conecte-se conosco


Meu Pet

Campanha de reciclagem vai arrecadar fundos para a causa animal em SP

Publicado

O Brasil tem cerca de 30 milhões de animais abandonados, de acordo com a Organização Mundial da saúde. Os canis e abrigos de animais estão lotados e a causa animal precisa de ajuda. Nesse cenário, o Fundo Social de Mogi das Cruzes, em São Paulo, criou a campanha de reciclagem “Tampinha Solidária”. 

Leia também: OAB poderá barrar profissionais com histórico de maus-tratos a animais

A campanha pretende doar ração para ONGs e protetores de animais independentes. A ideia é mobilizar as pessoas para juntar e entregar tampas de diversos produtos nos pontos de coleta que serão espalhados por Mogi das Cruzes. Essas tampas serão vendidas para a reciclagem e o dinheiro arrecadado doado para a causa animal


A imagem mostra garrafões cheios de tampinhas de plástico dentro. Os garrafões estão com rótulo da campanha
Reprodução/ Prefeitura de Mogi das Cruzes

A campanha “Tampinha Solidária” pretende ajudar a causa animal

Quem quiser participar deve juntar tampas de plástico de produtos como refrigerante, água, xampu, detergente, requeijão, canetas, potes de sorvete, produtos de limpeza, entre outros. Alguns estabelecimentos municipais, como a Pinacoteca e o Theatro Vasques  servirão como pontos de entrega.  A lista completa está no site da prefeitura de Mogi das Cruzes.

Após a arrecadação, as tampinhas serão enviadas para o Pró-Hiper, onde voluntários do programa Família Voluntária farão a separação por cores – o que pode aumentar o valor da venda em até três vezes. Com a verba arrecadada, ONGs e protetores da causa animal receberão a ajuda. 

Fonte: Canal do Pet
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Meu Pet

Gata se recusa a sair do lado de amigo atropelado por carro

Publicado

source

Os animais de estimação podem ser ótimos companheiros para os donos, mas também mostram tal fidelidade entre si. Foi o que aconteceu quando a gatinha Abigail, de apenas um ano de idade, viu seu amigo ser atropelado e se recusou a sair do dele. Os dois foram encontratados por uma mulher que passava em uma rua perto de casa, em Londres, na Inglaterra – o motorista que causou o acidente não prestou socorro. 

Gato branco e preto deitado em perna arrow-options
Reprodução/ Mayhew Animal Home

Abigail se recusou a sair de perto de amigo mesmo em seus momentos finais

Leia também: Garotinho abandona seu cão em abrigo e deixa carta emocionante

Ao avistar a cena, a mulher se aproximou e percebeu que o gato acabou morrendo devido a machucados extensos. Mesmo assim, a gatinha, que posteriormente foi nomeada de Abigail, se recusava a sair do lado do amigo. Sem saber o que fazer, ela ligou para o abrigo Animal Welfare Officer pedindo por ajuda. 

Tania Mazzoni atendeu a ligação e decidiu ir até o local. Diante da situação, a voluntária decidiu levar os dois animais para o abrigo. Mais calma, a gatinha foi examinada e nenhum machucado ou doença encontrado. Como ela não tinha microchip e ninguém foi procurá-la, ela ganhou um espaço, comida e conforto no Animal WelFare. 

Leia também: Atitude de cachorro ao dividir cobertor com irmã comove internautas

Após a história ser contada nas redes sociais, Abigail ganhou um novo lar. Apesar do trauma que sofreu, o dono garante que a gatinha está se adaptando muito bem a sua nova vida.    


Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Meu Pet

Cachorro é resgatado após cair em fossa de três metros em Goiás

Publicado

source

No domingo de carnaval (23), o Corpo de Bombeiros de Rio Verde, em Goiás, foi chamado para atender a ocorrência de um cachorro que caiu em fosse de três metros. Com técnicas apuradas e uso de cordas, os profissionais demoraram sete minutos para resgatar o animal. 

Leia também: Garotinho abandona seu cão em abrigo e deixa carta emocionante

cachorro dentro da fossa arrow-options
Reprodução Facebook/ Corpo de Bombeiros

Cachorro caiu em uma fossa de três metros


O salvamento só foi possível porque moradores da região escutaram latidos fortes e entraram em contato com o Corpo de Bombeiros. Como o caso registrado é o quarto com características semelhantes em pouco mais de uma semana, a organização aproveitou para fazer um alerta: cisternas e poços devem estar sempre protegidos e sinalizados para evitar acidentes. 

Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana