conecte-se conosco


Curiosidades

Canguru foge de escola e está a solta em cidade no interior do EUA; assista

Publicado

Canguru
Thinkstock Photos

Canguru fugiu de escola no interior do Mississipi

A pequena cidade de Gulfport, no estado no Mississipi, virou notícia internacional após a Pass Road Elementary School, uma escola primaria da região, informar que um canguru que estava sendo apresentado às crianças fugiu do local e estava solto no município.

Leia também: Monstro do Lago Ness “pode ser real”, revela estudo internacional

A visita do marsupial foi uma iniciativa do Mobile Petting Zoo, uma empresa que resgata animais filhotes e os leva para ter contato com crianças. De acordo com Cody Breland, dono da  empresa, o canguru , que se chama JoJo, se assustou e acabou fugindo da escola.

O Departamento de Polícia de Gulfport emitiu o primeiro alerta de sua história de que um canguru era procurado na cidade. JoJo é um canguru castanho de aproximadamente um ano de idade. Esses animais são encontrados apenas na Austrália e, por não ser selvagem, o marsupial tem pouca chance de sobrivivência se não for localizado rapidamente.

Leia Também:  Casal nu é flagrado atravessando rodovia de São Paulo; vídeo circula na internet

Breland iniciou uma campanha pelas redes sociais para tentar encontrar o animal. “Se alguém o vir, por favor entre em contato e com o Departamento de Polícia e, se puder, fique de olho nele até eles chegarem”, escreveu o dono do animal.

Leia também: Mulher aciona polícia de Nova York para ‘salvar’ guarda-sol de suicídio

Um morador local, no entanto, não seguiu as orientações da campanha e, ao invés de contatar as autoridades, apenas filmou o canguru e postou em suas redes sociais. A cena foi capturada de dentro de um carro e, após o vídeo viralizar, a polícia e os responsáveis foram até a área para procurar pelo marsupial, mas não tiveram sucesso.


Fonte: IG Curiosidades
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Curiosidades

Homem sobrevive a ataque de puma após se defender com faca e pedras

Publicado

source
Puma arrow-options
Richard Marriott

Usando uma faca e uma pedra, Richard Marriott conseguiu sobreviver ao ataque do puma

Um caçador norte-americano sobreviveu a um ataque de um dos animais mais perigosos da natureza na última semana. Richard Marriott, que procurava por alces no Big Horn Park em Kremmling, no estado do Colorado, Estados Unidos, na semana passada, foi surpreendido por um puma e por muito pouco não foi dominado pelo animal.

Leia também: Jacaré escala cerca de base militar nos EUA e viraliza na web; assista

Para se defender no feroz ataque do puma , no entanto, Marriott não usou seu rifle, que não estava montado. Ele teve que recorrer a uma faca e a pedras. “Eu nem acredito que isso tudo aconteceu”, contou o caçador, que utilizou a lâmina contra o rosto do animal e depois usou pedras para assustar o felino.

“Ele se aproximou de mim por trás e eu acabei tropeçando em um tronco. Quando o animal estava chegando perto da minha perna eu consegui usar a faca”, conta Marriott, que ainda tirou uma foto com o felino ferido.

Leia Também:  Macaco é morto por outros do próprio bando após ficar impotente em zoológico

O homem ainda disse que costuma levar uma pistola para suas caçadas , mas que havia esquecido nesta viagem. “Eu com certeza gostaria de ter uma arma comigo naquele momento. Eu provavelmente conseguiria assustar o puma”, afirma.

Leia também: Cachorro alado? Conheça o morcego gigante que parece com um cão

Se o final acabou sendo feliz para o caçador, o animal não teve a mesma sorte. No dia seguinte ao ataque, os guardas do parque localizaram o puma e mataram o felino a tiros. De acordo com o parque, a prioridade do local é preservar a vida humana.

Fonte: IG Curiosidades
Continue lendo

Curiosidades

Jacaré escala cerca de base militar nos EUA e viraliza na web; assista

Publicado

source
Jacaré arrow-options
Reprodução

Nas imagens, é possível ver animal invadindo área de base militar dos EUA

Uma cena inusitada aconteceu no último final de semana em Jacksonville, no estado da Flórida (EUA) e acabou viralizando nas redes sociais: um jacaré foi flagrado escalando a cerca de uma base militar norte-americana.

Leia também: Com 21 membros, grupo “Muda Senado” ganha força e pode pressionar Alcolumbre

Nas imagens, gravadas por uma mulher que passava no local e divulgadas pela rede WJXT4, é possível ver o jacaré ultrapassando o osbtáculo sem a menor dificuldade e seguindo seu caminho. “Lá vai ele, por cima da cerca”, diz a autora das imagens durante a gravação.

Em entrevista à WJXT4, alguns militares da base informaram que o animal não seria removido, a não ser que ofereça algum tipo de risco aos moradores da região.

“Se você é novo na Flórida , ou mesmo que já viva por aqui há anos, deve sempre assumir que pode existir um jacaré em regiões alagadas. Nós temos muitos aqui na base e eles não respeitam nenhum tipo de medida de segurança que tentamos implementar”, brincou o perfil da base aérea em uma publicação nas redes sociais.

Leia Também:  Peso de ouro! Cacho de uvas ruby é leiloado por R$ 37 mil no Japão

“Agora, falando um pouco mais sério: fique sempre de olho em crianças pequenas e animais de estimação. Nunca se aproxime de um jacaré, jamais”, finalizou a publicação.

Internautas ficaram apavorados

Nos comentários, muitas pessoas ficaram impressionadas com a habilidade do jacaré, mas a maioria se assustou ao saber que eles podem escalar cerca . “Misericórdia! Eu não sabia que eles podiam fazer isso”, escreveu uma seguidora na página da WJXT4. “Inacreditável. Nunca imaginei que eles tinham força suficiente para alçar o corpo todo assim tão alto. Fico feliz de morar em Ohio, bem longe deles”, completou outra.

Leia também: “Flordelis sabia de plano para matar pastor Anderson”, afirma filha

Apesar de não ser comum, existem outros registros de jacarés escalando cercas e até mesmo árvores. “Já vi esses animais subindo em cercas de até 2m, especialmente se elas não tiverem uma barra no topo. Eles simplesmente jogam o peso do corpo sobre elas e fazem com que elas se dobrem. Assim, conseguem chegar do outro lado tranquilamente”, disse um especialista à WJXT4.

Leia Também:  Homem morre após participar de concurso de comer tacos na Califórnia

Fonte: IG Curiosidades
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana