conecte-se conosco


Entretenimento

Cintia Dicker revela desejo de ser mãe e considera Pedro Scooby um bom pai

Publicado


source

A modelo Cintia Dicker, namorada de Pedro Scooby , fez uma sessão de perguntas e respostas com os seguidores no Instagram. A ruiva respondeu questionamentos sobre a vida pessoal e revelou alguns desejos que eram desconhecidos até então, como a vontade se ser mãe, por exemplo. 

Leia também: Após separação, Pedro Scooby e Cintia Dicker trocam beijos no Carnaval

Cintia Dicker e Pedro Scooby arrow-options
Reprodução/Instagram

Pedro Scooby e Cintia Dicker aos beijos


Leia também: Pedro Scooby tem briga feia com a nova namorada Cintia Dicker

“Não sei quando, mas quero muito (ter) filhos.”, falou a modelo. Cintia Dicker também respondeu perguntas sobre Pedro Scooby. Ela foi questionada se o surfista é um bom pai e não poupou elogios: “Ele é um paizão fod*. O que eu mais gosto no Pedro é o coração dele. Ele é muito legal com todo mundo”.

A modelo contrariou tudo o que fala Luana Piovani, mãe dos três filhos de Scooby, Dom, Liz e Bem. A atriz vive criticando as posturas do surfista em relação à paternidade, já disse várias vezes que o ex-marido é um pai ausente e, recentemente, os dois ainda tiveram uma briga pública por conta da pensão das crianças.

Leia também: Pedro Scooby e Cintia Dicker param de se seguir e apagam as fotos juntos

Aparência

Além de falar sobre o namorado, Cintia Dicker também respondeu algumas perguntas sobre o próprio corpo. Ela foi questionada se a cor dos cabelos ruivos é natural e respondeu que sim, por mais que os pais não tenham os fios avermelhados. A modelo ainda revelou que já fez duas cirurgias plásticas , mas se arrepende. “Coloquei silicone e me arrependo muito. Mas acho que todo mundo tem de fazer o que vai te fazer se sentir bem. Se você vai se sentir bem, faça”, disse.

Fonte: IG GENTE

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Entretenimento

Jornalista da CNN dá show de homofobia ao falar sobre doação de sangue

Publicado


source

Leandro Narloch virou assunto por conta de um comentário dele durante a exibição do programa “Live CNN” desta quarta-feira (8). O comentarista afirmou ao vivo que a decisão do Supremo Tribunal Federal que libera homossexuais para doarem sangue é uma “mudança pequena” na sociedade e que “gays têm uma chance muito maior de ter Aids”. 


“A mudança na verdade é pequena, ela vai restringir mais a conduta, e não o tipo de pessoa, a opção sexual (sic) do indivíduo. Toda essa polêmica começou porque, não há dúvida disso, os gays, os homens gays, eles têm uma chance muito maior de ter Aids, né? Em 2018, uma pesquisa mostrou que 25% dos gays de São Paulo eram portadores de HIV”, começou Narloch, sem citar a fonte da pesquisa em questão.

“Mesmo que esse número seja exagerado, e de fato ele parece mesmo exagerado, o fato é que é dezenas de vezes maior, maior a chance do que na população geral. A questão é que outros critérios para exclusão já restringem os gays que têm comportamento promíscuo, né?”, continuou Leandro, piorando mais ainda a situação.

Os apresentadores do programa, Marcela Rahal e Phelipe Siani, ficaram sem reação diante das frases ditas pelo comentarista. “Bom, é… A gente acabou de falar sobre essa mudança de protocolo. 2020 e só agora a gente teve retirado de fato esse impedimento de homossexuais fazendo doação de sangue”, falou Siani. “Gente!”, limitou-se a falar Marcela, mudando repentinamente de assunto.

Na internet, a fala do jornalista da CNN Brasil foi bastante criticada. “Rapaz, nunca ouvi tanta merda na minha vida. E olha que acompanho Bolsonaro desde 2013, mas essa supera todas as merdas que o presidente já disse”, disse um usuário do Twitter.


Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Giulia Be lança clipe de sua música “Recaída”; confira

Publicado


source
Giulia Be
Reprodução/Instagram/@giuliabe

Giulia Be


Giulia Be, que é cantora, compositora e instrumentista , tem apenas 20 anos de idade, mas já está trilhando uma carreira brilhante. Nesta quarta-feira (8), ela lançou o clipe de seu single “Recaída”, que abre o seu EP de estreia “solta”.

O vídeo, dirigido por Fernando Moraes, tem participação do DJ e cantor Pedro Sampaio. Ele foi produzido e gravado na casa da própria artista, que mora no Rio de Janeiro, para contornar as restrições que pandemia do novo coronavírus trouxe.

“Dizem que a necessidade é a mãe da invenção, e pode ter certeza que fomos muito criativos na execução. O objetivo era fazer um vídeo, gravado dentro do meu box, parecer um clipe com acabamento incrível. Fiquei muito feliz com o resultado!”, diz Giulia à Folha.


O EP “solta” é composto por seis faixas, entre elas os hits de sucesso “menina solta” e “(não) era amor”. Nas plataformas digitais, Giulia já ultrapassou mais de 232 milhões de audições e 143 milhões de visualizações em seus clipes. Ela tem 4,4 milhões de seguidores no Spotify.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana