conecte-se conosco


Esportes

Chapecoense vence Sampaio Corrêa na Arena Condá

Publicado

A Chapecoense entrou em campo na noite desta sexta-feira (1), na Arena Condá, para enfrentar o Sampaio Corrêa em partida válida pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No duelo contra a equipe de São Luís, a Chapecoense venceu a primeira diante do seu torcedor na Arena Condá, anotando três gols na segunda etapa e decretando o placar final em 3 a 1. Os tentos alviverdes foram marcados por Lucas Hipólito (gol contra), Lima e Marcelo Santos, enquanto o adversário diminuiu com Ygor Catatau.

A partida:

Empurrada pela torcida, a Chapecoense finalizou pela primeira vez aos dois minutos iniciais de jogo, quando Tiago Real acionou Orejuela no ataque. O camisa 13 invadiu a grande área e chutou no contrapé para defesa do goleiro adversário. Minutos depois, aos seis, Fernando subiu em velocidade pelo lado esquerdo e realizou cruzamento na área buscando Tiago Real. O meio campista se esticou, mas não alcançou a bola, que parou nas mãos do goleiro Gabriel. Pressionando a equipe visitante, o Verdão finalizou a primeira etapa com novo lance de perigo, aos 41, Em bate e rebate dentro da área, Victor Ramos dominou no peito e a bola sobrou para Tiago Real, que arriscou de primeira, mas a bola passou por cima do gol.

No segundo tempo, não demorou para o Verdão abrir o marcador, ainda no minuto inicial da etapa complementar Tiago Real acionou Orejuela em profundidade, o camisa 13 cruzou na área e Lucas Hipólito, tentando afastar o perigo, mandou a bola contra o próprio gol, anotando 1 a 0 para a Chapecoense. Mesmo a frente no placar, o Verdão buscou ampliar a vantagem. Infiltrando a linha de marcação e aparecendo como elemento surpresa na área, Matheus Bianqui carimbou o travessão em lance de perigo aos 19. Mas a bola só balançou as redes novamente aos 35, quando Lima, Cria do Condá, fez uma pintura de fora da área e deixou 2 a 0 para o Verdão.

A resposta da equipe visitante surgiu aos 39, quando Ygor Catatau diminuiu a vantagem alviverde, assinalando 2 a 1 no placar. Se mantendo aguerrida e apoiada pelo torcedor, a Chapecoense saiu para o ataque e, aos 50, no último minuto de jogo, Marcelo Santos recebeu na intermediária de ataque, limpou a marcação e chutou firme, em gol que decretou o marcador final de 3 a 1! Com o resultado, o Verdão abre a 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro com vitória na Arena Condá e se afasta da zona de rebaixamento.

Próximo jogo: 

A Chapecoense entra em campo novamente na terça-feira (05), às 19h, para confronto diante do Londrina, em jogo atrasado, válido pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

fonte: https://chapecoense.com/pt/noticia/chapecoense-vence-sampaio-correa-na-arena-conda

Fonte: Agência Esporte

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esportes

São Paulo sofre mais se classifica para a semifinal da Copa do Brasil

Publicado

Na noite desta quinta-feira (18.08), o São Paulo enfrentou o América mineiro, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil 2022, e com o resultado de 2 a 2, com gols marcados por Luciano, se classificou para a próxima fase da competição!

O Tricolor, escalado pelo técnico Rogério Ceni, começou o jogo com o Jandrei, de volta à meta após contusão; Diego, Miranda e Léo, na defesa; Igor Vinícius, Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Reinaldo, na linha média e, por fim, Luciano e Calleri no ataque.

Mesmo fora de casa, o São Paulo começou melhor a partir e fez valer a posse de bola aos 22 minutos, quando construiu boa jogada pela direita: Nestor passou para Luciano, que finalizou, de canhota, com categoria, para as redes: 1 a 0!

Pouco depois, os tricolores quase ampliaram em chance criada por Luciano: Reinaldo tentou o arremate duas vezes, mas a bola foi para fora. No ataque seguinte, Calleri encontrou Luciano na corrida e lançou com perfeição. O camisa 11 são-paulino driblou o zagueiro e tocou com maestria no canto esquerdo do goleiro: 2 a 0!

Perto do fim da etapa inicial, em um cruzamento na área do Tricolor, foi marcado pênalti para o América, após revisão do VAR em lance de bola no braço de Reinaldo. O time mandante descontou o placar com o Wellington Paulista: 2 a 1.

No início do segundo tempo, Miranda foi expulso pelo segundo cartão amarelo. Luciano deu lugar a Nikão e Welington substituiu Reinaldo, aos 16 minutos. Pouco depois, o América empatou a partida, com Everaldo: 2 a 2.

Para dar novo gás ao meio de campo, Alisson rendeu a Igor Gomes, aos 27 minutos; Patrick, na vaga de Calleri, e Rafinha, na de Igor Vinícius, ambas aos 37 minutos, completaram as substituições do técnico Rogério Ceni.

Ainda que com um a menos, e com as decisões contrárias da arbitragem, a equipe são-paulina soube manter o resultado que lhe era favorável até aos 53 minutos do segundo tempo, quando soou o apito final. O São Paulo está classificado para a semifinal da Copa do Brasil 2022!

O próximo jogo do São Paulo é contra o Santos, domingo (21), às 19 horas, no Estádio da Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. Já o sorteio dos mandos do embate contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, ocorrerá nesta sexta-feira, dia 18.

AMÉRICA-MG 2 x 2 SÃO PAULO

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 18/08/2022 (quinta-feira)
Horário: 21h

São Paulo: Jandrei; Diego, Miranda e Léo; Igor Vinícius (Rafinha, 37/2), Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Igor Gomes (Alisson, 27/2) e Reinaldo (Welington, 16/2); Luciano (Nikão, 16/2) e Calleri (Patrick, 37/2). Técnico: Rogério Ceni

Gols: Luciano, 22/1; Luciano, 29/1

América Mineiro: Matheus Cavichioli; Éder, Iago Maidana (Matheusinho, intervalo) e Ricardo Silva; Raúl Cáceres, Juninho, Alê (Henrique Almeida, 21/2) e Danilo Avelar; Pedrinho, Wellington Paulista e Everaldo. Técnico: Vagner Mancini

Gols: Wellington Paulista (pênalti), 43/1; Everaldo, 19/2

Cartões amarelos: Everaldo, 2/1; Luciano, 23/1; Miranda, 49/1 e 12/2; Alê, após o fim do 1º tempo; Matheusinho, 35/2; Éder (América), 35/2; Igor Vinícius, 37/2; Danilo Avelar, 49/2

Cartão vermelho: Miranda, 12/2

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Quarto Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (MG)
Árbitro de Vídeo: Adriano Milcvzvski (PR)
AVAR: Luciano Roggenbaun (PR)
Observador de VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)

Fonte: Agência Esporte

Continue lendo

Esportes

Vasco tropeça e perde chance de dormir vice-líder da Série B

Publicado

O Vasco manteve a sina de não jogar bem fora de casa nesta Série B. Pela 25ª rodada, foi a Maceió encarar o CSA na noite desta quinta-feira (18.08) e saiu do Rei Pelé com uma derrota por 2 a 0. Lucão e Lucas Barcelos marcaram os gols do jogo.

Esta foi a quarta derrota seguida do Vasco jogando fora de casa. Assim, o Cruzmaltino permanecerá na quarta posição ao final da rodada, com 42 pontos. Além disso, o resultado impede que o time carioca termine o dia na vice-liderança do torneio. Do outro lado, porém, o CSA deixou a zona do rebaixamento e pulou para a 16ª posição, com 26 pontos.

Na próxima rodada, o Vasco voltará a jogar fora de casa ao enfrentar o Bahia na Arena Fonte Nova, em confronto direto dentro do G4. O CSA, por sua vez, visitará o Brusque, em Santa Catarina.

Defesa do Vasco falha e CSA pula na frente

Com apenas um minuto de jogo o CSA já estava na frente no placar no Rei Pelé. A equipe alagoana iniciou a partida no ataque e, no segundo escanteio, Igor cobrou pela direita do ataque e levantou na área. O zagueiro Lucão deixou a marcação no caminho e cabeceou certeiro no canto de Thiago Rodrigues.

O Cruzmaltino demorou um pouco mas se recuperou do susto e, assim, passou a dominar a posse de bola. Mas o CSA explorava os contra ataques em velocidade e em uma nova falha da defesa, ampliou. Aos 24, Lucas Barcelos é lançado pelo meio e o zagueiro Danilo Boza teve a chance de interceptar o passe. Num lance bisonho, o vascaíno se atrapalhou com a bola e o atacante do CSA partiu em direção ao gol. Na saída de Thiago Rodrigues, Lucas Barcelos tocou com categoria e encobriu o goleiro.

O segundo gol abalou o Vasco, que não conseguia agredir o adversário e continuou exposto aos contra-ataques. Aos 41, quase saiu o terceiro. Gabriel recebeu aberto na direita e cruzou rasteiro na área. Yann Rolim entrou pelo meio e bateu de primeira, mas Thiago Rodrigues salvou o Cruzmaltino com uma defesa sensacional.

CSA leva perigo e resultado ficou barato para o Vasco

O CSA voltou para o segundo tempo sem o meia Gabriel, que sentiu lesão no tornozelo e foi substituído pelo volante Rickson. Mas a formação mais defensiva não mudou o panorama em campo e em menos de dez minutos os alagoano já haviam chegado perto do terceiro gol por duas vezes.

Lucas Barcelos quase fez mais um com um minuto. O chute cruzado da direita, entretanto errou o alvo e saiu rente à trave. Aos seis foi a vez de Yann Rolim receber livre na área um cruzamento de Diego Renan e chutar de primeira. Mais uma bola para fora.

O Vasco, no entanto, cresceu depois dos 10 minutos e passou a pressionar o CSA em seu campo. Apesar do volume de jogo, a equipe de Emílio Faro tinha dificuldade na armação das ações ofensivas e abusava das bolas cruzadas na área.

FICHA TÉCNICA

CSA-AL 2 X 0 VASCO-RJ

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: Quinta-feira, 18 de agosto de 2022
Horário: 20h00 (Brasília)
Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG/VAR-Fifa)
Cartões amarelos: Elton, Geovane, Rickson (CSA); Danilo Boza (Vasco)
Gols: Lucão, a 1 min, Lucas Barcelos, aos 24 min do 1º tempo

CSA: Marcelo Carné, Igor, Werley Lucão e Diego Renan; Geovane (Ferreira), Giva Santos, Yann Rolim (Rogério) e Gabriel (Rickson); Lucas Barcelos (Osvaldo) e Elton (Rodrigo Rodrigues)
Técnico: Roberto Fernandes

VASCO: Thiago Rodrigues, Matheus Ribeiro, Danilo Boza, Anderson Conceição e Edimar (Paulo Victor); Yuri Lara, Andrey dos Santos e Nenê (Palacios); Alex Teixeira (Fábio Gomes), Raniel (Eguinaldo) e Figueiredo (Bruno Tubarão)
Técnico: Emílio Faro (Interino)

Fonte: Agência Esporte

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana