conecte-se conosco


AMM

Campo Verde adota medidas para evitar propagação do Covid-19

Publicado

O prefeito Fábio Schroeter baixou nesta terça-feira (17) o decreto número 013/2020 onde elenca uma série de ações que visam evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19).

No município, de acordo com a secretaria municipal de Saúde, quatro pessoas estão em isolamento domiciliar por apresentar sintomas parecidos aos da doença e aguardam o resultado dos exames que estão sendo feitos pelo Laboratório Central da Secretaria Estadual de Saúde, em Cuiabá.

De acordo com o prefeito Fábio Schroeter, o momento é atípico e de preocupação. “Porém, primeiro de tudo, temos que manter a calma. Se a gente não tiver calma, bom senso, raciocinar e pensar no que deve ser feito, aí a coisa pode ficar pior”, disse Fábio. “E nós estamos tomando medidas, realmente, para que, frente a esse problema, as consequências sejam mínimas”, completou.

Entre as medidas adotadas, que seguem as recomendações de órgãos como o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde, estão a suspensão das aulas nas escolas municipais, estaduais e particulares, e também nas instituições públicas ou privadas que oferecem ensino superior, a partir do dia 23 de março até o dia 5 de abril.  

Alvarás para realização de eventos de qualquer natureza, que exijam licença do Poder Público, estão com a emissão suspensa por prazo indeterminado.  Os que já foram emitidos estão automaticamente cancelados. “Essa é nossa determinação”, frisou o prefeito.

O decreto determina também a suspensão das atividades no Centro de Atendimento ao Idoso Beno Jhonner. A recomendação é que as atividades, eventos esportivos – incluído os treinamentos ofertados pelas escolinhas esportivas da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer -, eventos religiosos e culturais que não necessitem de licença do Poder Público, sejam suspensos por tempo indeterminado.

Foram suspensas também as viagens e participação de servidores públicos municipais em cursos ou eventos. Nesse caso, especificamente, a participação e as viagens só poderão ser realizadas mediante autorização do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus, criado através do decreto publicado hoje.

O Decreto protege também os servidores municipais. Aqueles com mais de  60 anos devem exercer suas atividades por meio do sistema home officie, ou seja, desempenhando suas funções em casa se assim for possível. Os que apresentarem suspeita de contagio pelo novo Coronavírus e aqueles que se enquadram no grupo de risco definido pela Organização Mundial de Saúde, devem comunicar a chefia imediata para que sejam tomadas as providências de acordo com a situação.

Outra medida visando proteger os servidores públicas permite que aqueles que retornaram ou retornarem de viagens a locais onde há casos comprovados do Covid-19, ou ainda aqueles que tiveram contato direto com pessoa comprovadamente contagiado pela doença, desempenhe suas atividades por meio do tele trabalho.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AMM

Tempo de integração do transporte coletivo passa a ser de duas horas a partir desta quarta-feira em Cuiabá

Publicado

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que a partir desta quarta-feira, 1º de abril, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro na busca de soluções efetivas no enfrentamento ao coronavírus e tendo como premissa evitar prejudicar à população, que o tempo de integração dos usuários do transporte coletivo, passa a e a ser de duas horas, um acréscimo de 30 minutos por viagem. Por meio de decreto, a gestão municipal deliberou pelo veo ao transporte público, no período de 23 de março a 5 de abril, em decorrência do risco de disseminação do novocoronavírus. No entanto, medidas judiciais determinaram que o atendimento fosse garantido com 30% da frota em atividade.

De acordo com o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, após a decisão judicial, ficou estabelecido o serviço seria retomado. Hoje, temos 110 veículos circulando e a nossa equipe de fiscalização não conseegue atender a toda demanda. Por isso, nós estamos atuando em conjunto com a Secretaria de Ordem Pública no que diz respeito à fiscalização.

Ele pondera ainda que outro fator que deve ser considerado é o fato de que “Cuiabá está com 30% da frota em circulação, enquanto Várzea Grande com 50%, o que ocasiona essa superlotação, principalmente nos horários de pico, que precisam fazer a integração. Acredito que com esse aumento do tempo, esse problema será solucionado”, pontuou Antenor.

O secretário fez questão de pontuar um grande avanço já alcançado pela Prefeitura. Segundo levantamento, a Capital foi o único município que conseguiu atingir 92% de desistência dos usuários do transporte coletivo. Em dias normais, eram transportados 240 mil usuários, nesse momento já transportamos no máximo 18 mil usuários.

“O prefeito  Emanuel Pinheiro sempre reitera que  nesse momento de crise, temos de seguir medidas drásticas, para  garantia da vida, da saúde. Ficar em casa, manter o isolamento social é muito importante”, pontuou.

Com relação a orientação voltada especialmente para os idosos, é que eles continuem ficando em casa, sendo essa a melhor forma de prevenção. Apesar da gratuidade oferecida para esse público do transporte coletivo, sendo necessária apenas a apresentação do documento de identificação para comprovação da idade, fica difícil impedir que esse público faça uso do transporte.

"Nesse sentido, estaremos apresentando ao prefeito um plano de ação para colocar um agente em cada veículo, tanto da Semob como da Ordem Pública. Estamos trabalhando diuturnamente para garantir a saúde de todos. Vamos sair dessa tempestade com resultados exitosos. A Prefeitura de Cuiabá está trabalhando e pede a colaboração e compreensão de toda sociedade”, concluiu o prefeito Emanuel Pinheiro.

Continue lendo

AMM

Prefeitura de Sinop e forças de segurança orientam população com carros de som

Publicado

Em casa ou na rua, pare por um minuto e ouça com atenção!

A Prefeitura de Sinop, unida às forças de segurança do município, está emitindo uma mensagem importante para a população, por meio de carro de som.

Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Guarda Civil Municipal iniciaram ontem (31) uma campanha de orientação da população com mensagens pedindo que todos tomem o máximo de cuidado possível para evitar o contágio do novo coronavírus.

Cinco veículos estão circulando pela cidade pedindo que todos evitem aglomerações e fiquem em casa, se possível, saindo apenas em casos de extrema necessidade.

As comitivas estão passando pela região central e avenidas da cidade; nos bairros Palmeiras, Imperial, Violetas, Oliveiras, Vitória Régia, Boa Esperança, São Paulo, Recanto dos Pássaros, Vindilina, Dauri Riva, Califórnia; Botânico, Paraíso 1 e 2, Jacarandás, Celeste, Bela Suíça, Nações e Nossa Senhora Aparecida; Primaveras, Parque das Araras, Gente Feliz, Jardim do Ouro, Chácara Planalto, Camping Clube, Europa, Adriano Leitão, Chácara São Cristóvão, Ibirapuera, Paulista 1 e 2; e Alto da Glória, Belo Ramo, Umuarama 1 e 2, Boa Vista, Cazinhas, Menino Jesus, São Cristóvão, Bom Jardim, Vitória, São Francisco, Buritis e Adalgiza.

“Precisamos cuidar uns dos outros. Ficar em alerta para que mantenhamos a quarentena o máximo possível. E higienizar as mãos com frequência também é importante. Respeitar essas medidas irá nos ajudar a sair dessa situação melhores e mais rápido”, pede a prefeita Rosana Martinelli.

Como ainda não existe vacina contra o coronavírus, a única maneira de se proteger da doença é se prevenindo. Alguns cuidados básicos são extremamente eficazes para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus.

Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos e, caso não haja água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

É preciso sempre lembrarmos de evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo com pessoas doentes e ficar em casa quando estiver doente; sempre cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo ou tossir no cotovelo.

Se precisar sair, limpe e desinfete objetos e superfícies tocados com frequência. Mas, é imprescindível que todos fiquemos em casa e saiamos apenas em situação de extrema necessidade.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana