conecte-se conosco


Cuiabá

Com 15 mil doses, Cuiabá retoma a vacinação nesta quinta, 26 e aguarda maior quantitativo do Ministério para realizar “Drive Thru”

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá retomará a vacinação contra influenza nesta quinta-feira, 26. Embora a previsão fosse retomar na próxima sexta,  após ter paralisado a 22ª Campanha Nacional por ter recebido do Ministério da Saúde apenas 9,5 mil doses (suficiente para duas horas de imunização), a Secretaria de Saúde fez uma força-tarefa para distribuir as 15 mil doses que chegaram nesta quarta-feira, 25 e já voltará com os serviços em todos os postos amanhã. 

A demanda desta primeira fase da Campanha que vai até 22 de maio é imunizar 46 mil idosos e 21 mil profissionais da Saúde pública e privada. Como novamente Cuiabá recebeu poucas doses do Ministério da Saúde, ‘Drive Thru’ que também estava previsto para ser realizado nesta sexta-feira visando diminuir a aglomeração, será adiado até que o órgão federal encaminhe quantitativo suficiente para realizar a ação. 

“O que recebemos será suficiente para no máximo dois dias de imunização. A previsão do Ministério da Saúde é encaminhar novos lotes ainda nesta semana, então aguardaremos que esse novo quantitativo chegue um pouco maior para realizarmos as estratégias que delineamos para evitar aglomeração. Por hora estamos atendendo mediante senhas”, frisou Mirian Naschenveng diretora de Atenção Básica de Cuiabá. 

Neste ano, a Campanha que normalmente é realizada na primeira quinzena de abril, foi antecipada pelo governo federal como estratégia para diminuir a quantidade de pessoas gripadas e, com isso, ajudar no diagnóstico de possíveis casos de coronavírus.  

Frente ao tema, a Secretaria de Saúde de Cuiabá capacitou os servidores das regionais Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural apresentando dentre outros o informe técnico da campanha e orientando sobre como evitar aglomerações nas unidades de saúde, durante o período de vacinação.

“Capacitamos nossas equipes para evitar aglomerações em combate ao Coronavírus. Dentre as medidas, optamos por iniciar a vacinação pelos acamados e idosos com maiores riscos em suas casas, e os demais que compareceram nas unidades receberam senhas. Também faremos “Drive Thru” e já definimos pontos estratégicos em bairros, mas para realizarmos as ações pensadas precisamos que o Ministério nos subsidie com mais doses”, enfatizou o secretário de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho. 

A Campanha está sendo dividida em três fases: A 1ª de 23/03 a 16/04, com a vacinação para os idosos (60 anos e mais), profissionais da Saúde pública e privada. 2ª fase de 16/04 a 09/05 professores de escolas publicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, crianças de seis meses a menores de 06 anos, gestantes e puérperas (mulheres de até 45 dias após o parto) e povos indígenas. 3ª fase de 09 a 22/05 adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos.  

A vacina previne contra três tipos de influenza: influenza A H1N1, influenza A H3N2 e Influenza B.

SINTOMAS, PREVENÇÃO E ORIENTAÇÃO

Entre os sintomas da gripe estão febre alta, dor muscular, dores de cabeça, na garganta e coriza. Além da vacinação, as orientações para evitar o vírus é lavar as mãos com frequência, usar lenço para a higiene do nariz, cobrir o rosto no momento do espirro, evitar compartilhar objetos de uso pessoal e tomar cuidado com o contato com pessoas que tenham adquirido o vírus.

O vírus usado na vacina é “inativado”, não podendo gerar uma gripe e a imunização evita entre 32% e 45% o número de hospitalização por pneumonia e entre 40% e 75% as mortes por complicações resultantes do vírus.

A imunização é contraindicada para pessoa com alergia a ovo, que devem procurar o médico para orientações. A reação em geral ocorre com dor no local da injeção, sem provocar efeitos colaterais maiores. De acordo com o Ministério da Saúde, não há risco de fazer a vacinação contra e a febre amarela e Influenza. (Trecho com informações do MS e Agencia Brasil).

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Sugestão de pauta – Prefeitura inaugura novo polo de vacinação no Senai Cuiabá

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e em parceria com o Sistema Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (SFIEMT) e a cooperativa de crédito Sicredi, inaugura nesta sexta-feira (14), às 9h, mais um polo de vacinação contra a covid-19 no prédio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai Cuiabá, localizado na Avenida IX de Novembro, no bairro do Porto. 

O local deve atender a todos os grupos prioritários do plano de imunização contra a covid-19 e vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas. Para o prefeito Emanuel Pinheiro, este novo polo demonstra que Cuiabá está avançando rumo à imunização da população cuiabana. “Com trabalho sério e focado em salvar a vida e proteger a saúde das pessoas, vamos oferecer aos cuiabanos mais uma opção de local para irem se vacinar, graças a essa grande parceria que firmamos com o Sistema FIEMT, que já tem nos ajudado com a disponibilização do espaço no SESI Papa, e que agora também nos fornece este amplo espaço, bem localizado, com muitas linhas de ônibus disponíveis à população. Isso demonstra que temos credibilidade e que estamos todos no mesmo empenho de combater a pandemia”, disse. 

A diretora regional do Senai MT e superintendente regional do Sesi MT, Lélia Brun, também destacou a importância da parceria com a Prefeitura na campanha “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”. “É uma honra para o Sesi e Senai MT, instituições cujo propósito é transformar vidas, participar de maneira significativa no apoio ao enfrentamento da pandemia, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá e o Sicredi Ouro Verde MT. Disponibilizar a ampla estrutura do Sesi Papa e do Centro de Eventos do Senai Cuiabá para atender o gesto vacinal é motivo de orgulho para nós. O Sesi e Senai reafirmam o compromisso de promover a valorização da vida, para que Mato Grosso vença a batalha contra a Covid-19”, afirma.

Serviço:

O quê: Abertura de novo polo de vacinação contra a covid-19

Quando: Sexta-feira (14), às 9h

Onde: FATEC SENAI – Avenida IX de Novembro, 303, Porto

Continue lendo

Cuiabá

Gestão repudia “decisão” sobre modal de transporte e teme consequências à população

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

O município de Cuiabá vem manifestar total repúdio a forma como foi conduzida a audiência pública realizada em 07 de maio de 2021, cujo objetivo era apresentar à população os dados técnicos que embasaram a decisão do governo estadual no que se refere a decisão pela alteração do modal de transporte público coletivo intermunicipal, possibilitando o debate acerca do tema.

Na prática, ficou evidenciada a condução tendenciosa da audiência pública, com utilização de grande parte do tempo para exposição da situação judicial da contratação formalizada entre o Estado e o Consórcio VLT.

Na ocasião, foram disponibilizados tão somente dois minutos para a participação dos interessados, tempo manifestamente insuficiente para questionamentos, notadamente diante da complexidade e vultuosidade da obra de mobilidade urbana que se pretende implementar.

Como se não bastasse, a participação do representante do Município de Cuiabá, o Secretário de Mobilidade Urbana e Presidente do Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, senhor Juarez Samaniego, foi abruptamente interrompida sem qualquer explicação plausível.

Tal fato foi inclusive questionado pela Procuradoria Geral do Município, via e-mail, porém sem qualquer resposta até a presente data.

Da mesma forma, representantes de entidades, tais como a ABIFER – Associação Brasileira da Industria Ferroviária, apesar de terem realizado a inscrição para participação do evento, conforme normas editadas pelo próprio governo do Estado, não conseguiram participar.

Nesse sentido, entendemos que a realização da audiência pública não cumpriu sua finalidade, posto que impediu a efetiva participação dos interessados, inviabilizando o debate acerca do relevante tema, objetivo maior do evento, em evidente descumprimento da decisão judicial exarada em ação civil pública movida pelo Município de Cuiabá.

Tais atos corroboram as inúmeras ações unilaterais, impositivas e totalmente dissociadas da participação popular por parte do governo do Estado, no debate acerca da relevante política pública de mobilidade urbana.

O Município de Cuiabá reitera ainda seu entendimento de que a ausência de projeto executivo do BRT inviabiliza qualquer comparação com outro modal de transporte e impede ainda qualquer alegação no sentido de que o BRT é a melhor solução de mobilidade urbana a ser implementada na Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá.

Sem a existência de um projeto executivo, quaisquer argumentos nesse sentido não passam de afirmações infundadas, levianas e irresponsáveis, cujas consequências posteriores serão suportadas pelos municípios de Cuiabá e de Várzea Grande e pela população que fará uso do transporte público coletivo intermunicipal.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana