conecte-se conosco


Agro News

Circuito Universitário 2019 discutirá aquecimento global

Publicado

Fortalecimento Institucional

Circuito Universitário 2019 discutirá aquecimento global

É a sexta edição do projeto

09/10/2019

“Aquecimento global, mito ou realidade?” Esse é o tema do Circuito Universitário 2019 realizado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT). Entre os dias 14 a 31 de outubro, o evento irá percorrer universidades públicas e privadas de nove municípios, com uma palestra do doutor em Geografia Física – área de climatologia antártica, Ricardo Felício.

O encontro é direcionado para acadêmicos do curso de agronomia e será realizado em duas etapas. Na semana de 14 a 17 o evento percorrerá os municípios de Diamantino, Nova Xavantina, Cuiabá, Várzea Grande e Campo Novo do Parecis. E de 28 a 31 passará por Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Tangará da Serra.

Este é o sexto ano consecutivo que a Aprosoja Mato Grosso realiza o evento. Presidente da Aprosoja Mato Grosso, Antonio Galvan, explicou que o objetivo do Circuito Universitário é colaborar com a formação dos acadêmicos, através de palestras que despertem curiosidade e agucem o senso crítico dos participantes.   

“No ano passado falamos sobre defensivos agrícolas e esse ano vamos falar sobre climatologia, essa celeuma de aquecimento global, tem aquecimento, não tem? Então estamos trazendo um dos melhores nomes pra desmistificar, na versão dele que é de outras pessoas também, do que realmente é real sobre o aquecimento global. Convido todos os acadêmicos dos municípios por onde o Circuito vai passar, também dos municípios vizinhos, para que participe da palestra com o Ricardo Felício”, disse Galvan.

Palestrante – Ricardo Felício é bacharel cientista em Meteorologia pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em meteorologia antártica pelo INPE, doutor em Geografia Física, área de climatologia antártica pela USP

Atualmente é Profº Dr. do Departamento de Geografia da USP atuando como climatologista e membro do Conselho Deliberativo da Sociedade Brasileira de Meteorologia. Participou das Operações Antárticas brasileiras XVIII e XX e trabalha divulgando a ciência meteorológica e climática, desmistificando as mudanças climáticas atribuídas ao homem e supostos problemas ambientais correlacionados.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

DATA

CIDADE

HORA

LOCAL

14/out

SEG

Diamantino

19h

FID – Faculdades Integradas de Diamantino

15/out

TER

Nova Xavantina

08h

UNEMAT

15/out

TER

São Vicente da Serra – Cbá

 

IFMT

16/out

QUA

Cuiabá – UFMT

14h30

Auditório Helmut Daltro

16/out

QUA

Cuiabá – Unic

19h

Auditório Unic Beira Rio I (estacionamento)

17/out

QUI

Cuiabá – Univag

08h

Auditório 2, bloco C

17/out

QUI

Campo Novo do Parecis

13h30

Câmara Municipal de Campo Novo do Parecis

         

28/out

SEG

Sinop

19h

Sindicato Rural de Sinop

29/out

TER

Lucas do Rio Verde

19h

Auditório da Faculdade La Salle

30/out

QUA

Nova Mutum

19h

Sindicato Rural de Nova Mutum

31/out

QUI

Tangará da Serra

19h

Indefinido  

         

 

 

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agro News

CITROS/CEPEA: Com baixo volume de chuvas, citricultor segue preocupado

Publicado


.

Cepea, 25/09/2020 – Choveu no início desta semana em algumas regiões citrícolas do estado de São Paulo, mas o volume ainda foi baixo. Com isso, produtores consultados pelo Cepea seguem preocupados com o desenvolvimento dos frutos da safra 2020/21. Quanto à venda de laranjas no mercado de mesa paulista, a procura por valência e natal vem se intensificando, principalmente devido aos preços mais atrativos frente aos da pera. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a valência foi comercializada à média de R$ 30,30/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 6,8% frente à da semana anterior. Para a pera, a média semanal está em R$ 34,03/cx, elevação de 3,1% no mesmo comparativo. Com relação ao mercado de lima ácida tahiti, colaboradores do Cepea indicam que, apesar da baixa disponibilidade da variedade, os preços estão enfraquecidos, devido à pressão exercida por compradores e à desaceleração das exportações. Na parcial da semana, a tahiti tem média de R$ 64,35/cx de 27 kg, colhida, queda de 4,8% em relação à anterior. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

 

Fonte: CEPEA

Continue lendo

Agro News

FRANGO/CEPEA: Competitividade da carne cresce pelo 4º mês seguido

Publicado


.

Cepea, 25/09/2020 – A diferença entre os preços do frango inteiro e os das carcaças bovina e suína vem se ampliando de forma consecutiva há quatro meses. Em setembro, dados do Cepea mostram que a diferença observada foi recorde, quando consideradas as séries mensais. Esse contexto garante elevada competitividade à carne de frango frente às substitutas e, consequentemente, maior liquidez no mercado doméstico. A demanda internacional também está aquecida, o que vem resultando em altas generalizadas nos preços dos produtos avícolas. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

 

Fonte: CEPEA

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana