conecte-se conosco


Geral

Campanha Aconchego distribui cobertores para moradores em situação de rua em Cuiabá

Publicado


Iniciativa, liderada pela primeira-dama do Estado, entregou 120 cobertores na noite dessa sexta-feira [F- Jana Pessôa]

Para amenizar o frio que chegou nos últimos dias, a primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, viabilizou a entrega de cobertores para moradores em situação de rua em Cuiabá.  A distribuição das peças foi realizada na noite dessa sexta-feira (8), quando os termômetros marcavam 17 graus, e integra a Campanha Aconchego iniciada no ano passado.

A secretária adjunta de Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Salete Morockski, que acompanhou a entrega, destacou a importância da ação para atender os mais vulneráveis. “Entregamos 120 cobertores para os moradores que vivem nas ruas. De uma forma estamos amenizando as dificuldades que eles enfrentam”, pontuou.

Edgar dos Santos, que vive nas ruas há mais de dez anos, destaca as dificuldades para arrumar um emprego, principalmente porque já passou dos 50 anos. “Estou há mais de um ano desempregado, por isso, qualquer ajuda que recebo é sempre bem-vinda”.

O enfermeiro Rodrigo da Silva Martins, que colaborou com a ação de distribuição dos cobertores, destaca que a ação promove muito mais que o aconchego e proteção ao frio. “Não significa só proteger do frio, mas devolver a dignidade para essas pessoas vulneráveis, além de promover saúde, evitando doenças respiratórias que o frio pode trazer”.

Campanha Aconchego

A campanha Aconchego objetiva a distribuição de cobertores, beneficiando as pessoas em situação extrema de vulnerabilidade social. No ano passado, em todo o Estado, foram distribuídos mais de 100 mil cobertores para os 141 municípios do Estado.

A edição de 2020 já está sendo organizada para começar o atendimento em todos os 141 municípios, associações comunitárias e entidades filantrópicas, beneficiando famílias carentes.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Ministério Público sugere revisão nos editais do concurso público da Segurança Pública

Publicado

Algumas cláusulas dos editais do Concurso Público Unificado para Segurança Pública deverão ser revistas. O encaminhamento é resultado de uma reunião realizada na quarta-feira (19), com representantes do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, da Comissão Unificada do Concurso Público e Governo do Estado.

De acordo com a promotora de Justiça Valnice Silva dos Santos, em razão do recebimento de várias reclamações junto à Ouvidoria do MPMT foi instaurado na 6ª Promotoria Cível da Capital procedimento para acompanhamento da organização e realização do certame.

Ela explica que na reunião realizada com os responsáveis pelo concurso foram discutidas questões relacionadas às medidas que serão adotadas para prevenção à Covid-19, já que as provas ocorrerão em uma única data, as condições incapacitantes previstas nos editais e a instabilidade do sistema da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) no período de pedido de isenção das inscrições.

Também participaram da reunião, o subprocurador-geral de Justiça Jurídico e Institucional, promotor de Justiça Deosdete da Cruz Júnior; o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho Júnior; o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos e o secretário de Estado de Planejamento, Basílio Bezerra Guimarães dos Santos.

 

Continue lendo

Geral

Mato Grosso registra 16 mortes e 4,7 mil novos casos de covid em 24 horas; 23 mil pacientes estão em isolamento

Publicado

Há 156 internações em UTIs públicas e 164 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 77% para UTIs e em 33% para enfermaria

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (21), 593.782 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.179 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 16 mortes e 4.767 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 593.782 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 23.107 estão em isolamento domiciliar e 555.613 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 156 internações em UTIs públicas e 164 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 77,61% para UTIs adulto e em 33% para enfermaria adulta.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (116.768), Várzea Grande (43.516), Rondonópolis (39.422), Sinop (28.125), Tangará da Serra (19.481), Sorriso (18.782), Lucas do Rio Verde (16.835), Primavera do Leste (16.265), Cáceres (13.329) e Alta Floresta (12.046).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Sistemas instáveis

Devido à instabilidade dos sistemas do Ministério da Saúde ocorrida nas últimas semanas, não foi possível atualizar os dados do Ranking da Vacinação em Mato Grosso e o número de casos e óbitos da Covid-19 no País. Os dados serão atualizados e divulgados assim que for restabelecido o acesso da SES aos sistemas do Governo Federal.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana