conecte-se conosco


Mato Grosso

Cine Teatro Cuiabá recebe seminário que discute o cenário cultural, artístico e político no Brasil

Publicado

Um recorte do seminário ‘Arte, Cultura e Política no Brasil Contemporâneo: uma Perspectiva a Partir do Rumos Itaú Cultural’ chega a Cuiabá no dia 25 de abril. O evento será no Cine Teatro Cuiabá, das 19h às 21h, com entrada gratuita. A proposta é reunir especialistas e artistas contemplados pelo programa de fomento à cultura do instituto para debater o atual cenário dos três eixos que dão nome ao evento (arte, cultura e política no Brasil). Além de Cuiabá, o recorte também estará em Boa Vista (RR), no dia 23.

O instituto promoveu uma pesquisa sobre um total de 1.723 fichas de inscrição e sobre os projetos finalistas do Programa Rumos. O objetivo foi investigar os impactos gerados pelo novo formato do edital e como as suas alterações são percebidas pelos diversos agentes culturais. Toda a reflexão é alimentada por subsídios baseados na série histórica do Rumos, a partir dos editais de 2013-2014, de 2015-2016 e o mais recente, de 2017-2018.

A pesquisa revela, por exemplo, que as inovações e alterações no Rumos ocorridas a partir de 2013 marcaram uma nova fase na seleção de projetos artísticos e culturais no Brasil, em que a ideia é o foco. Este formato, segundo o estudo, ampliou a possibilidade de acesso a recursos para criadores que não tinham espaço no estabelecido mercado de editais e ampliou as possibilidades de realização aos criadores que, de alguma forma, já estavam sendo contemplados em outros processos.

Formato

O seminário compartilha com o público estes resultados e aprendizados adquiridos ao longo dos anos. Em Cuiabá, a conversa é mediada pela indígena e mestre em artes, Naine Terena, e pela diretora fundadora do Núcleo Afro brasileiro de Teatro de Alagoinhas, Fernanda Júlia.

Na palestra Cultura, Arte e Política no Brasil Contemporâneo, que abre o evento, o público é convidado a pensar na cultura, arte e política no Brasil atual, nas urgências e as possibilidades de futuro, na discussão que permeia o cenário local – tendo em vista os territórios em disputa – questões indígenas, imigração, fronteira.

Em seguida, um representante do Itaú Cultural fala sobre o histórico do Rumos, os aprendizados, desafios e futuro, além de apresentar os dados coletados com base nas pesquisas realizada nas últimas três edições do programa. Com o tema Rumos: uma perspectiva histórica, o tema será apresentado em Cuiabá por Tânia Rodrigues, gerente da Enciclopédia Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras.

Por último, artistas locais, selecionados pelo Rumos Itaú Cultural, comentam a própria experiência dentro do programa, o porquê de terem inscrito seus projetos nele, quais impactos tiveram e quais as urgências artísticas e culturais da cidade. É um momento para discutir as formas de fomentos para os artistas da região e como esses tudo isso reverbera nas obras.

Soilo Urupe Chue conta como conseguiu, por meio do Rumos, realizar concertos com o projeto Orquestra de Violinos Chiquitanos, no edital 2015-2016. O grupo passou por quatro municípios do estado Mato Grosso: Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Primavera do Leste e Porto Esperidião.

Rumos e premissas

Rumos nasceu em 1997 com o objetivo de valorizar a diversidade, estimular a criatividade e a reflexão sobre a cultura no país, além de premiar artistas e pesquisadores de diferentes áreas. Nestes 22 anos, a iniciativa recebeu mais de 64,6 mil inscrições, vindas de todos os estados do país e do exterior. Destas, foram contempladas mais de 1,4 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa. Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 6 milhões de pessoas em todo o país.

Serviço:

Seminário Arte, Cultura e Política no Brasil Contemporâneo: uma Perspectiva a Partir do Rumos Itaú Cultural

Dia 25 de abril – 19h às 21h

Local: Sala Anderson Flores, do Cine Teatro Cuiabá

O Cine Teatro Cuiabá é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Está localizado na Avenida Presidente Getúlio Várgas, 247, Centro de Cuiabá.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Governo do Estado e Sema lamentam falecimento de servidores da Regional de Confresa

Publicado


.

O Governo do Estado e a Secretaria de Meio Ambiente (Sema-MT) lamentam o falecimento dos servidores da Unidade Regional de Confresa, Luiz Carlos Rodrigues Campos e Pedro Ferreira dos Santos. Os servidores sofreram um acidente na rodovia próximo ao posto do Arnon, em Bom Jesus do Araguaia, no início da tarde desta terça-feira (30.06). Um terceiro servidor que estava no veículo, Lucas Lopes Bezerra, foi socorrido e está hospitalizado.

O governador Mauro Mendes, acompanhando dos secretários da Casa Civil, Mauro Carvalho e da secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti,  decretaram Luto Oficial no Estado de Mato Grosso por três dias e se solidarizam com a família e amigos enlutados.

Os servidores se deslocavam ao município de Querência para atender a uma denúncia de crime ambiental. A operação seria realizada em conjunto com a Polícia Civil. Uma equipe da Delegacia Regional de Confresa, que seguia em outro veículo, deu o auxílio imediato.

A secretária Mauren Lazzaretti, muito emocionada, exaltou o trabalho dos servidores da Regional de Confresa e pediu, em nome da Sema, oração para todos que estão sofrendo com esta trágica perda. “Estavam fazendo um trabalho primoroso. Mesmo em condições tão difíceis com pouco efetivo era uma equipe que não media esforços e estava sempre à disposição para atender todas as demandas.  É uma grande tristeza e dor perder um colega de serviço e faremos o que for necessário para dar todo apoio diante dessa tragédia”.

O secretario adjunto Executivo de Meio Ambiente, Alex Marega, reforçou que a pasta irá oferecer todo apoio possível e manifestou sua admiração pela equipe de Confresa. “São servidores muito dedicados, que estavam fazendo um trabalho excelente para dar atendimento muito rápido às demandas, mesmo com uma equipe reduzida. A Sema está vivendo um dia muito triste. É, com certeza, uma noticia difícil de aceitar uma tragédia assim”.

Luiz Carlos era Diretor da Regional de Confresa. O biólogo também já trabalhou na Fiscalização de Empreendimentos da Sema em Cuiabá e na antiga regional de Vila Rica. Ele deixa um casal de filhos.

Pedro era servidor da Regional de Confresa e também trabalhou nas antigas regionais da Sema em Vila Rica e em São Félix do Araguaia. Ele morava com uma sobrinha em Confresa e sua família é de Aragarças.

Lucas é servidor efetivo da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente, Turismo e Comércio de Confresa e atualmente está cedido para a Regional da Sema no município. Servidores da Unidade de Barra do Garças estão acompanhando seu estado de saúde.

Os servidores da Sema, consternados com a noticia, enviam manifestações de solidariedade aos familiares.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Governo inaugura maior penitenciária de Mato Grosso com 1008 vagas

Publicado


.

O Governo de Mato Grosso inaugurou nesta terça-feira (30.06) a Penitenciária de Jovens e Adultos de Várzea Grande, batizada de Complexo Penitenciário Ahmenon Lemos Dantas, que vai abrigar 1008 presos e será a maior unidade de Mato Grosso em capacidade de vagas.

A obra iniciada em 2008, ficou paralisada por quase 10 anos, sendo retomada no final 2017, mas andou a passos lentos por falta de contrapartida do Estado, ganhou ritmo com a nova gestão em fevereiro de 2019, que resolveu priorizar a obra. Foram consumidos R$ 28,3 milhões entre recursos do Ministério da Justiça, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e contrapartida do Tesouro Estadual.

“É uma vergonha uma obra iniciada em 2008 e concluída depois de 12 anos. Esperamos que todos os que venham para cá cumpram as penas no rigor da lei, mas que também tenham a oportunidade da ressocialização. Que na solidão da cela, possam refletir sobre o mau causado à sociedade, mas que possam trabalhar e ser reintegrado assim que cumprirem a pena”, comentou o governador Mauro Mendes.

Devido a quarentena obrigatória em Várzea Grande, não houve solenidade para inauguração. O governador Mauro Mendes, e o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, foram até a unidade e descerraram a placa, oficializando a abertura da unidade penal. Assim, o Governo do Estado cumpre mais um item do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público Estadual (MPE) e o Poder Judiciário, em maio deste ano.

“No primeiro mês de gestão o governador Mauro Mendes nos pediu levantamento das obras paradas na segurança pública e determinou a retomada dessa obra. Além disso, pelo TAC vamos inaugurar o Centro de Detenção Provisória em Peixoto de Azevedo, construção de uma nova unidade em Barra do Garças, além de novos raios com 460 vagas na PCE, Sinop, Rondonópolis e em Água Boa. Também vamos nos próximos três anos executar obras de reforma e ampliação nas pequenas unidades. Para isso, também vamos contar com recursos do Ministério Público e do Poder Judiciário”, destacou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

A transferência dos presos se dará aos poucos, por conta da pandemia, e os mesmos terão perfil de trabalhadores em cumprimento final da pena.

Há cerca de 15 dias, a base do Serviço de Operações Penitenciárias Especiais (SOE) foi transferida para a nova unidade penal. A unidade já funciona com servidores do administrativo e os demais servidores devem se apresentar ainda nesta semana. Eles são oriundos das unidades que foram fechadas em Dom Aquino, Poconé e Rosário Oeste.

Na segunda-feira (29.06) também foi desativada a Cadeia Pública de Rosário Oeste, após um motim, em que os presos destruíram o prédio. Eles foram transferidos para outras unidade do Estado. Ao todo, cinco unidades já foram desativadas em Mato Grosso, além das citadas, também foram fechadas as unidades penais de Alto Garças e Canarana. O encerramento consta no TAC, assinado em maio.

O secretário adjunto de Administração Penitenciária da Sesp, Emanoel Flores, comentou que o perfil dos presos agora serão de baixa periculosidade. “A gente começa de forma gradativa e vamos trabalhar futuramente a porta de entrada e também a porta de saída. A vinda será gradativa. A base do SOE já está trabalhando no complexo e é responsável pelo perímetro da unidade e a segurança do ambiente carcerário, com a guarda e a muralha”.

Homenagem

A nova unidade homenageia o policial penal Ahmenon Lemos Dantas, que faleceu no dia 15 de maio deste ano, em decorrência de uma parada cardíaca. Ele foi servidor do Sistema Penitenciário por 20 anos, tendo atuado na Cadeia Pública de Alta Floresta e a Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May. Sua última lotação foi no corpo da guarda da Penitenciária Central do Estado (PCE).

Servidora da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto, viúva do policial penal homenageado, Gilmara Célia Pimenta Ferreira, disse que a homenagem é um alento e um reconhecimento por tudo o que Ahmenon representou em vida.

“É triste pelo fato da perda, mas vejo como reconhecimento. Ele foi um servidor de grandes lutas em busca de melhorias para o sistema penitenciário, ele lutou por isso durante 20 anos e tinha esse sonho de ver a categoria com grandes melhorias”.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana