conecte-se conosco


Esportes

Com lance polêmico, França vence Noruega e está nas oitavas do Mundial feminino

Publicado

frança x noruega
Reprodução

França vence a Noruega por 2 a 1 e se garante nas oitavas de final do Mundial feminino

Com o estádio Alliaz Riviera lotado, a seleção da França enfrentou a Noruega na segunda rodada da Copa do Mundo de futebol feminino para definir a liderança do Grupo A.

Leia também:  Em jogo equilibrado, Alemanha vence Espanha e assume liderança do Grupo B

Na cidade de Nice, a seleção da França teve mais volume de jogo no primeiro tempo. Com maior posse de bola e mais chutes ao gol, as donas da casa tiveram boas chances de abrir o placar, mas não foram efetivas.

Na volta do intervalo, antes do primeiro minuto de jogo, a atacante V. Gauvin abriu o placar para as francesas, mas sete minutos depois, a zagueira Renard marcou contra o próprio patrimônio. A atacante norueguesa, I. Herlovsen cruzou na área e a camisa 03 das Blues empurrou a bola para o fundo da rede, empatando a partida.

Aos 18 minutos, a meio-campista norueguesa Engen cometeu falta em Torrent dentro da área e, com o auxílio do VAR, a árbitra marcou a penalidade. Le Sommer bateu e converteu o lance, colocando as donas da casa em vantagem novamente. O lance foi bastante questionado nas redes sociais, pois Engen tocou primeiro na bola.

Leia Também:  Liverpool vence Chelsea e retoma liderança da Premier League

Assim como a maior parte do jogo, a França continuou melhor e segurou a vitória em 2 a 1.

Mais cedo nesta quarta-feira (12), a seleção da Nigéria venceu a Coreia do Sul por 2 a 0 e garantiu os primeiros pontos no torneio. As nigerianas foram as primeiras africanas a conquistarem uma vitória nessa edição da Copa do Mundo de futebol feminino.

Leia também:  Por que a melhor jogadora do mundo não está no Mundial feminino?

O próximo e último jogo da França na fase de grupos será justamente contra a Nigéria na segunda-feira, dia 17 de junho, as 16h00 (horário de Brasília). No mesmo dia e horário a Coreia do Sul enfrenta a Noruega.

Fonte: IG Esportes
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Ex-presidente da Uefa, Michel Platini é preso por suspeita de corrupção

Publicado

Michel Platini
REPRODUÇÃO/UEFA

Francês é investigado por possível manipulação na escolha da sede do mundial de 2022

O ex-presidente da Uefa (2007-2015) Michel Platini foi detido nesta terça-feira (18), na França, sob suspeita de corrupção na escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022.

Platini , que já foi campeão pela Juventus, na Itália, e marcou a história como jogador nos anos 1980, está sob custódia da polícia de Nanterre, perto de Paris. As autoridades confirmaram que sua prisão ocorreu para que ele prestasse depoimento.

Leia também: Confira seis países onde o futebol feminino é superior ao masculino

Platini está sendo investigado por “supostos atos de corrupção ativa e passiva de funcionários não públicos” para a escolha do Catar .

O caso também envolve nomes de peso da política da França, como Sophie Dion, ex-conselheira do ex-presidente Nicolas Sarkozy (2007-2012). Claude Gueant, antigo secretário geral do governo da França, foi convocado para depor em condição de “suspeito livre”.

Leia Também:  Saída de trio pode fazer Real Madrid receber R$760 milhões, diz jornal

O Catar foi eleito sede da Copa em 2010, em uma votação em que derrotou a candidatura dos Estados Unidos.

A primeira investigação sobre corrupção e conspiração criminal na escolha do Catar foi aberta pela Promotoria Financeira Nacional (PNF) da França em 2016. Em dezembro de 2017, Platini foi ouvido como testemunha e admitiu que votou no Catar em dezembro de 2010.

De acordo com o jornal “Le Monde”, o foco das investigações é um almoço organizado no Palácio do Eliseu, em 23 de novembro de 2010. No evento, estavam presentes Nicolas Sarkozy, Michel Platini, o Emir do Catar, Tamim Ben Hamad Al Thani, e o então primeiro-ministro do emirado, Sheikh Hamad, Bem Jassem.

Platini já cumpre um suspensão como dirigente esporte por ferir o código de ética da Uefa ao aceitar um pagamento indevido de 1,8 milhão de euros autorizado pelo ex-presidente da Fifa Joseph Blatter .

Leia também: Moedas de R$ 1 das Olimpíadas Rio 2016 são vendidas por até R$ 7 mil na internet

Leia Também:  TV Globo “dá o troco” no Palmeiras e coloca jogos da Copa do Brasil no PPV

Fonte: IG Esportes
Continue lendo

Esportes

Cadê o vídeo? Justiça emite mandado de busca e apreensão do celular de Najila

Publicado

Lance

Najila Trindade em entrevista à TV Record
TV Record/Reprodução

Najila Trindade em entrevista à TV Record

A Justiça emitiu um mandado de busca e apreensão do celular de Najila Trindade, que acusa Neymar de estupro. A modelo havia dito que entregaria o aparelho que pode conter provas sobre o caso, em depoimento, mas não cumpriu com a promessa.

Leia também: Assessor diz que publicou vídeo íntimo após pedido de Neymar

Najila havia prometido que entregaria o celular até o dia 11 de junho. Após o fim do prazo, a polícia civil pediu que a justiça emitisse um mandado. O pedido foi acatado no dia 12, porém, até o momento, a policia civil não conseguiu encontrar Najila, que não é vista em seu apartamento.

A modelo informou que existe um segundo vídeo com imagens da relação dela com Neymar, na França, mas que essa mídia estava em um tablet que acabou sendo furtado de seu apartamento.

Leia também: Antes da denúncia de estupro, Neymar relatou ‘problemas’ em encontro para amigo

Ainda segundo a publicação, o Ministério Público se manifestou favorável ao pedido para que as conversas entre Najila e Neymar, além de uma outra, com uma amiga da suposta vítima, seja analisada, afim de colher provas para a elucidação do caso.

Fonte: IG Esportes
Leia Também:  TV Globo “dá o troco” no Palmeiras e coloca jogos da Copa do Brasil no PPV
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana