conecte-se conosco


Curiosidades

Casal cai do 9º andar de prédio durante sexo na varanda em ‘festa selvagem’

Publicado

prédio arrow-options
Reprodução/Daily Mail

Segundo testemunhas, homem que sobreviveu à queda do 9º andar durante sexo retornou ao apartamento

Uma mulher de 30 anos de idade morreu ao cair do 9º andar de um prédio enquanto fazia sexo com seu parceiro, em São Petersburgo, na Rússia . O homem caiu junto com sua companheira, mas milagrosamente sobreviveu, tendo apenas ferimentos leves, por ter tido sua queda atenuada por arbustos e pelo próprio corpo da mulher, segundo reportou a mídia local.

Leia também: Francês de 72 anos atravessa Oceano Atlântico a bordo de tonel sem motor

A tragédia ocorreu no último dia 5, quando o casal participava de uma “festa selvagem”, conforme descreveram vizinhos à polícia. Momentos antes de o casal cair durante o sexo na varanda , um aparelho de televisão foi visto caindo daquele mesmo apartamento.

De acordo com testemunhas, o homem de 29 anos que caiu de altura de aproximadamente 35 metros ainda teria retornado ao apartamento após a morte de sua companheira. 

A polícia foi acionada e encontrou a mulher nua morta no asfalto. Segundo reportado pelo jornal britânico Daily Mail , os participantes da festa ainda arremessaram do apartamento um esfregão contra os policiais. Além do casal que praticava sexo na varanda, outros dois homens estavam no apartamento onde tudo aconteceu. Uma investigação foi iniciada para apurar a circunstâncias da morte da mulher russa.

Leia Também:  Vizinhos trocam pedradas por causa da senha do wi-fi, na Colômbia

Leia também: Polícia prende três surdos-mudos com arma falsa em praça no Rio de Janeiro

mulher arrow-options
Reprodução/Daily Mail

Mulher de 30 anos morreu imediatamente após a queda do 9º andar de prédio em São Petersburgo


Fonte: IG Curiosidades
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Curiosidades

Urso mata músico que coletava sons da natureza no Canadá

Publicado

source
Urso-pardo arrow-options
Reprodução/Wikipedia

Urso-pardo atacou o músico enquanto ele dormia nas margens do Rio Mackenzie.

Um músico de 44 anos foi morto por um urso-pardo enquanto coletava sons da natureza no Canadá . O incidente aconteceu na semana passada e foi anunciado pela polícia na última segunda-feira (19).

Leia também: Homem sobrevive a ataque de puma após se defender com faca e pedras

Julien Gauthier estava viajando pelo Rio Mackenzie, que fica próximo da divisa com o Alaska, para coletar sons da natureza para um projeto musical em que estava trabalhando. Ele estava acompanhado da bióloga Camille Toscani, que acionou as autoridades após o urso atacar o músico.

Segundo Toscani, o urso-pardo atacou Gauthier enquanto ele dormia e o arrastou para longe de seu acampamento, que estava na margem do rio. A bióloga alertou as autoridades, que, utilizando um helicóptero, começaram as buscas pelo corpo do músico , que só seria encontrado no dia seguinte.

Interessado em arrecadar capital para financiar seu projeto, Gauthier planejava descer o Rio Mackenzie entre Fort Providence a Inuvik, percorrendo cerca de 1,5 km. Segundo especialistas, ataques de urso como o que vitimou o músico são raros, já que os animais não costumam atacar sem serem provocados. 

Leia Também:  Homem morre após participar de concurso de comer tacos na Califórnia

Fonte: IG Curiosidades
Continue lendo

Curiosidades

Homem sobrevive a ataque de puma após se defender com faca e pedras

Publicado

source
Puma arrow-options
Richard Marriott

Usando uma faca e uma pedra, Richard Marriott conseguiu sobreviver ao ataque do puma

Um caçador norte-americano sobreviveu a um ataque de um dos animais mais perigosos da natureza na última semana. Richard Marriott, que procurava por alces no Big Horn Park em Kremmling, no estado do Colorado, Estados Unidos, na semana passada, foi surpreendido por um puma e por muito pouco não foi dominado pelo animal.

Leia também: Jacaré escala cerca de base militar nos EUA e viraliza na web; assista

Para se defender no feroz ataque do puma , no entanto, Marriott não usou seu rifle, que não estava montado. Ele teve que recorrer a uma faca e a pedras. “Eu nem acredito que isso tudo aconteceu”, contou o caçador, que utilizou a lâmina contra o rosto do animal e depois usou pedras para assustar o felino.

“Ele se aproximou de mim por trás e eu acabei tropeçando em um tronco. Quando o animal estava chegando perto da minha perna eu consegui usar a faca”, conta Marriott, que ainda tirou uma foto com o felino ferido.

Leia Também:  Monstro do Lago Ness “pode ser real”, revela estudo internacional

O homem ainda disse que costuma levar uma pistola para suas caçadas , mas que havia esquecido nesta viagem. “Eu com certeza gostaria de ter uma arma comigo naquele momento. Eu provavelmente conseguiria assustar o puma”, afirma.

Leia também: Cachorro alado? Conheça o morcego gigante que parece com um cão

Se o final acabou sendo feliz para o caçador, o animal não teve a mesma sorte. No dia seguinte ao ataque, os guardas do parque localizaram o puma e mataram o felino a tiros. De acordo com o parque, a prioridade do local é preservar a vida humana.

Fonte: IG Curiosidades
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana