conecte-se conosco


Geral

Com alta nos preços, operação confere denúncias contra postos por fraudes no abastecimento e lacra bomba de combustíveis

Publicado

Cinco postos de combustível de Cuiabá foram alvos da fiscalização [Foto – PJCMT]

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), e o Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Mato Grosso (Ipem-MT), fiscalizaram cinco postos de combustível de Cuiabá, em ação realizada nesta terça-feira (26).

A ação conjunta teve como alvo postos que foram denunciados por consumidores que suspeitaram da quantidade do combustível que abasteceram em seus veículos, e coincide com a entrada em vigor do aumento nos preços da gasolina e do óleo diesel anunciado pela Petrobras.

Durante a operação, foi analisada a vazão em dezenas de bicos e de bombas de combustível. Somente uma bomba de um posto, localizado no Bairro Parque Cuiabá, na Capital, foi reprovada por entregar 80ml a menos de combustível a cada 20 litros abastecidos pelo consumidor.

A bomba reprovada foi lacrada e o posto foi autuado pelo Ipem. A Polícia Civil vai investigar os fatos para verificar se houve adulteração dolosa da vazão, ou erro causado por problemas mecânicos ou pelas intemperes do clima.

O delegado da Decon, Rogério Ferreira, destacou que durante a ação também foi verificado se os postos fiscalizados estavam se aproveitando dos sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis nas distribuidoras para praticar aumentos abusivos contra os consumidores.

Se for comprovada a adulteração dolosa da vazão do bico reprovado, ou a prática de aumento abusivo de preços, os responsáveis legais pelos postos irão responder por crime contra a economia popular com até dois anos de prisão, e se for verificado a comercialização de combustível adulterado, os suspeitos responderão por crime contra as relações de consumo com pena que pode chegar aos 5 anos de prisão e multa.

Todas as denúncias encaminhadas à Polícia Civil, ao Ipem, Procon Estadual e Municipal e à Agência Nacional do Petróleo – ANP são investigadas, e os postos continuarão sendo fiscalizados constantemente em Cuiabá e em toda a região metropolitana da Capital.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Após 24 dias, MT volta a não registrar mortes por Covid; ocupação de UTIs está em 24% e 537 mil pacientes estão recuperados

Publicado

Há 41 internações em UTIs públicas e 25 em enfermarias públicas

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (1), 553.025 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.001 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Nas últimas 24 horas, foram notificadas 192 novas confirmações de casos e nenhuma morte causada pelo novo  coronavírus no Estado. Dos 553.025 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.303 estão em isolamento domiciliar e 537.230 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 41 internações em UTIs públicas e 25 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 23,03% para UTIs adulto e em 5% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (114.322), Várzea Grande (41.902), Rondonópolis (38.524), Sinop (26.819), Sorriso (18.600), Tangará da Serra (17.870), Lucas do Rio Verde (15.779), Primavera do Leste (14.867), Cáceres (12.016) e Alta Floresta (11.356).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 402.742 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, não restam amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na terça-feira (30), o Governo Federal confirmou o total de 22.094.459 casos da Covid-19 no Brasil e 614.681 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quarta-feira (1).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Continue lendo

Geral

Primeira-dama de MT retorna à aldeia indígena Meruri para fazer entregas de Natal

Publicado

Virginia Mendes levou cestas básicas, cobertores, brinquedos e doces para as crianças [Fotos – Jana Pessôa]

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, deu início às entregas de Natal nesta segunda-feira (29). O primeiro local a receber a ação foi a Aldeia Meruri, localizada no município de General Carneiro. A aldeia da etnia Boe-Bororo conta com o apoio da Missão Salesiana, coordenada na região pelo Padre Andelson.

Nessa primeira ação Natalina de 2021, foram entregues à comunidade indígena 200 cestas básicas, 150 cobertores, 150 brinquedos e 150 kits de doces para as crianças. Essa ação faz parte dos programas SER Família Solidário, Aconchego e SER Família Indígena.

“Sabemos como a agenda da primeira-dama é lotada, mas, ela tirou um tempo para estar aqui conosco trazendo os presentes. A presença dela sem dúvida é uma honra muito grande, as nossas crianças adoraram esse carinho e atenção, quando uma criança demonstra afeto geralmente é sincero, agradecemos muito esta ação”, pontou o padre.

Esta é a segunda visita da primeira-dama do Estado à aldeia Meruri. A comitiva foi recebida pela comunidade da etnia Boe-bororo com apresentações de danças típicas e mensagens de carinho. Além disso, houve a abertura e a benção do presépio da aldeia Meruri, que contou com a apresentação do coral da comunidade indígena.

“Fico encantada toda vez que venho aqui, sem dúvida é um povo abençoado por Deus. Agradeço por todo carinho e podem contar comigo e a minha equipe no que precisarem, inclusive me coloco à disposição do Padre Andelson que tem feito um lindo trabalho na região”, destacou a primeira-dama de Mato Grosso.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana