conecte-se conosco


Mulher

“Classic Blue”: 5 ideias para ter a cor do ano da Pantone nas suas unhas

Publicado

2020 ainda nem chegou e já está servindo de inspiração para muitos assuntos, entre eles a cor do ano. A Pantone, empresa americana de consultoria de cores, anunciou o “Classic Blue”  , um azul que lembra o céu ao entardecer, como o tom que vai ditar tendência, seja de beleza, moda ou decoração. Mas que tal já começar desde agora?

Leia também: Unhas decoradas com pedras são a nova tendência de nail art entre as famosas

classic blue pantone arrow-options
Reprodução/Pantone

O ‘Classic Blue’ foi a tonalidade escolhida pela Pantone para ser a cor do ano 2020 e você pode incluí-la nas suas unhas

Segundo a Pantone , o “Classic Blue” é uma “tonalidade atemporal e duradoura, elegante em sua simplicidade. Traz sensação de paz e tranquilidade para o espírito humano, oferecendo refúgio. Ajuda na concentração, trazendo a percepção de clareza.” Pensando nisso, o  Delas  trouxe ideias de como incorporar isso ao seu dia a dia: usando a cor do ano nas suas unhas! 

Veja dicas de como usar: 

1. Clássico

unhas azul arrow-options
Reprodução/Pinterest

Apostar no clássico não tem erro! Basta escolher o esmalte mais ‘Classic Blue’ que você encontrar para pintar as unhas

Se a ideia é apostar no azul clássico, então por que não fazer isso de uma maneira clássica? Só usar esse tom de esmalte já é uma forma de apostar na cor do ano nas unhas. 

2. Filha única

Unhas azul arrow-options
Reprodução/Pinterest

Fazer uma unha diferente das demais é uma maneira de fazer nail art fugindo do tradicional, mas sem exigir muito esforço

A “filha única” é aquela ideia de deixar apenas uma unha diferente das demais – geralmente a do dedo anelar. Uma alternativa é apostar em esmaltes com glitter. 

3. Metálico

unhas azul arrow-options
Reprodução/Pinterest

Esmaltes metálicos são a última tendência do momento para as unhas e ótima alternativa para apostar em cores como azul

Os esmaltes metálicos estão bombando e, por causa disso, pode ser uma forma legal de apostar em duas tendências de uma vez. Basta escolher o azul que você mais gosta. 

4. Skittle nails

unha azul arrow-options
Reprodução/Pinterest

As ‘skittle nails’, técnica para deixar uma unha diferente uma da outra, também combina com vários tons de esmalte azul

Uma das ideias mais populares das redes, as “skittle nails” é uma técnica para variar nas cores. Use tons de azul diferentes para cada unha, criando um efeito degradé. 

5. Diferetona

unhas azul arrow-options
Reprodução/Pinterest

Fazer uma unha diferentona, como as unhas de mármore, usando esmalte azul é uma forma diferente de apostar na cor

Agora, se você quer passar longe do clássico, pode apostar em ideias “diferentonas”. Uma delas é usar o esmalte colorido para criar nail arts, como é o caso das unhas de mármore

E aí, gostou das dicas para usar a cor do ano? Então veja quais são as cores de esmalte que mais lembrar o “Classic Blue” para você ir fundo nessa ideia: 


publicidade
4 Comentários

4 Comments

  1. Jéssica

    11/12/2019 - 19:34 a 19:34

    ATENÇÃO!! Chegou uma MEGA oportunidade de RENDA EXTRA!!! Nada melhor do que realizar o investimento em si mesmo. Este curso de UNHAS DE GEL, com emissão de certificado que irá te auxiliar á aumentar sua renda mensal é a solução Acesse o link http://bit.ly/UnhasGel2020 realizaremos o suporte necessário para que você consiga atingir suas expectativas. Ótimo fim de ano e fiquem com Deus. Bjss

  2. Idéias e Negócios

    14/12/2019 - 10:38 a 10:38

    Olá, tudo bém, O DOCUMENTO? amei seu site.
    Você conhece as famosas Unhas de Fibra? Conquiste ainda mais suas clientes e aumente sua renda.

    Acesse esse Link e aproveite:
    http://bit.ly/UnhasdeFibraDesigner

  3. Maria

    15/12/2019 - 16:18 a 16:18

    (Curso de unhas de fibra de vidro) Aprenda o passo a passo de alongamentos naturais com a curvatura e o acabamento perfeito que você sempre sonhou em fazer. Encante suas clientes e sinta aquela sensação maravilhosa de fazer um trabalho sensacional!

    http://bit.ly/2cursodeunhascompleto

  4. Nicole

    15/12/2019 - 21:26 a 21:26

    Descubra como Muitas Mulheres estão Lucrando com as Famosas Unhas de Fibras, Conquistando Ainda Mais Suas Clientes: http://bit.ly/tornesenaildesignerdesucesso

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

Por que demoro tanto para ter um orgasmo? Especialistas explicam

Publicado


source

Esquecer a ideia de que há um tempo ideal para ter um orgasmo é o primeiro passo para entender porque algumas mulheres “demoram” para gozar. “Isso é muito subjetivo. Vai depender de como é a relação sexual e do tempo do orgasmo do parceiro ou da parceira”, explica Andreia Fiamoncini, psicóloga e terapeuta sexual, especialista da plataforma Sexo sem Dúvida.

mulher na cama
FreePik

Se preocupar tanto com o tempo do orgasmo pode ser um dos fatores que impedem as mulheres de gozar

“Se o parceiro goza mais rápido, pode aumentar a sensação de que a mulher demora; se ele demora ou controla mais, a percepção sobre o orgasmo da mulher pode ser diferente, dando a impressão que goza rápido”, completa. 

A terapeuta sexual Gabriela Daltro acrescenta que vontade de ter um orgasmo mais rápido , muitas vezes, está associada à necessidade de acompanhar o outro no ritmo do sexo.

Segundo ela, é preciso entender que cada um tem o seu ritmo. “Tem o tempo para se excitar, o tempo para entrar no clima… O mais importante é diminuir a ansiedade”. Gabriela explica que se a pessoa estiver ansiosa, tensa, pouco excitada e sem entrar no clima, é bem difícil que o orgasmo aconteça. 

“Prestar atenção ao tempo do orgasmo atrapalha. Quanto mais a mulher pensa, se preocupa em gozar, monitora o nível de prazer, mais ela se desconcentra e mais o prazer oscila”, diz Andreia.

“O orgasmo vem de um prazer constante”

Andreia também fala que “o orgasmo vem de um prazer constante e crescente”, por isso, é importante se entregar ao momento e estar à vontade, deixando as preocupações de lado.  

“Para as mulheres que têm dificuldades, recomendo treinarem sozinhas. Procure tirar um tempo para se acariciar,  tocar o próprio corpo e se concentrar. Perceba as sensações. Faça isso várias vezes, vários dias, sem o objetivo do orgasmo, apenas para desenvolver a concentração e estimular o corpo.”

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Agredida pelo ex, atriz conta que vive com medo: “Não tenho residência fixa”

Publicado


source
cristiane machado
Filipe Rhodes

Cristiane usa sua própria história e sua para dar forças para outras mulheres que são ou foram violentadas


Em novembro de 2017, a atriz Cristiane Machado se casou com o empresário e ex-diplomata Sérgio Schiller Thompson-Flores. Um ano depois, em novembro de 2018, a atriz divulgou para a imprensa um vídeo em que o marido a agredia verbal e fisicamente, tentando sufocá-la com um fio de telefone — e Sérgio foi preso por violência doméstica e tentativa de feminicídio.

Hoje, faz um pouco mais de um ano e meio que o caso de Cristiane veio a público, e o Delas conversou com a atriz e jornalista. Ela revela sofrer com os impactos do estresse pós-traumático até hoje, relata ter desenvolvido anorexia e ter crises de ansiedade frequentemente, por conta da sensação de medo e perseguição constante.

“Meu agressor ficou quase oito meses em um presídio em Bangu e saiu com uma medida cautelar, porque a prisão era preventiva. Ele usa uma tornozeleira eletrônica e está em prisão domiciliar. De finais de semana e feriados, ele tem que ficar em casa. Nos dias de semana, ele só pode sair para trabalhar”, conta Cristiane.

cristiane machado
Arquivo pessoal

Cristiane e seu ex-marido, Sérgio Schiller Thompson-Flores, atualmente condenado por violência doméstica e tentativa de feminicídio

A atriz foi uma das primeiras mulheres do Rio de Janeiro a ter acesso a um pager, que é conectado à tornozeleira do criminoso e apita se ele estiver próximo da vítima ou se tirar a tornozeleira. Segundo ela, desde que Sérgio saiu da prisão, o aparelho já foi acionado em torno de sete vezes. “Por conta desses avisos, eu vivo sob muita tensão. Todas as vezes que o aparelho me notificou eu comuniquei a Justiça, mas leva tempo até alguma coisa ser feita e, enquanto isso, a gente tem que se virar. Por isso não tenho residência fixa e todas as minhas bases são cercadas por câmeras”, relata.

Violência continuada

Cristiane diz temer não apenas pela violência que já sofreu. Ela afirma que continua sendo perseguida na internet, com a criação de perfis falsos que fazem comentários negativos e injuriosos sobre ela. “Essas pessoas já foram identificadas, por isso eu sei que são pessoas ligadas a ele. É impressionante que a maioria são homens agressores que foram condenados pela Lei Maria da Penha.”

Para a atriz, é muito importante ter noção do tipo de agressor que a mulher está lidando. “Um agressor com condições financeiras mais baixas, com menos acesso à cultura, é diferente de um agressor com estudo, dinheiro, influência, que também é branco e um ex-diplomata que entende de leis.”

“Eu continuo na luta e é muito díficil lidar com isso, porque eu me sinto desprotegida o tempo inteiro. A única força que eu tenho sou eu. Até porque quero proteger meus pais, meu pai é deficiente visual e minha mãe deficiente física e eles foram ameaçados de morte caso eu entregasse o Sérgio para a polícia”, continua.

Para a atriz e jornalista, que se tornou uma grande ativista no enfrentamento da violência doméstica, o que falta na justiça brasileira é mais agilidade para lidar com a violência que acontece após a denúncia. Segundo ela, as mulheres são incentivadas a denunciar, mas, depois que denunciam, não têm respaldo para continuarem se protegendo das violências que continuam acontecendo.

Além do pager, a vítima também usa o aplicativo Linha Direta da Polícia Militar do Rio de Janeiro e está em contato com o CEO para lançar uma funcionalidade no aplicativo que vai levar seu nome. A nova função está sendo idealizada para ajudar mulheres que foram violentadas a terem mais provas para apresentar à Justiça.

Vida profissional e financeira

“Ele também pratica uma violência material contra mim, para que eu não trabalhe. Ele usa perfis falsos para falarem mal de mim. As pessoas podem achar que aquilo é verdade e, até eu provar que não é, já perdi muito tempo e oportunidades, além do fruto do meu trabalho, que é a minha imagem”, fala a atriz.

Cristiane Machado está escrevendo um livro sobre violência contra mulheres, falando sobre outros casos e sobre sua própria trajetória, pois quer recuperar a vida e deixar de ser refém de ataques e boicotes. “Para você ter uma ideia, eu fiz uma live sobre violência doméstica com algumas mulheres e elas foram intimidadas. Todo lugar que eu apareço, as pessoas que estão comigo são perseguidas. Justamente para que elas fiquem com medo de serem vistas comigo e, consequentemente, isso atrapalhe o meu sustento.”

marca de enforcamento
Arquivo pessoal

No vídeo que a atriz divulgou para a imprensa em 2018, o empresário tentava enforcá-la com um fio de telefone do apartamento

Cristiane acredita ter a missão de usar sua voz para libertar outras mulheres que vivem situações parecidas com a dela. Diz que ainda tem muito medo, mas que também tem coragem para enfrentar todas as dificuldades. Para ela, é uma conquista ter conseguido que um ex-diplomata muito influente fosse condenado a três anos de prisão.

“Espero que a mulher que está passando pela agressão hoje tenha uma história diferente da minha e, consequentemente, a próxima, melhor ainda, para que esses casos sejam coibidos com mais agilidade. A gente teve um avanço muito grande com a Lei Maria da Penha, ou hoje meu agressor poderia estar nas ruas, completamente livre.”

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana