conecte-se conosco


Saúde

Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada na capital paulista

Publicado


.

A Campanha de Vacinação contra a Influenza será prorrogada na capital paulista até o dia 24 de julho. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), até o dia 25 de junho foram aplicadas mais de 4 milhões de doses da vacina e a cobertura para os grupos prioritários está em 85,6%. A meta é vacinar 90% dessa população.

A imunização continua sendo feita nas 468 unidades básicas de saúde (UBS) da capital paulista a todos os grupos prioritários. A campanha teve início no dia 23 de março e imunizou, na primeira fase, idosos e profissionais da saúde. Esses grupos já atingiram 100% de cobertura vacinal, assim como a população indígena.

Segundo a secretaria, a cobertura vacinal para os outros grupos está em 57% entre as crianças, em 47% entre as gestantes, 46% entre as puérperas e em adultos de 55 a 59 anos está em 41%.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Saúde

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Estado de SP planeja comprar 10 milhões de seringas para vacina da Covid-19

Publicado


source
Mão preparando seringa para aplicação
Governo do Estado de São Paulo

Vacina contra a Covid-19 deve ser aprovada entre o final de 2020 e início de 2021


O estado de São Paulo está preparando a compra de 10 milhões de unidades de seringas que serão utilizadas para a aplicação da vacina da Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). O planejamento ocorre em meio à rumores da  suposta falta desse tipo de item e à corrida mundial para a aprovação de um imunizante.

De acoredo com o governo estadual, a expectativa é a de que as seringas sejam entregues entre outubro e novembro deste ano. O governador João Doria (PSDB) tem prometido para janeiro o início da vacinação, caso os testes em andamento com a Coronavac, produzida em parceria entre o Instituto Butantan a a Sinovac Biotech, sejam bem-sucedidos.

Nesta terça-feira (11), o governo do Paraná confirmou que fará um convênio com a Rússia para viabilizar a produção da vacina russa . Segundo o governo paranaense, a parceria vinha sendo costurada com os russos desde julho.

Em entrevista à colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo , o superintende da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (Abimo), Paulo Henrique Fraccaro, disse que há risco de falta de seringas e agulhas no mundo por causa de um aumento de demanda no caso de uma vacinação ao mesmo tempo.

Mesmo após esses anúncio, a aquisição das 10 milhões de seringas não será suficiente para a imunização da população de todo o estado. Por conta disso, uma segunda compra está sendo programada para até o fim do ano.

Em situações normais com as campanhas regulares de vacinação, o estado de São Paulo consome cerca de 11 milhões de seringas por ano.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

Covid-19: Américas registram mais de 100 mil novos casos por dia, diz OMS

Publicado


source
Covid-19
Reprodução

Américas são responsáveis por grande parte dos casos confirmados da doença

Nesta terça-feira (11), um dia após o planeta atingir a marca de 20 milhões de casos confirmados desde o início da pandemia da Covid-19 , a diretora regional da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou que a doença segue em alta nas Américas e lamentou a soma de 100 mil novos casos por dia.

“Nossa região continua sob o comando da Covid-19 “, disse Etienne em entrevista virtual de Washington com outros diretores da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), segundo informações da agência Reuters.

Etienne ressaltou ainda a preocupação da entidade com os EUA, que seguem em primeiro lugar no ranking de países mais afetados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), o Brasil, que ultrapassou a marca de 100 mil mortes no último final de semana , e outros países, como México, Peru, Chile e Argentina, que estão em tendência de alta.

A declaração ocorre no mesmo dia em que a OMS demonstrou preocupação com a  divulgação, por parte do governo da Rússia, do registro da primeira vacina contra a Covid-19 . Mais cedo, o porta-voz da entidade disse que o medicamento precisará passar por avaliações rigorosas antes de ser disponibilizado .

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana