conecte-se conosco


Cuiabá

CMEI Serginho, a mais nova unidade da rede pública municipal, abrirá matrícula para 155 vagas

Publicado


Jorge Pinho

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, abrirá no dia 1º de fevereiro, das 8h às 23h59, o portal Matrícula Web para os pais ou responsáveis interessados em matricular seus filhos no Centro Municipal de Educação Infantil Sérgio Luiz Ferreira da Silva – CMEI Serginho, localizado no bairro Jardim das Aroeiras. A unidade educacional, a primeira do tipo 1 da rede pública municipal de Educação de Cuiabá, será entregue à população pelo prefeito Emanuel Pinheiro, em fevereiro. Serão disponibilizadas 133 vagas para Berçário, Maternal, Jardim I e II e 22 vagas para Pré-Escola I e I, totalizando 155 vagas remanescentes.

A secretária adjunta de Educação, Débora Marques Vilar explicou que a unidade educacional, com capacidade para até 396 crianças/estudantes, na faixa etária de 0 a 5 anos e 11 meses, em razão da demanda redimensionada, irá atender 197 estudantes já matriculados na rede pública da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Aristotelino Alves Praeiro e das Creches Ilza Terezinha Picolli e Padre Armando Cavallo. As vagas remanescentes desse redimensionamento é que serão disponibilizadas para matrícula, por meio do Portal Matrícula Web, para as crianças na faixa etária de 0 a 3 anos e 11 meses e, na própria unidade, para as crianças na faixa etária de 4 e 5 anos (Pré-Escola I e Pré-Escola II).

“As vagas para Creche deverão ser solicitadas por meio do Portal Matrícula Web. Nessa etapa, a classificação se dará de acordo com os critérios definidos nos Decretos Municipais que estabelecem as prioridades de atendimento das unidades educacionais da rede pública Municipal de ensino, para a faixa etária de 0 a 3 anos e 11 meses. As matrículas para a Pré-Escola serão feitas presencialmente, na unidade. Os pais ou responsáveis que estiverem interessados devem ficar atentos ao número de vagas disponíveis”, ressaltou a secretária adjunta de Educação, Débora Marques Vilar.

Para a faixa etária de 0 a 3 anos e 11 meses, de acordo com os Decretos Municipais nº 6.293, de 2017 e 8.620 de 2021, a prioridade do Município é atender as crianças com deficiência, as beneficiárias do Programa Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família), e as de famílias de baixa renda. Caso haja empate, o critério de desempate é a proximidade da unidade educacional.

Vagas disponíveis

Em relação as vagas disponíveis, a Comissão Permanente de Organização da Demanda Escolar (CPODE), informou que a unidade educacional tem, para a faixa de 0 a 3 anos e 11 meses, 25 vagas de Berçário (Integral), 42 vagas de Maternal (Integral), 50 vagas para o Jardim I (Integral) e 16 vagas para o Jardim II (Integral).

Para a Pré-Escola I (4 anos) estão disponíveis 16 vagas e para Pré-Escola II (5 anos), 6 vagas.

No dia 03/02, a Secretaria Municipal de Educação divulgará no site da Prefeitura de Cuiabá (www.cuiaba.mt.gov.br),  a classificação das solicitações e nos dias 03 e 04/02, os pais ou responsáveis, cujas solicitações serão atendidas neste momento, de acordo com o critério de atendimento e o número de vagas disponíveis, devem efetivar as matriculas levando na unidade educacional os originais e cópias de seus documentos pessoais e das crianças.

Os documentos são: a Certidão de Nascimento ou Partilha de Nascimento ou Protocolo de Refúgio ou, na ausência deste, a Carteira Nacional de Registro Migratório (CNRM). O cartão de vacina atualizado e no caso de estudantes com deficiência, o laudo médico. Se a criança é beneficiária do Programa Auxílio Brasil, deve ser informado à unidade educacional e levada uma cópia do documento (extrato atualizado do último benefício).

Os pais ou responsáveis devem informar também contatos telefônicos válidos e variados, que possibilitem uma comunicação eficaz entre a unidade educacional e a família.

Nova unidade

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Sérgio Luiz Ferreira da Silva, o CMEI Serginho, é o maior da capital. A unidade tem 1.311,97 m. de área construída e várias inovações, uma delas o sistema de drenagem. Devido ao grande desnível natural do terreno, foi construído um muro de arrimo e o sistema de drenagem foi executado com tubulação corrugada, manta geotextil (bidim) e pedra britada.

A unidade tem 11 salas de aula para Creche, Jardim e Pré-Escola, além de  Lactário, Fraldários, Solários e Playground.

O Projeto Padrão Tipo 1, desenvolvido pelo Ministério da Educação e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) faz parte do Programa PROINFÂNCIA – Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil  e do  Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), que visam aprimorar a infraestrutura escolar, referente a Educação Infantil,  com a construção de novas unidades e a implantação de equipamentos e mobiliários adequados, melhorando assim a qualidade da educação.

SERVIÇO

MATRÍCULA WEB – CMEI Sérgio Luiz Ferreira da Silva – CMEI Serginho

Data: terça-feira (1º)

Horário: 8h às 23h59

Local: Portal Matrícula WEB (matrícula somente via online) – Novos estudantes de 0 a 3 anos e 11 meses

Divulgação da classificação – 03/02 no Portal da Prefeitura de Cuiabá – www.cuiaba.mt.gov.br

Efetivação da Matrícula – 03 e 04/02 na unidade educacional

Horário – das 07h às 18h

Vagas remanescentes:

Berçário (Integral) – 25 vagas

Maternal (Integral) – 42 vagas

Jardim I (Integral) – 50 vagas

Jardim II (Integral) – 16 vagas

Pré-escola I – 16 vagas

Pré-escola II – 6 vagas

publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. Liana disse:

    Onde fica? Nao acho endereço em nenhum local deste cmei

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cuiabá

Enfermaria do Hospital São Benedito sofre princípio de incêndio; fogo foi cessado imediatamente e não houve óbitos ou feridos em decorrência do incidente

Publicado

O início de incêndio registrado na noite deste domingo (15) no Hospital São Benedito aconteceu no ar condicionado de uma enfermaria localizada no segundo andar do hospital. O Corpo de Bombeiros foi imediatamente acionado e o fogo foi cessado rapidamente, tanto que não atingiu nenhuma outra área da enfermaria e nenhum material foi queimado, além do ar condicionado. Nenhum paciente ficou ferido em decorrência do princípio de incêndio.

No momento do incidente, havia 80 pacientes internados no Hospital São Benedito, mas todos já foram transferidos. “Nossa primeira decisão foi transferir imediatamente os 16 pacientes que estavam internados em leitos de UTI. Eles foram levados para o Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, antigo Pronto Socorro Municipal e Santa Casa”, disse o diretor da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Paulo Rós.

Ele revelou que logo após as remoções dos pacientes de UTI, os pacientes internados nas enfermarias dos 3 primeiros andares do hospital também foram transferidos, devido à grande quantidade de fumaça tóxica que tomou conta destes andares. “Depois de removermos todos estes pacientes, ainda tínhamos 15 internados no quarto andar, que não foi atingido pela fumaça. Atendendo a um pedido do corpo clínico e dos próprios familiares, decidimos transferir também os pacientes do quarto andar, para tranquilizar a todos e para facilitar o trabalho de perícia do Corpo de Bombeiros”, explicou o diretor.

Tão logo soube do ocorrido, o prefeito Emanuel Pinheiro determinou uma força-tarefa envolvendo a Secretaria Municipal de Saúde e a Empresa Cuiabana de Saúde Pública, a fim de concentrar todos os esforços para que nenhum paciente fosse prejudicado. “Determinamos esta força-tarefa para garantir a segurança e integridade dos pacientes e dos trabalhadores em geral, para que não houvesse vítimas. Determinamos também que uma ala fosse criada no antigo Pronto Socorro de Cuiabá para receber os pacientes com total segurança. Continuaremos atentos e acompanhando todos os desdobramentos do caso para garantir a saúde e a vida das pessoas”, disse Pinheiro.

A secretária municipal de Saúde, Suellen Alliend também acompanhou de perto a situação no hospital. “Estive no Hospital São Benedito acompanhando toda a movimentação do princípio de incêndio. Graças a Deus foi contido rapidamente e o problema maior foi praticamente só a fumaça. Conseguimos transferir os 80 pacientes para os nossos hospitais. Quero agradecer, na pessoa da Secretária Estadual de Saúde, Kelluby de Oliveira aos hospitais estaduais Metropolitano e Santa Casa, que também ofereceram vagas para nossos pacientes. Também agradeço imensamente aos nossos profissionais das UPAs e Policlínicas, que estiveram presentes, às ambulâncias das nossas unidades, do SAMU e da Rota do Oeste, as equipes dos bombeiros, da Polícia Militar, enfim, todos que estiveram lá para ajudar. Conseguimos transferir todos os pacientes com sucesso”, concluiu.

Continue lendo

Cuiabá

ATUALIZADA – Hospital São Benedito tem início de incêndio e pacientes são transferidos para outras unidades

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde e a Empresa Cuiabana de Saúde Pública informam:

-O Hospital São Benedito passou por um princípio de incêndio por volta das 19h deste domingo (15). Ao que tudo indica, o fogo começou em um aparelho de ar condicionado de uma das enfermarias do segundo andar. O fogo já foi controlado;

-Todos os pacientes que estavam no primeiro, segundo e terceiro andares já foram retirados;

-Os 16 pacientes que estavam internados em UTIs foram imediatamente transferidos para o Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, para o antigo Pronto Socorro Municipal e para a Santa Casa;

-Nenhum paciente ficou ferido devido ao princípio de incêndio. A retirada dos pacientes foi necessária devido à grande quantidade de fumaça que tomou conta dos 3 primeiros andares;

-O diretor da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Paulo Rós, decidiu retirar todos pacientes do Hospital São Benedito, inclusive os 15 que estavam internados no quinto andar, atendendo ao pedido do corpo clínico do hospital e dos familiares e também para facilitar o trabalho de perícia do Corpo de Bombeiros. Foram transferidos cerca de 80 pacientes, ao todo;

-Segundo o diretor, apenas o aparelho de ar condicionado pegou fogo e foi imediatamente apagado. Nada mais foi queimado no local.

-O tenente coronel do Corpo de Bombeiros, Marcelo Revelis informou que 6 viaturas e 25 bombeiros foram envolvidos na ação;

-O prefeito Emanuel Pinheiro ressalta que todos os esforços estão sendo empenhados para salvar vidas e que nenhum paciente ficou ferido ou foi a óbito por decorrência deste incidente.

 

*Atualizada às 21h36

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana