conecte-se conosco


Nacional

Caso Genivaldo: Câmara convoca ministro da Justiça para esclarecimento

Publicado

source
Genivaldo de Jesus Santos foi morto dentro de uma viatura da PRF
Montagem iG – 26.05.2022

Genivaldo de Jesus Santos foi morto dentro de uma viatura da PRF

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (1), a convocação do ministro da Justiça, Anderson Gustavo Torres, para prestar esclarecimentos sobre a morte de Genivaldo de Jesus Santos durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal em Sergipe . Também foi aprovada a convocação do diretor da PRF, Silvinei Vasques.

“A Comissão de Direitos Humanos é a comissão que deve se debruçar diante de uma violação brutal. Sei que todos os deputados, seja do governo, seja da oposição, todos nós ficamos indignados com o assassinato do Genivaldo naqueles termos com a câmara de gás”, afirmou Orlando Silva (PCdoB-SP), presidente do colegiado.

No dia 25 de maio, Genivaldo foi detido, agredido e fechado no porta-malas da viatura da PRF com uma bomba de gás lacrimogêneo. Ele morreu antes de chegar ao hospital. Ele deixou mulher e um filho e oito anos.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que a vítima sofreu asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda. A PF abriu um inquérito para investigar a ocorrência, ocorrida na BR-101 no município de Umbaúba.


O requerimento para as convocações de Anderson Torres e Silvinei Vasques foi aprovado por 10 votos a favor e 7 contra. Alexandre Frota, um dos deputados que apresentaram a demanda, pediu esclarecimento sobre as imagens do ocorrido, que circularam nas redes sociais.

“As ações cometidas são desumanas. A violação dos direitos humanos do cidadão em referência são absurdas e inaceitáveis”, enfatizou Frota (PSDB).

“É evidente que não estamos diante de um caso de utilização de força necessária à condução de indivíduo que esboçou atos de resistência, mas, sim, de mais um episódio de atos executórios que demonstram o desprezo pela vida humana, elemento tão marcante deste governo”, afirmou o deputado federal Túlio Gadêlha (Rede)

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nacional

SP: Secretaria de Saúde Municipal faz ação para doação de agasalhos

Publicado

Agasalhos e cobertores arrecadados em ação que contou com apoio da Polícia Civil de SP
Governo de SP

Agasalhos e cobertores arrecadados em ação que contou com apoio da Polícia Civil de SP

Com o objetivo de reduzir os riscos e impactos da estação mais fria do ano, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) realiza uma campanha para receber roupas, calçados e cobertores para doação em todas as suas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas.

Para colaborar, basta o cidadão levar os itens a serem doados aos pontos de coleta. As peças arrecadadas serão encaminhadas às comunidades do entorno das unidades, como igrejas, centros comunitários e associações de bairro, além dos Centros de Atenção Psicossociais (Caps), Unidades de Referência à Saúde do Idoso (Ursis) e do programa Consultório na Rua (CnR).

A iniciativa contempla e intensifica as ações da Operação Baixas Temperaturas (OBT), plano de contingência intersecretarial que garante a proteção de milhares de pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade na capital paulista.

De acordo com a secretária-executiva de Atenção Básica, Especialidades e Vigilância em Saúde da SMS, Sandra Sabino Fonseca, a iniciativa faz parte do cuidado integral da SMS para com com a população. “Portas de entrada no SUS na capital, as UBSs estão em todas as regiões da cidade e podem ser pontos estratégicos de arrecadações de agasalhos para distribuirmos às pessoas mais carentes. Pedimos que quem tiver roupas, cobertores e calçados em boas condições e puder doar, leve à UBS mais próxima. Precisamos somar esforços para acolher e aquecer quem mais precisa”, afirma.

Os endereços dos pontos de doação podem ser encontrados nos links:

UBSs

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/saude/2022_06_24_Lista_UBS_Vacinacao_COVID19.pdf

AMAs/UBSs Integradas

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/saude/2022_06_24

Agasalhos para pets

A SMS, por meio da Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico (Cosap), também promove uma campanha de arrecadação de agasalhos para cães e gatos da população de rua.

As doações podem ser levadas à Cosap, das 6h às 22h, na portaria 1, localizada na rua Santa Eulália, 86, e na portaria 2, que fica na avenida Santos Dumont, altura do número 637.

“É uma ação conjunta que visa atender à população que tanto precisa e seus grandes companheiros. O frio castiga também os animais. Daí a importância dessa campanha”, afirma Analy Xavier, coordenadora da Cosap.

A distribuição dos agasalhos dos pets é feita durante a OBT. Além disso, a Cosap faz aplicação de vacina e vermífugo nos animais, atendimentos clínicos, e em casos mais graves há encaminhamento para um dos hospitais veterinários públicos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

Continue lendo

Nacional

SP: número de adolescentes grávidas cai 52% nos últimos cinco anos

Publicado

Número de adolescentes grávidas cai 52% nos últimos cinco anos em São Paulo
freestocks / Unsplash

Número de adolescentes grávidas cai 52% nos últimos cinco anos em São Paulo

De acordo com levantamento realizado pela Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (SMS) , o número de meninas grávidas entre 10 e 14 anos de idade na cidade caiu 52% entre 2016 e 2021. No mesmo período, também houve queda de 42% na gestação entre adolescentes de 15 a 19 anos.

Em 2016, 691 meninas com menos de 15 anos ficaram grávidas. Esse número chegou a 335 no ano passado, na mesma faixa etária. Entre as adolescentes de 15 e 19 anos, a redução foi de 19.684 para 11.287 gestantes, na comparação dos últimos cinco anos.

Algumas ações voltadas à população contribuíram para essa redução, como a disponibilização de contraceptivos tradicionais nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e a compra de 12.400 implantes subdérmicos, principalmente para as adolescentes. Além da implantação de dispositivo intrauterino (DIU) de cobre ou hormonal (Mirena) e ações de educação em saúde voltadas para saúde sexual e reprodutiva no Programa Saúde na Escola.

As iniciativas também incluem o treinamento do quadro de profissionais de saúde. Ao todo, 300 médicos da Estratégia Saúde da Família (ESF), de 179 UBSs, foram preparados com a capacitação para inserção do implante subdérmico, assim como profissionais do Consultório na Rua. Cabe destacar ainda o protocolo integrado da primeira infância voltado para a gravidez na adolescência.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana