conecte-se conosco


Registro Geral

Com marketing equivocado, Vargas foi instigado ao erro conceitual e pode ser derrotado nas urnas

Publicado

Candidato a prefeito de Várzea Grande, Flávio Vargas (PSB): Vítima de um enorme e trágico erro de marketing eleitoral

Apesar de possuir todos os predicados para vencer a eleição municipal em Várzea Grande, o candidato de oposição, Flávio Vargas (PSB), caminha para levar uma surra terrível nas urnas. Conforme a coluna antecipou bem lá atrás, o marketing eleitoral de Flávio cometeu o pecado capital na tentativa de desqualificar a atual gestão, encabeçada pela prefeita, Lucimar Campos (DEM), reforçando a rejeitada tese da mudança. Não deu outra, o eleitor não aceitou o mote de campanha e aderiu em massa ao ex-vereador, Kalil Baracat (MDB), candidato da situação. Na altura do campeonato, resta a Vargas uma única alternativa: Mudar a linha central do marketing, com a massificação de propostas para uma eventual disputa ao cargo de deputado estadual, em 2022.

publicidade
1 comentário

1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registro Geral

Cauteloso com pagamentos milionários, Taveira é colocado na “geladeira” e deve deixar Finanças da AL

Publicado

Secretário de Orçamento, Finanças e Planejamento da Assembleia Legislativa, Ronaldo Taveira: Exemplo de honestidade e histórico de sempre fazer a coisa certa; como prevenção, ele deve deixar a Pasta até o final deste ano

Reconhecido pela seriedade na vida pública, o atual secretário de Finanças da Assembleia Legislativa, Ronaldo Taveira, segundo fonte da coluna, recusou categoricamente assinar pagamentos milionários a fornecedores investigados pelos órgãos de fiscalização, principalmente, empresas ligadas ao setor de Tecnologia da Informação. A negativa lhe custou a confiança do “capo di tutti capi”. De acordo com a mesma fonte, Taveira está há mais de 30 dias, sem sucesso, tentando conversar com o chefão do Legislativo. Isolado, o ainda titular da Finanças pensa em deixar o cargo até o final de dezembro. Em tempo: Gastos com publicidade institucional do Legislativo já estão no radar do Ministério Público Estadual. Dois influentes parlamentares estariam drenando uma verdadeira fortuna aos seus veículos de mídia, baseados no interior, com pouquíssima audiência. “Estima-se que a Secom da AL já despejou em rádios e emissoras de TV, ligadas a apenas dois deputados, mais de R$ 24 milhões nos últimos dois anos”, denunciou a mesma fonte da coluna. Como se diz lá em Livramento: “Essa turma tem coragem para ‘mamar’ em onça parida”. Vôte, né?

Continue lendo

Registro Geral

Com empenho da Casa Civil, Governo resgata dívida da gestão Taques com credores da comunicação

Publicado

Governador, Mauro Mendes, e o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho: esforço para reequilibrar as contas públicas e palavra de HOMEM, com H maiúsculo, que assegurou pagamento de dívidas da gestão passada a milhares de veículos de comunicação da Capital e interior

Após reequilibrar as finanças públicas, o Governo do Estado iniciou nesta semana a saldar dívidas da gestão do ex-governador, Pedro Taques (SDD), com mais de 1.500 veículos de comunicação da Capital e interior. Com empenho total do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o atual governador, Mauro Mendes (DEM), autorizou a quitação de restos a pagar deixados pela administração passada à emissoras de rádio, TV, sites de notícias, jornais e revistas. Outros milhares de fornecedores, como exemplo, empresas de locação, oficinas mecânicas, laboratórios, construtoras, entre outros, também receberam nesta gestão, por serviços prestados no Governo anterior. Com isso, Mauro resgata a credibilidade da máquina estatal, provando a sociedade que o Estado pode, sim, ser um bom pagador. Relembrando: os dois últimos ex-governadores, Silval Barbosa e Pedro Taques, deixaram suas gestões sem pagar a imprensa. O primeiro foi preso, virou delator e “vazou” para São Paulo. O segundo não se reelegeu e está inelegível, segundo julgamento da Justiça Eleitoral. Aqui se faz, aqui se paga, literalmente!

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana