conecte-se conosco


Geral

Campanha Aconchego distribui cobertores para moradores em situação de rua em Cuiabá

Publicado


Iniciativa, liderada pela primeira-dama do Estado, entregou 120 cobertores na noite dessa sexta-feira [F- Jana Pessôa]

Para amenizar o frio que chegou nos últimos dias, a primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, viabilizou a entrega de cobertores para moradores em situação de rua em Cuiabá.  A distribuição das peças foi realizada na noite dessa sexta-feira (8), quando os termômetros marcavam 17 graus, e integra a Campanha Aconchego iniciada no ano passado.

A secretária adjunta de Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Salete Morockski, que acompanhou a entrega, destacou a importância da ação para atender os mais vulneráveis. “Entregamos 120 cobertores para os moradores que vivem nas ruas. De uma forma estamos amenizando as dificuldades que eles enfrentam”, pontuou.

Edgar dos Santos, que vive nas ruas há mais de dez anos, destaca as dificuldades para arrumar um emprego, principalmente porque já passou dos 50 anos. “Estou há mais de um ano desempregado, por isso, qualquer ajuda que recebo é sempre bem-vinda”.

O enfermeiro Rodrigo da Silva Martins, que colaborou com a ação de distribuição dos cobertores, destaca que a ação promove muito mais que o aconchego e proteção ao frio. “Não significa só proteger do frio, mas devolver a dignidade para essas pessoas vulneráveis, além de promover saúde, evitando doenças respiratórias que o frio pode trazer”.

Campanha Aconchego

A campanha Aconchego objetiva a distribuição de cobertores, beneficiando as pessoas em situação extrema de vulnerabilidade social. No ano passado, em todo o Estado, foram distribuídos mais de 100 mil cobertores para os 141 municípios do Estado.

A edição de 2020 já está sendo organizada para começar o atendimento em todos os 141 municípios, associações comunitárias e entidades filantrópicas, beneficiando famílias carentes.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Incêndio atinge hospital municipal São Benedito e pacientes são retirados às pressas em Cuiabá; veja fotos e vídeos

Publicado

Mais de 60 pessoas internadas, incluindo todas que estavam na UTI, foram levadas para outros três hospitais

Um incêndio atingiu o Hospital Municipal São Benedito, localizado no bairro Santa Helena, em Cuiabá, na noite deste domingo (15). A aproximadamente 65 pacientes precisaram ser transferidos às pressas para outras três unidades de saúde. Outros 15 permaneceram no local. Não houve feridos, segundo a prefeitura, e as chamas já foram controladas.

A prefeitura informou ainda que os 16 pacientes estavam internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), no segundo andar, foram imediatamente transferidos para o HMC (Hospital Municipal de Cuiabá), o antigo Pronto Socorro Municipal e a Santa Casa estadual.

A ocorrência mobilizou o Corpo de Bombeiros, que precisou enviar oito viaturas de combate e apoio, e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), usadas para fazer a transferência de pacientes internados.

Conforme a prefeitura e o Corpo de Bombeiros, o incêndio começou por volta das 19h, possivelmente em um aparelho de ar-condicionado de um dos quartos de enfermaria do segundo andar.

Todos os pacientes que estavam no primeiro, segundo e terceiro andares foram retirados devido à quantidade de fumaça que tomou os três primeiros andares. Pacientes que estão internados no quinto andar foram mantidos no hospital porque a prefeitura entendeu que não havia necessidade de remoção.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo foi extinto rapidamente e que, ao mesmo em que todos eram retirados do prédio, foram abertas janelas de ventilação.

Continue lendo

Geral

Estado investe R$ 17,8 mi na regularização fundiária de 15 mil moradias em VG

Publicado

Neste plano de trabalho, serão beneficiados os moradores de 21 bairros que vão receber o título registrado em cartório e totalmente gratuito

O Governo de Mato Grosso, através do Instituto de Terras (Intermat), vai realizar o maior projeto de regularização fundiária urbana e beneficiar 15 mil famílias no município de Várzea Grande. Nesta ação, já autorizada pelo governador Mauro Mendes, o investimento é de R$ 17,8 milhões, recursos do Estado e Assembleia Legislativa.

“Com a assinatura deste termo, vamos poder trabalhar para realizar todos os esforços neste projeto de regularização urbana, jamais vista antes na história desta cidade. Todas as famílias que moram nos bairros contemplados vão receber o seu título completo, registrado em cartório, vamos entregar essa alegria e satisfação para todos que aguarda, há anos pelo seu documento”, declarou o presidente Intermat, Francisco Serafim.

Neste novo plano de trabalho, serão beneficiados os moradores de 21 bairros: Bonsucesso, Capão Grande, Estrela D’ Alva, Gonçalo Botelho, Mapim, Novo Mato Grosso, Jardim Eldorado, São Simão, Jardim Petrópolis, Jardim Guanabara, Jardim Maringá II, Jardim Maringá III, Jardim das Oliveiras, Jardim Ipanema, Jardim Corsário, Jardim Manaíra, Jardim Adália, Jardim Aroreira, 8 de Março, Portal da Amazônia e Santa Fé.

Conforme o diretor de Regularização Urbana do Intermat, Robinson Pazetto, o trabalho já foi iniciado, e o prazo para finalizar todos os processos “é dentro de tempo de um ano, mas, a partir do mês de setembro de 2022, vamos iniciar as primeiras entregas, queremos terminar tudo antes do prazo e levar os títulos para o morador”.

Outra parceira nesta ação é a Superintendência de Regularização Fundiária de Várzea Grande, que atua na matriz imobiliária, no trabalho de identificação, notificação aos proprietários acerca do processo, cadastro socioeconômico e demais etapas para gerar o título registrado em cartório.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, destacou que a união dos poderes possibilita a realização do trabalho de regularização fundiária com entrega de documentação às famílias.

“Com essa parceria, do município com o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa, a gente consegue realizar este sonho para quase mil famílias de Várzea Grande, que agora têm o seu título definitivo, uma grande valia presente para nossa cidade”.

O Intermat é o órgão do Governo de Mato Grosso responsável pelos trabalhos de regularização de terras que gera títulos urbanos e rurais aos proprietários, garantindo posse definitiva. Somente neste primeiro semestre do ano, o Estado já entregou um total de 1.238 documentos em Várzea Grande.

 

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana