conecte-se conosco


Saúde

Cinco municípios da Grande São Paulo iniciam campanha contra o sarampo

Publicado

Cinco municípios da Grande São Paulo começaram, hoje (11), uma campanha de vacinação contra o sarampo. O objetivo é vacinar jovens de 15 anos a 29 anos das cidades de Guarulhos, Osasco, São Bernardo do Campo, Santo André e São Caetano do Sul, público considerado mais vulnerável a infecções, por menor procura pela segunda dose da vacina.

A expectativa da Secretaria de Estado da Saúde é vacinar cerca de 900 mil pessoas nessa faixa etária.

De janeiro a julho deste ano, o estado já registrou 206 casos de sarampo. O último boletim divulgado pela secretaria, no dia 7 de junho, apontava 51 casos de sarampo no estado no ano, o que demonstra que houve um crescimento de mais de 300% no número de notificações somente no último mês. Em todo o ano passado, o estado de São Paulo havia registrado apenas quatro casos de sarampo.

A capital paulista é responsável pela maior parte dos casos, com 137 notificações. Por causa disso, uma campanha de vacinação contra o sarampo foi iniciada em São Paulo no dia 10 de junho, com a meta de vacinar 2,9 milhões de paulistanos com idade entre 15 anos e 29 anos.

Leia Também:  Beber vinho pode matar células cancerígenas, diz estudo

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Saúde

Canabidiol ameniza efeitos da quimioterapia

Publicado

Women's Health

Estudos indicam que o canabidiol ameniza efeitos da quimioterapia . Medicamentos à base de CBD podem ser aliados no tratamento do câncer, amenizando efeitos colaterais da quimioterapia (Ward et al., 2014; King et al., 2017).

Leia também: Remédio de maconha: demanda por canabidiol cresceu em 700% em quatro anos

Canabidiol arrow-options
shutterstock

Canabidiol

A HempMeds Brasil é a primeira empresa brasileira a obter autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para importar esse tipo de substância que pode atuar no combate ao vômito, estimular o apetite, melhorar a imunidade e diminuir a dor decorrente do tratamento convencional dos pacientes.

Canabidiol ameniza efeitos da quimioterapia

Através da mitigação de vários dos sintomas associados à doença, trazendo maior qualidade de vida ao paciente, deixando-o mais preparado para enfrentar as adversidades da patologia e do tratamento. No entanto, cada caso deve ser avaliado com cautela para encontrar o melhor tratamento e posologia, como explica Gabriel Barbosa, Analista de Desenvolvimento Regulatório e Projetos Científico da HempMeds Brasil.

Leia Também:  Falar mais ajuda na gagueira? Confira 12 dicas para controlar o distúrbio

Leia também: Depois de tentar de tudo, jovem com acne severa controla condição com canabidiol

“Primeiro, é importante destacar que a introdução do canabidiol nesse tipo de tratamento não substitui as orientações e prescrições dos oncologistas. Portanto, os pacientes que usam o CDB não devem abandonar os tratamentos convencionais recomendados para tratar o câncer”, afirma Barbosa.

Efeitos de medicamentos antitumorais

Estudos em fase experimental mostram que o CDB pode apresentar efeitos esperados para medicamentos antitumorais: indução de apoptose, autofagia, inibição de mecanismos de angiogênese e metástase.

Leia também: Pela primeira vez, EUA aprovam uso de medicamento à base de maconha

Podem ser configurados como anti-proliferativos, em casos de tumores malignos e benignos, interferindo no avanço e atuando na remissão da doença (Shrivastava et al., 2011; Solinas et al., 2012; Lukhele& Motadi, 2016; Wu et al.,2018). Já foi visto, ainda, que o CDB pode potencializar o tratamento convencional, tornando a terapia mais efetiva como um todo (Nabissi et al., 2013; Ivanov et al., 2019).

Fonte: IG Saúde
Continue lendo

Saúde

Como usar a alimentação a seu favor para ajudar a controlar o diabetes

Publicado

Women's Health

O Dia Mundial do Diabetes, 14 de novembro, foi uma data criada em 1991 pela International Diabetes Foundation (IDF) em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientizar a população sobre a doença.

Leia também: Será que seu filho tem diabetes? Saiba identificar os sintomas

diabetes arrow-options
shutterstock

Nesta quinta-feira, comemora-se o Dia Mundial do Diabetes, doença que, segundo a OMS, atinge 16 milhões de brasileiros

Fonte: IG Saúde
Leia Também:  Falar mais ajuda na gagueira? Confira 12 dicas para controlar o distúrbio
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana