conecte-se conosco


Esportes

Com Morumbi lotado, São Paulo empata sem gols com reservas do Grêmio e é vaiado

Publicado

Gazeta Esportiva – Apoiado por mais de 45 mil pessoas no Estádio do Morumbi, o São Paulo perdeu a chance de pressionar os líderes do Campeonato Brasileiro na manhã deste domingo. Contra uma formação alternativa do Grêmio, o time comandado pelo técnico Cuca ficou no empate por 0 a 0.

Com 31 pontos ganhos, o São Paulo figura no terceiro lugar da tabela de classificação. Flamengo e Santos, ambos com 33 pontos, enfrentam Chapecoense e Palmeiras, respectivamente. Já o Grêmio, mais preocupado com as Copas, soma 22 pontos e aparece no 11º posto.

Às 19 horas (de Brasília) desta quarta-feira, com o que tem de melhor, o Grêmio entra em campo para decidir um finalista da Copa do Brasil contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada. Já o São Paulo, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, pega o Internacional às 19 horas de sábado, no Beira-Rio.

O São Paulo criou a melhor oportunidade de gol da etapa inicial logo nos primeiros minutos. Tchê Tchê recebeu cruzamento da esquerda dentro da área e bateu. A bola foi interceptada por Capixaba e sobrou limpa para conclusão de Antony, que completou para fora.

Leia Também:  Jogador morre em campo um dia após revelar que tinha problema no coração

Na resposta do Grêmio, Arboleda recebeu passe de Juanfran dentro da área e foi desarmado por Everton Cebolinha do lado direito da defesa. O atacante, esperto, tocou rasteiro para chute de Capixaba e Volpi precisou se esticar para espalmar pela linha de fundo.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o São Paulo assustou em dois chutes de Tchê Tchê da entrada da área. No primeiro, o meio-campista limpou a marcação e bateu bem perto do gol. No segundo, chutou colocado e viu o goleiro Júlio César espalmar para fora.

O segundo tempo da partida disputada no Morumbi continuou movimentado e, logo no início, Antony chutou forte para defesa firme do goleiro Júlio César. O Grêmio respondeu na mesma moeda e Thaciano bateu no canto direito para boa intervenção de Volpi.

Na tentativa de movimentar o marcador, o São Paulo aumentou seu volume de jogo e procurou pressionar o Grêmio no campo de defesa. O time dirigido por Cuca mantinha boa posse de bola, porém sem criar boas chances de gol. A equipe de Renato Gaúcho, por sua vez, não conseguia encaixar os contra-ataques.

Leia Também:  Família de Thalles reclama da demora no socorro ao atleta: “Estamos revoltados”

Com dificuldades para penetrar na área gremista, Igor Gomes chutou da entrada e Júlio César espalmou, inflamando a torcida local. Aos 41 minutos, Antony cometeu falta sobre Capixaba e acabou expulso pelo segundo amarelo. Com um a menos, o clima no Morumbi esfriou e até se transformou em vaias em alguns momentos, e o São Paulo não conseguiu evitar o empate.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 0 x 0 GRÊMIO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 31 de agosto de 2019, sábado

Horário: 11 horas (de Brasília)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Público: 46.997 pessoas

Renda: R$ 2.948.464,00

Cartões amarelos: Antony (SAO); Luciano (GRE)

Cartão vermelho: Antony (SAO)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius), Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero (Igor Gomes) e Daniel Alves; Antony, Vitor Bueno (Helinho) e Everton

Técnico: Cuca

Grêmio: Júlio César, Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba, Michel, Thaciano, Diego Tardelli (Patrick) e Luan (Darlan), Everton Cebolinha e Luciano (Pepê)

Técnico: Renato Portaluppi

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

COPA VERDE- Com show de Neto Baiano, Remo atropela Atlético-AC

Publicado

Em jogo eletrizante, o Remo não teve dificuldade para superar o Atlético Acreano por 4 a 1 e decretar sua ida à semifinal da Copa Verde. Na tarde deste domingo, no estádio Baenão, Wesley e Neto Baiano brilharam ao marcar dois gols cada, que ainda contou com gol de Ronaell. Jovembert descontou, mas não evitou a derrota e eliminação do Galo Carijó.

SEMIFINAL PODE TER RE-PA

O Remo agora espera a definição da partida entre Bragantino-PA e Paysandu para conhecer seu adversário nas semifinais. O primeiro duelo terminou empatado por 1 a 1 e o jogo de volta será realizado às 15h30 da próxima quarta-feira, no Diogão.

REMO A MIL POR HORA

O Remo começou a partida em alta velocidade e logo no primeiro minuto abriu o placar. Wesley pega rebote de escanteio e finaliza firme. A bola bate na trave e entra. Três minutos depois, Gustavo Ramos quase ampliou ao chutar colocado, exigindo grande defesa do goleiro Ruan.

Aos 17, porém, não teve jeito. Neto Baiano, em cobrança de falta, acertou o ângulo e fez o segundo gol do Remo. Logo depois, Gustavo Ramos parou novamente no goleiro em chute muito forte.

Leia Também:  CBF e DAZN acertam transmissão da Série C 2019

MAIS GOLS

O Atlético respondeu aos 24 com Douglas, que livre de marcação, perdeu grande chance. Na sequência foi a vez de Geovani tentar diminuir, mas o goleiro Vinicius defendeu.

Se Gustavo Ramos não conseguiu em duas tentativas, na terceira ele resolveu tocara para Wesley, que aos 41 minutos marcou o terceiro. Antes do intervalo, aos 47, o Atlético diminuiu com Jovambert, encerrando o movimentado primeiro tempo.

REMO MANTÉM RITMO NO 2º TEMPO

O segundo tempo até foi mais tranquilo, mas contou com gol aos 17 minutos. Neto Baiano cobrou pênalti no meio do gol e fez o seu segundo na partida. Cinco minutos depois Ronaell também deixou o dele.

HAT-TRICK

Ainda não satisfeito, aos 45 minutos, Neto Baiano aproveitou vacilo do zagueiro e marcou seu terceiro, o famoso hat-trick.

Continue lendo

Esportes

SÉRIE A – Ganso chuta, Cássio toma frango e Corinthians sai do G4

Publicado

Um frango do goleiro Cássio não permitiu que  Corinthians encostasse nos líderes do Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo, resultando na derrota para o Fluminense, por 1 a 0, no Mané Garrincha, em Brasília, pela última rodada do primeiro turno.

Com 32 pontos, o Corinthians caiu para a quinta colocação. O líder Flamengo tem 42. Já o Fluminense deixou a zona de rebaixamento ao chegar aos mesmos 18 pontos do Cruzeiro, mas subiu para o 16º lugar por causa do número de vitórias (5 contra 4).

FLUZÃO NA FRENTE A primeira chance do confronto foi criada pelo Corinthians aos sete minutos. Gil subiu mais que todo mundo após escanteio cobrado da direita e cabeceou na trave de Muriel. Na sequência, Pedrinho arriscou de fora da área e o goleiro tricolor fez a defesa.

O Fluminense respondeu em falta cobrada por Nenê. A bola passou raspando o travessão de Cássio, que só observou. Aos 39, Paulo Henrique Ganso chutou de fora da área e contou com uma contribuição do goleiro corintiano para abrir o placar em Brasília.

Leia Também:  Presidente do Milan confirma que o San Siro será demolido

O Corinthians voltou do intervalo pressionando o Fluminense-RJ e quase empatou aos seis minutos em chute de Janderson pela linha de fundo. A resposta do time carioca veio após passe de Nenê. Yony González dividiu com Cássio e a bola saiu pela linha de fundo.

As principais jogadas ofensivas do Corinthians eram pelo alto. Gustavo cabeceou por cima do travessão aos 19. O time paulista tinha dificuldades para escapar da forte marcação feita pelo Fluminense-RJ. E assim a partida seguiu até o apito final.

PRÓXIMOS JOGOS
O Corinthians enfrenta o Bahia-BA no próximo sábado, às 19 horas, na Arena Corinthians, em São Paulo, enquanto o Fluminense joga contra o Goiás, às 19 horas, do domingo, no Serra Dourada, em Goiânia. Os jogos são válidos pela 20ª rodada.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana