer uma ligação no Facetime e a reação fofa de Moxie ao rever a dona bombou na internet.

Leia também: Golden Retrivier faz “pedido” irrecusável para sua dona

cadelinha tocando na tela do celular arrow-options
Repordução Facebook

Assim que Moxie reconheceu sua dona na chamada de vídeo, ficou muito feliz e até lambeu a tela do celular

Katie Harris adotou Moxie para que a pet fosse uma cadelinha de serviço que a ajudasse com as dificuldades causadas pelo seu problema de saúde e as duas acabaram se tornaram amigas inseparáveis. “Moxie tem sido uma grande bênção para mim. Quando eu me machucava de uma luxação ou desmaiava de problemas de pressão arterial, ela sempre estava lá e ia pegar qualquer coisa que pudesse me ajudar”, contou a tutora ao site The Dodo.

Leia também: Morre Stewart, Corgi que interpretava Cheddar na série Brooklyn Nine-Nine

Desde que se conheceram, as duas amigas nunca tinham ficado longe uma da outra, mas aí veio a cirurgia. Katie não sabia como sua cadelinha reagiria a uma separação e após 12 dias decidiu fazer uma chamada de vídeo com Moxie. A reação da cadela mostrou como ela estava com saudade da dona. 

Assim que a pet viu o rosto de Katie e reconheceu sua voz, ela ficou extremamente feliz e até começou a lamber a tela do celular. Diante de tanta fofura, a família resolveu compartilhar o momento na internet.

Depois do tempo distantes, as duas amigas já estão juntas novamente. “Eu posso dizer honestamente que ter Moxie me salvou e eu sou incrivelmente grata. Ela não apenas me ajuda fisicamente, nós também somos uma equipe e navegamos nestes desafios e obstáculos juntas”, afirma Katie.

Fonte: Canal do Pet
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Meu Pet

Principais erros que causam acidentes domésticos com animais de estimação

Publicado

source

Os brasileiros não priorizam cuidados preventivos com os animais de estimação . Essa é a conclusão de uma pesquisa realizada pelo IBOPE Inteligência e divulgada pela Bayer. Os dados são alarmantes e mostram que a maioria dos animais não está protegida dentro da própria casa. 

De acordo com o estudo feito em território nacional, 76% dos respondentes afirmaram que  não fizeram nenhuma ação ou mudança em suas casas para receber os pets e apenas 26% deles têm alguma atenção com os perigos domésticos que podem colocar a saúde do bichinho em risco. 

cachorros descendo escada arrow-options
Shuttersock

A principal causa de acidentes domésticos com animais de estimação é a queda de locais altos, como escadas

O principal motivo de acidentes domésticos com animais de estimação é a queda de lugares altos – 17% dos casos acontecem com cães e 22% com gatos. Segundo Mariana Buck, veterinária que atende na clínica médica do Hospital Veterinário Santa Inês, essas quedas normalmente acontecem de janelas, muros, lajes e escadas. “Elas podem ocasionar fraturas, trauma craniano, contusão pulmonar ou até óbito”, alerta. 

Leia Também:  Gato corajoso que vivia em lar temporário salva família de incêndio

A segunda causa mais frequente de acidentes é ingestão de substâncias tóxicas (produtos de limpeza, higiene, remédios, plantas, etc) – o que aconteceu com 16% dos animais. Mariana conta que dentro da Instituição Santa Inês muitos casos de intoxicação são atendidos: “Muitas vezes o próprio tutor coloca algum componente químico, um veneno para roedores, por exemplo, os pets ingerem e acabam vindo parar na emergência.”

Leia também: As plantas que podem e que não podem ter em casas com animais

Outro acidente que leva a atendimentos frequentes no Hospital Veterinário é o afogamento. “Filhotes costumam se afogar em bacias ou até baldes cheios, mas isso pode acontecer até com o pet adulto. Casos envolvendo piscinas também são comuns”, afirma a veterinária. 

gato bebendo água da piscina arrow-options
Shuttersock

Afogamento também está entre as principais causas de acidentes domésticos com animais de estimação


Como tornar a casa segura para os animais de estimação?

Quando se trata das quedas a principal maneira de evitá-las é a proteção, o que possui em poucas casas –  apenas 28% dos donos de felinos e 19% dos de cães instalaram telas nas janelas.  “No caso de muros, lajes ou escadas, a dica é  evitar que os animais tenham livre acesso a esses locais. Muitas vezes eles ouvem um som, sobem na laje correndo para latir e acabam escorregando e caindo. Em outros casos, quando tem mais de um animal, o que vem atrás acaba ocasionando um impacto e derrubando o da frente”, explica Mariana. 

Para impedir afogamentos é necessário não deixar bacias e baldes cheios ao alcance do pet. A veterinária indica que a piscina tenha sua área isolada, de preferência com cerca ou portão. Se o uso de capas for a opção, sempre buscar pelos modelos mais seguros e que se adequem ao peso corporal do animal. 

Evitar qualquer objeto, produto ou alimento no chão diminui os riscos de intoxicação. 

“Se a gente tomar conta desses locais de queda, afogamento, e da ingestão de alimentos, substâncias químicas ou objetos, minimizamos muito riscos de complicações e acidentes com animais de estimação “, finaliza Mariana. 

Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Meu Pet

Mulher leva susto ao ver aparência de seu cão enquanto dirigia

Publicado

source

O cão de Victoria Hall, moradora do Tennessee, nos Estados Unidos, deu um grande susto nela na última semana. A norte-americana estava digirindo seu carro quando percebeu que tudo parecia mais silencioso do que o normal no banco de trás onde seu cachorro estava. Assim que virou para ver o que havia acontecido, ela não parou de rir.

Leia também: Dona encontra esconderijo de brinquedos feito por gato e ele não gosta

Um pedaço da janela do carro estava aberta, e com o vento o pelo do cachorro levantou e fez com que o pet parecesse ter levado um choque. “Estou morta”, escreveu na legenda. O melhor de tudo é a composição da fotografia, que leva o animal de pequeno porte vestido com uma roupinha rosa e os pelos todos levantados parecendo formar uma coroa. 

Cão de Victoria Hall arrow-options
Facebook/ Victoria Hall

Cão de Victoria Hall


Fonte: Canal do Pet
Leia Também:  Cachorro enorme tenta subir em dono, derruba poltrona, e viraliza
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana