conecte-se conosco


Internacional

Chanceler brasileiro espera “evolução democrática” na Venezuela

Publicado

O ministro brasileiro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse hoje (30) que o Brasil continua tendo uma perspectiva concreta de que haja uma “evolução democrática na Venezuela” a partir de pressões diplomáticas e políticas e também com “sanções econômicas” da comunidade internacional.

A manifestação de Ernesto Araújo foi durante entrevista à imprensa ao lado do ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Mass, no Palácio do Itamaraty. “Nossa posição é de apoio ao processo de transição e esperamos que todas as forças venezuelanas atendam a esse chamado pela democracia”, disse Ernesto Araújo.

O ministro disse que o governo brasileiro está reunindo informações sobre a movimentação de hoje (30) na Venezuela para tomar uma posição mais clara sobre a questão. “As informações chegam a cada minuto”, ressaltou. Ele disse que conversou nessa segunda-feira (29) contato com autoridades norte-americanas sobre situação no país vizinho. O ministro Araújo frisou que, pelo menos com relação à parte brasileira, não havia ainda informações sobre o deslocamento na manhã de hoje (30) dos líderes da oposição e do preso político Leopoldo López para a base aérea de La Carlota, em Caracas, onde anunciariam o apoio de militares na luta contra o regime de Nicolás Maduro.

Visita do ministro da Alemanha

O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Mass, desembarcou no Brasil nessa segunda-feira (29). O primeiro compromisso oficial do ministro foi em Salvador (BA), onde participou no Instituto Goethe do primeiro evento da Rede de Mulheres, entidade que reúne organizações e personalidades engajadas em ações que buscam uma sociedade com mais igualdade de oportunidades entre mulheres e homens.

Edição: Narjara Carvalho

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Murilo Bon Meihy é o entrevistado do iG desta quinta-feira (13)

Publicado


source
ig
IG Último Segundo

Live com especialista vai discutir a explosão no Líbano e as reviravoltas políticas no país

O iG transmite  entrevista ao vivo nesta quinta-feira (13) às 17h com Murilo Bon Meihy, professor, historiador e especialista no Líbano. A live será transmitida pelo  Facebook e pelo  YouTube  do iG.

Esta será a primeira edição do projeto  Último Segundo Em Cima do Fato,  série de entrevistas ao vivo em que repórteres do iG conversam com comentaristas sobre os fatos mais relevantes do noticiário.

Bon Meihy ministra História Contemporânea na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é mestre em Estudos Árabes e Islâmicos pela Universidade Autônoma de Madrid, doutor em Estudos Árabes pela Universidade de São Paulo e realizou seu pós-doutorado no Líbano,  pela American University of Beirut, em 2018.

Durante a live, os internautas podem interagir e enviar perguntas ao entrevistado.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Espanha proibirá que pessoas fumem nas ruas para conter Covid-19; entenda

Publicado


source
bitucas de cigarro
Pixabay

Fumantes são capazes de expelir gotículas que podem estar contaminadas com a Covid-19


A partir da próxima quinta-feira (15), fumar nas ruas de Galícia, uma comunidade ao noroeste da Espanha, será proibido. O motivo: conter a disseminação da Covid-19 , que voltou a crescer no país. A Catalunha, outra região do país, já havia proibido o consumo de bebidas alcoólicas na rua .


A ordem deve valer para locais onde não é possível manter distanciamento social entre pessoas. Pode valer para vias públicas ou em terraços de bares.

Essa medida nunca foi adotada pelo país em nenhum outro momento. Dessa maneira, o governo tenta conter o aumento da taxa de contágio do novo coronavírus .

A proibição foi requisitada pela Sociedade Espanhola de Epidemiologia, que afirmou que, ao fumar, pessoas contaminadas ou que são assintomáticas podem expelir gotículas infectadas . Isso vulnerabiliza o ambiente para outras pessoas.

Entre outra maneira de tentar mapear a Covid-19, o governo da Galícia pretende ampliar a capacidade de realização dos testes RT-PCR, capaz de confirmar a doença.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana