conecte-se conosco


Geral

Com investimento de R$ 18 milhões, Cuiabá entrega viaduto da avenida Beira Rio nesta segunda-feira

Publicado

A intervenção na avenida Beira Rio com o novo viaduto duplicará a capacidade do trânsito no local [Foto – Luiz Alves]

O prefeito Emanuel Pinheiro entrega, às 18h30 desta segunda-feira (10), o viaduto Murilo Domingos. Localizada na Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio), a nova estrutura de mobilidade urbana é a segunda deste tipo construída exclusivamente com recursos da Prefeitura de Cuiabá. A obra recebeu um investimento aproximado de R$ 18 milhões.

A edificação do viaduto teve como base estudos de viabilidade que apontaram um crescente fluxo de veículos na região que liga a Ponte Sérgio Motta. De acordo com a sondagem, a intervenção na Beira Rio duplicará a capacidade do trânsito no local, atendendo de forma direta 9 mil pessoas por hora/pico e, indiretamente, 145 mil habitantes do entorno.

O viaduto é batizado de Murilo Domingo em homenagem ao ex-prefeito de Várzea Grande e ex-deputado federal por Mato Grosso, falecido aos 78 anos. Além da atuação política e comercial, exerceu um papel fundamental no campo ambiental. Murilo foi uma das primeiras lideranças políticas a levantar discussões e promover ações concretas de preservação do Rio Cuiabá.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Pais de menor que matou Isabele em condomínio de luxo tem imóvel de R$ 1,1 milhão bloqueado pela Justiça

Publicado

O empresário Marcelo Cestari, que teve um imóvel bloqueado por decisão judicial

Os empresários Marcelo e Gaby Cestari, pais da adolescente de 15 anos que matou a Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, em 12 de julho de 2020, na mansão do casal no condomínio de luxo Alphaville, em Cuiabá, teve um imóvel bloqueado por decisão do juiz da 8ª Vara Criminal de Cuiabá, Murilo Moura Mesquita. A decisão é do dia 9 de junho.

A medida, pedida pela defesa da mãe de Isabele, a empresária Patrícia Hellen Guimarães visa garantir o arresto de R$ 1,1 milhão para garantir ressarcimento por danos à família pelo assassinato da menor. Entretanto, o bloqueio definitivo do imóvel será decretado somente caso os empresários sejam condenados no processo de arresto.

“Intimem-se as partes, por intermédio de seus representantes judiciais, para que, no prazo de 15 (quinze) dias, manifestem-se quanto ao impedimento ou suspeição do perito, se for o caso, indiquem assistente técnico e apresentem quesitos. Anoto que as partes deverão justificar a pertinência e necessidade de seus quesitos, sob pena de indeferimento”, afirma o juiz na decisão.

Inicialmente, Patrícia Hellen havia pedido o bloqueio de 15 imóveis, o que foi considerado excessivamente amplo pelo magistrado. O imóvel apresentado em juízo pela defesa dos Cestari fica localizado no bairro Jardim Guanabara, em Cuiabá.

O empresário Marcelo Cestari e a esposa Gaby Cestari foram denunciados pela prática do crime de homicídio culposo de Isabele, fraude processual, corrupção de menores e crimes do sistema nacional de armas

A adolescente cumpre pena de 3 anos de internação por ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar, no Complexo Pomeri, em Cuiabá, desde o dia 19 de janeiro, por decisão da juíza Cristiane Padim, da Segunda Vara Especializada da Infância   e Juventude de Cuiabá. Isabele foi morta com um tiro no rosto disparado pela amiga adolescente.

Continue lendo

Geral

“Cuiabá vive uma nova era no saneamento básico”, diz Emanuel ao entregar ETA que atenderá 155 mil pessoas

Publicado

Em 16 meses de operação, estação de tratamento distribuiu 31 bilhões de litros de água às famílias cuiabanas [Fotos – Luiz Alves]

Cuiabá vive uma nova era no saneamento básico. Os números contam e a comunidade comprova.” A declaração do Prefeito Emanuel Pinheiro foi feita durante a inauguração, nesta quinta-feira (17), da mais nova estação de tratamento de água do município. Com operações iniciadas em 2020, a ETA Sul distribuiu, em 16 meses, 31 bilhões de litros de água, beneficiando diretamente 155 mil pessoas, em 86 bairros.

A estação está localizada no Jardim dos Pinheiros e faz parte do Sistema Sul de Abastecimento de Água. Composto por 607 quilômetros de redes, uma unidade de captação, quatro reservatórios com capacidade de armazenar 18 milhões litros e pela ETA Sul, o sistema foi construído ao longo de 2019, sob o investimento de R$ 100 milhões.

“Graças a esta obra, vencemos o ano de 2020 garantindo abastecimento de água contínuo às famílias cuiabanas. Isso num período em que, além da pandemia, sofremos com a estiagem severa, a baixa no nível dos rios e as queimadas”, observou Pinheiro.

Quantidade e qualidade – Além de produzir o volume de água necessário ao abastecimento diário da cidade, a Águas Cuiabá, empresa da Iguá Saneamento, se dedicou a intensificar o controle de qualidade do produto. Foi instalado, na ETA Sul, um laboratório aparelhado para realizar análises físico-químicas e bacteriológicas, verificando desde as condições da água captada até a conformidade da que passou por tratamento.

“Faz parte da nossa rotina, ainda, coletar amostras da água distribuída em vários pontos da rede, percorrendo alternadamente os mais diferentes bairros atendidos pelo Sistema Sul, para garantir que a população receba um produto essencial da mais alta qualidade”, explica William Figueiredo, diretor geral da Águas Cuiabá.

O caminho da água – Durante a inauguração da obra, os profissionais responsáveis pelas operações da ETA Sul apresentaram a estrutura ao Prefeito Emanuel Pinheiro e explicaram seu funcionamento. O processo começa na unidade de captação de água bruta posicionada no Rio Cuiabá, há 1,3 Km da estação de tratamento. Ao chegar na ETA, a água do rio Cuiabá vai direto para a Calha Parshall, onde recebe a dosagem de coagulante, em seguida passa pelos floculadores, decantadores e filtros.

Ao final do processo de tratamento, recebe cloro e flúor. Por fim, ela é enviada para dois reservatórios com capacidade para 6 milhões de litros cada e, então, distribuída por meio de tubulações de grande porte (adutoras), redes de abastecimento e ramais domiciliares. “Do rio até a torneira, o caminho é longo e complexo. O abastecimento de água tratada envolve grande número de profissionais e requer aprimoramento constante de tecnologias para manter a excelência na prestação deste serviço que é, de fato, essencial”, disse Figueiredo.

A entrega oficial foi realizada nesta quinta-feira (7) e contou com a presença do vice-prefeito José Roberto Stopa, do vereador Didimo Vovô, imprensa e gestores da Águas Cuiabá, concessionária de saneamento do município.

**Com informações da assessoria Águas Cuiabá

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana