conecte-se conosco


Geral

Com medidas de biossegurança, aulas na rede estadual retornam 100% presenciais a partir de segunda-feira

Publicado

Seduc reforça aos pais que retorno das aulas 100% presenciais será seguro [Foto – David Borges]

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) reforça o convite aos pais que ainda não visitaram a unidade escolar, onde os filhos estão matriculados, para conhecer os trabalhos feitos para o retorno presencial com segurança. Desde o anúncio do retorno das aulas 100% presenciais, que acontecem a partir desta segunda-feira (18), os pais foram convidados para conhecer como a unidade escolar está se preparando para esse retorno com segurança.

A secretária adjunta de gestão educacional, Alcimária Ataídes da Costa, destaca que a escola é um espaço seguro, pois a estrutura de biossegurança foi implantada e monitorada desde novembro do ano passado e, por isso, os pais podem ficar tranquilos. Segundo ela, na 11ª semana de acompanhamento das medidas de biossegurança nenhum caso de covid foi registrado nas escolas da Capital. Nem de alunos ou profissionais da educação.

“Estamos fazendo um retorno responsável. A ciência garante o retorno com segurança. A Seduc ampliou o valor dos recursos para garantir a compra de materiais para que todas as escolas estejam aptas a receber os alunos”, ressalta.

Alcimária Ataídes da Costa lembra que professores e equipe pedagógica das escolas estão trabalhando a recuperação da aprendizagem e, para isso, a escola se preparou de modo seguro para receber os estudantes. “Trata-se de um direito do aluno e um compromisso nosso, de todos os profissionais da educação ”, assinala.

O uso de máscara e do álcool em gel serão obrigatórios. Na hora do lanche, será seguido o distanciamento para que todos se sintam seguros.

Nesta sexta-feira (15.10) de manhã, a secretária adjunta, superintendentes e coordenadores participaram de uma live no canal do You tube da Seduc tirando dúvidas com os gestores e professores. No início da semana, Alcimária já havia se reunido com assessores pedagógicos e Diretores Regional de Ensino para traçar os planos de retorno presencial.

“Fizemos uma transmissão para atingir um maior número possível de gestores e mostrar de forma simplificada como serão os trabalhos a partir de agora” ressalta.

Para os alunos com comorbidades, está garantido o ensino remoto. Para isso, os pais têm que levar o laudo médico até a secretaria da escola para garantir esse direito.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Após 24 dias, MT volta a não registrar mortes por Covid; ocupação de UTIs está em 24% e 537 mil pacientes estão recuperados

Publicado

Há 41 internações em UTIs públicas e 25 em enfermarias públicas

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (1), 553.025 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.001 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Nas últimas 24 horas, foram notificadas 192 novas confirmações de casos e nenhuma morte causada pelo novo  coronavírus no Estado. Dos 553.025 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.303 estão em isolamento domiciliar e 537.230 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 41 internações em UTIs públicas e 25 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 23,03% para UTIs adulto e em 5% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (114.322), Várzea Grande (41.902), Rondonópolis (38.524), Sinop (26.819), Sorriso (18.600), Tangará da Serra (17.870), Lucas do Rio Verde (15.779), Primavera do Leste (14.867), Cáceres (12.016) e Alta Floresta (11.356).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 402.742 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, não restam amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na terça-feira (30), o Governo Federal confirmou o total de 22.094.459 casos da Covid-19 no Brasil e 614.681 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quarta-feira (1).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Continue lendo

Geral

Primeira-dama de MT retorna à aldeia indígena Meruri para fazer entregas de Natal

Publicado

Virginia Mendes levou cestas básicas, cobertores, brinquedos e doces para as crianças [Fotos – Jana Pessôa]

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, deu início às entregas de Natal nesta segunda-feira (29). O primeiro local a receber a ação foi a Aldeia Meruri, localizada no município de General Carneiro. A aldeia da etnia Boe-Bororo conta com o apoio da Missão Salesiana, coordenada na região pelo Padre Andelson.

Nessa primeira ação Natalina de 2021, foram entregues à comunidade indígena 200 cestas básicas, 150 cobertores, 150 brinquedos e 150 kits de doces para as crianças. Essa ação faz parte dos programas SER Família Solidário, Aconchego e SER Família Indígena.

“Sabemos como a agenda da primeira-dama é lotada, mas, ela tirou um tempo para estar aqui conosco trazendo os presentes. A presença dela sem dúvida é uma honra muito grande, as nossas crianças adoraram esse carinho e atenção, quando uma criança demonstra afeto geralmente é sincero, agradecemos muito esta ação”, pontou o padre.

Esta é a segunda visita da primeira-dama do Estado à aldeia Meruri. A comitiva foi recebida pela comunidade da etnia Boe-bororo com apresentações de danças típicas e mensagens de carinho. Além disso, houve a abertura e a benção do presépio da aldeia Meruri, que contou com a apresentação do coral da comunidade indígena.

“Fico encantada toda vez que venho aqui, sem dúvida é um povo abençoado por Deus. Agradeço por todo carinho e podem contar comigo e a minha equipe no que precisarem, inclusive me coloco à disposição do Padre Andelson que tem feito um lindo trabalho na região”, destacou a primeira-dama de Mato Grosso.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana