conecte-se conosco


Meu Pet

Campanha de doação de sangue pet acontece neste sábado em SP

Publicado

source

Muito se fala da importância da doação de sangue para que outras pessoas doentes possam receber o tratamento ideal. O que muitos não sabem é que com os animais de estimação não é diferente, em vários casos os peludos precisam receber transfusão, por isso a doação pet também é essencial. 

Leia também: Bancos de sangue pet sofrem com escassez; seu animal pode doar

cachorro doando sangue arrow-options
Divulgação

Animais também precisam doar sangue

Nesta sexta (24) e sábado (25) o Continental Shopping, no Jaguaré, São Paulo, sediará a campanha “Doe sangue, Doe vida”. No primeiro dia a campanha é exclusiva para humanos e funcionará das 10h às 16h. No segundo dia é a vez dos cachorros , que poderão doar também das 10h às 16h, na entrada principal. 

Todas as doações arrecadadas no sábado vão para o Banco de Sangue Pet de São Paulo. Para se ter uma ideia da importância de uma doação,  cada bolsa de sangue pode salvar a vida de até três animais. 

Os principais critérios para que o cachorro participe da ação são: 

  • Ter entre 1 e 8 anos;
  • Estar clinicamente saudável;
  • Estar vacinado e vermifugado (comprovado via carteira de vacinação);
  • Estar sem pulgas e carrapatos;
  • Não ter passado por procedimento cirúrgico recente (nos últimos dois meses);
  • Caso seja fêmea, não estar no período de gestação ou com filhotes

Além de ajudar, os cães que doarem no hemocentro móvel da Pets & Life ganham exames de sangue, anemia, físico e de acompanhamento renal gratuitamente. 


Fonte: Canal do Pet
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Meu Pet

Atitude de cachorro ao dividir cobertor com irmã comove internautas

Publicado

source

A cumplicidade do cachorro Zeus com sua irmã conquistou corações de internautas. Recentemente, Athena sujou seu cobertor , o que fez com que Amber Poindexter, a dona deles, fosse obrigada a colocar o item para lavar. A cadela, então, teria que passar uma noite um pouco menos confortável, mas seu irmão deu um jeito de dividir o cobertor dele com ela. 

Leia também: Vídeo de cadela colocando brinquedo “para dormir” é muito fofo

“Sei que não sou a melhor das mães de cachorro, afinal Athena teve que passar uma noite sem seu cobertor. Mas quando acordei no outro dia me deparei com essa cena: Zeus conseguiu empurrar o seu cobertor por debaixo da grade para dividí-lo com ela. Eles se amam demais”, escreveu Amber ao compartilhar a foto do momento em um grupo do Facebook. 

cães dividindo cobertor arrow-options
Reprodução Facebook

Zeus (marrom) dividindo seu cobertor com Athena (branca)

Em menos de uma hora a publicação já tinha mais de 5,7 mil curtidas. “Essa é a coisa mais fofa de todas”, “Ele está olhando para você com cara de ‘como ousa fazer isso com a minhas irmã’” e “Eles devem amar dormir juntos” foram alguns dos comentários. Houve também quem reclamasse de Amber não ter um cobertor extra e de os cães estarem dentro de gaiola, mas a norte-americana garantiu que os pets estão acostumados e são muito bem tratados. 

Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Meu Pet

Brasileiros são mais “gateiros” do que o resto do mundo, diz pesquisa

Publicado

source

O mito de que gatos não são bons animais de estimação está caindo por terra. Principalmente no Brasil, onde a quantidade de felinos como animais domésticos aumentou 5% com relação ao número mundial – enquanto a população de felinos soma 12% dos animais domésticos do mundo, no Brasil esse número alcançou 17%. Os dados são de uma pesquisa compilada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) .

Leia mais: O que fazer quando o gato é diagnosticado com FIV ou FeLV?

gato deitado arrow-options
Shuttersock

A popularidade dos gatos só aumento no Brasil

E não é só a quantidade, 45% das pessoas entrevistadas em uma pesquisa realizada pelo IBOPE Inteligência disserem que os gatos são considerados como filhos. Parte disso é resultado da mudança no estilo de vida das pessoas, que, em sua maioria, hoje moram em grandes centros e têm o dia a dia muito corrido. Assim, a facilidade de criar um gato é maior por eles serem mais independentes. Outros aspectos levantados pelos entrevistados foram companheirismo, tamanho e higiene.

Além disso, em estudos realizados por professores da Universidade Federal de Goiás (UFG) foram avaliados comportamento, manejo nutricional e sanidade dos felinos que foram reunidos em uma publicação do Manual de Boas Práticas na Criação de Animais de Estimação, que é parte de uma coletânea organizada pela Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Animais de Estimação (CSPET).

Leia mais: Donos de cachorro gastam mais do que os de gato, diz pesquisa

Esses estudos apenas comprovam como a espécie que antes era tida muitas vezes como “fria”, está sendo mais aceita e valorizada. Um Manual de Boas Práticas na Criação de Animais de Estimação feito por professores da Universidade Federal de Goiás (UFG) também ressaltou que os gatos são animais que podem se adaptar muito facilmente à diversos tipos de ambientes e seres, como os cachorros. A personalidade dos felinos é desenvolvida de acordo com a forma que eles são educados. 



Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana