conecte-se conosco


Esportes

Com ajuda da arbitragem, Flamengo derrota o Palmeiras no Maracanã e volta à liderança

Publicado


Time rubro-negro dominou e venceu com facilidade a equipe de Felipão, que completou sua sétima rodada consecutiva sem vencer no torneio [F- Marcelo de Jesus/RAW IMAGE/Estadão conteúdo]

Gazeta Esportiva – Com o estádio do Maracanã lotado, o Flamengo dominou e venceu com facilidade o Palmeiras por 3 a 0 neste domingo (1), retomando a liderança do Campeonato Brasileiro. O time alviverde completou sua sétima rodada consecutiva sem vencer no torneio.

Flamengo e Santos contabilizam os mesmos 36 pontos ganhos e 11 vitórias, mas a equipe rubro-negra leva vantagem no saldo de gols (20 x 12). O Palmeiras segue com 30 pontos e figura no quarto posto, mas ainda pode cair na tabela, uma vez que o Corinthians (28) ainda recebe o Atlético-MG (27) às 19 horas (de Brasília).

Pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo volta a campo para enfrentar o lanterna Avaí às 17 horas (de Brasília) de sábado, no Estádio Mané Garrincha, já que o time catarinense vendeu seu mando. Às 21 horas do mesmo dia, no Serra Dourada, o Palmeiras encara o Goiás.

Logo no começo da partida, Matheus Fernandes chegou a marcar para o Palmeiras, mas o árbitro, orientado pelo VAR, assinalou impedimento de Willian. Aos 10 minutos do primeiro tempo, Gabriel recebeu livre na cara de Weverton e tocou com categoria na saída do goleiro para abrir o placar.

O Flamengo tomou conta do jogo e, sem correr riscos no campo de defesa, aumentou aos 37 minutos do primeiro tempo. Bruno Henrique desceu sozinho pela direita e cruzou na segunda trave. De Arrascaeta, livre, completou de cabeça e marcou o segundo.

Escalado com três volantes por Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras não conseguia manter a posse de bola nem construir chances de gol. Nos acréscimos, após cobrança de falta, Vitor Hugo cabeceou e, no rebote, Willian mandou para as redes. O assistente, porém, marcou impedimento, confirmado pelo VAR.

O Palmeiras voltou com o meia Raphael Veiga no lugar do volante Matheus Fernandes, mas o panorama do jogo não mudou. Aos 13 minutos, em lance polêmico, o árbitro Rafael Traci viu pênalti de Diogo Barbosa sofre Rafinha. Na cobrança, Gabriel converteu.

Com vantagem confortável no marcador e festejado por sua torcida, o Flamengo passou a administrar a partida de maneira tranquila. O técnico português Jorge Jesus, inclusive, sacou o habilidoso De Arrascaeta para fortalecer seu meio de campo com a entrada de Piris da Motta.

A vida do Palmeiras ficou ainda mais complicada aos 36 minutos da etapa complementar, quando Gustavo Gomez recebeu o cartão vermelho em dividida com Bruno Henrique. Mesmo com a diferença numérica, o placar permaneceu inalterado no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 x 0 PALMEIRAS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 1º de setembro de 2019 (Domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Rafael Traci (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)

Público: 61.390 pagantes

Renda: R$ 3.368.134,00

Cartões amarelos: Rodrigo Caio e Bruno Henrique (FLA); Willian e Bruno Henrique (PAL)

Cartão vermelho: Gustavo Gomez (PAL)

Gols:

FLAMENGO: Gabriel, aos 10 minutos do 1º Tempo e aos 15 minutos do 2º Tempo, e De Arrascaeta, aos 37 minutos do 1º Tempo

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Pablo Mari, Rodrigo Caio (Thuler) e Filipe Luís; Gerson, Willian Arão e Arascaeta (Piris da Motta); Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabriel

Técnico: Jorge Jesus

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Vitor Hugo, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Matheus Fernandes e Bruno Henrique (Jean); Dudu, Willian (Gustavo Scarpa) e Luiz Adriano

Técnico: Luiz Felipe Scolari

publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Jorge Roberto Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Jorge Roberto
Visitante
Jorge Roberto

Que Absurdo o título dessa matéria. Deve ser de algum Palmeirense magoado. Como a sugestão para quem escreveu esta matéria peço para que faça um levantamento estatístico da partida, ao invés de ficar falando (escrevendo) besteira (abobrinhas)… ridículo esse título da matéria. Nenhum pouco profissional. Escreveu como torcedor. Triste!!!!

Esportes

Em jogos adiados, Luverdense vence a primeira e afunda Mixto; União e Sinop empatam

Publicado

O União vacilou em casa e perdeu a chance de continuar encostando na ponta

Futebolpress

O  Cuiabá foi o grande beneficiado com a reposição das duas partidas disputadas neste sábado 22, fechando a quarta rodada (que foram adiadas por causa da Copa do Brasil), em que o União empatou com o Sinop em 1 a 1 , no Luthero Lopes, e o Luverdense venceu o Araguaia por 1 a 0, em Barra do Garças, no Zeca Costa.

Com os dois repostos, o União que poderia se manter com a mesma pontuação do Cuiabá, empatou com o Sinop, e terminou com 14 pontos – o Cuiabá agora é líder isolado, com 16, mas o Sinop subiu uma posição e entrou no G4, com dez pontos.

Os gols da partida foram anotados por Fogaça, abrindo o marcador para o visitante, e o União empatou no fim através de Bruno. O Sinop ainda perdeu uma penalidade, mal cobrada por Andrezinho.

Em Barra do Garças, no Zeca Costa, o Luverdense enfim desencantou e achou sua primeira vitória, batendo o time da casa, o Araguaia, por 1 a o, sob fortes chuvas. O único gol da partida foi marcado por Mendes, escorando um cruzamento de Alan.  Foi a primeira vitória do Verdão do Norte em todo campeonato, sob o novo comando do técnico Toninho Pesso.

Com a vitória, o Luverdense fez cinco pontos,  se afastou da zona de rebaixamento e  empurrou o Araguaia para a  provável degola. O Mixto, que tem quatro pontos, desceu para a vice-lanterna.

A sétima rodada do Campeonato Mato-grossense está agendada com cinco jogos para o dia 1 de março, um sábado.

Continue lendo

Esportes

Mato-grossense: jogos atrasados da quarta rodada acontecem neste sábado

Publicado

Dois jogos agendados para este sábado 22, que foram adiados da quarta rodada – em razão da Copa do Brasil,   podem mudar a posição dos times na tabela de classificação e redefinir a classificação do Campeonato Mato-grossense, principalmente no rodapé da página.

Em Rondonópolis, o vice-líder União, com 13 pontos, recebe o Sinop, na última posição do G4, com nove, para o clássico Norte-Sul, confronto marcado para às 19 horas, no Luthero Lopes.

O único desfalque do time da casa é o meia  João Emanuel, que tem uma lesão no inferior da coxa. “Devemos compor esse setor com Noede ou Henrique, disse o técnico Júlio César Nunes, que terá que vencer e superar seis gols de frente do Cuiabá, para chegar à ponta, hoje ocupada com o Cuiabá.

No lado do Sinop, Marcos Birigui, que vem de uma vitória de 3 a 1 sobre o Mixto, tem três ausências: o atacante Alan Júnior, o lateral Juninho e Vinícius, meia. Eles devem substituídos, respectivamente, por Diego Alan, Cristian e Brinquinho.

Briga no rodapé

Em Barra do Garças, o Araguaia, que ainda não pontuou e é o saco de pancadas da competição, recebe o Luverdense, que começou uma reação com o novo técnico Toninho Pesso, mas ainda está na zona de revbaixamento, com apenas dois pontos. O time do norte vem de um empate como União e o Araguaia foi goleado pelo Cuiabá, na rodada passada.

Com dois pontos, o Luverdense, vencendo, subiria para o oitavo ligar e deixaria a zona de rebaixamento. No caso de vitória do LEC, sobraria para o Mixto, que tem quatro pontos, e despencaria para a vice-lanterna. Ao Araguaia apenas a vitória interessa.

O jogo está agendado para o Zeca Costa, em Barra do Garças, às 16 horas. Um empate praticamente rebaixa o Araguaia e deixa o Luverdense em situação muito complicada.

Com estes dois jogos fechando a quarta rodada, o campeonato só terá prosseguimento após o Carnaval, no dia 1 de março.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana