conecte-se conosco


Cuiabá

Câmara promoveu Seminário sobre calendário eleitoral 2020

Publicado

Câmara Municipal de Cuiabá

A fim de sanar dúvidas quanto as novas normas eleitorais, que passam a valer a partir do pleito deste ano, a Câmara Municipal de Cuiabá, através da Escola Legislativa, realizou na tarde desta quarta-feira (13), o Seminário Eleições 2020: Calendário, Propaganda e Condutas Vedadas”.
O evento foi planejado para qualificar os técnicos da Casa de Leis, assim como os assessores dos vereadores e foi ministrado pelo promotor eleitoral Lucindo Araújo e pelo procurador eleitoral em Mato Grosso Pedro Melo Pouchain Ribeiro. Ambos integram o Centro de Apoio Operacional Eleitoral, ligado ao Ministério Público Federal.
Lucindo Araújo abordou as datas do calendário para o pleito deste ano e também sobre questões referentes à propaganda eleitoral.
De acordo com ele, a propaganda fora do período permitido, assim como as demais condutas vedadas, serão, rigorosamente, fiscalizadas e punidas.
“Esse esclarecimento a cerca do tema é para que os candidatos tenham um panorama, uma introdução das regras que vão pautar as eleições 2020,”, destacou o promotor, que acentuou os principais pontos da propaganda eleitoral.
“Então nós estamos destacando algumas datas mais importantes dentro do calendário eleitoral, para que saiam desse seminário com conhecimento a cerca dessas dúvidas”, explicou o membro do Ministério Publico.
Já para os candidatos, o promotor destacou que deve ser observada, principalmente, a data limite para troca de partido, assim como para realização de convenções, registro de candidatura, o início da propaganda eleitoral, dentre outros. Já servidores públicos e pessoas ligadas a veículos de comunicação, devem observar as datas limites para desincompatibilização, caso desejem ser candidatos.
O Seminário ainda tratou do financiamento público de campanha. “Temos visto, a partir das eleições gerais de 2018, que essa é uma realidade que traz muitos desafios, em termos de fiscalização de recursos públicos das campanhas, além do avanço na figura do pré-candidato médio, e demais fatores”, destacou o procurador chefe, observando ainda a relevância da propaganda na internet, e o cuidado para não incorrer em crimes considerados fake news.
Para o presidente da Casa, vereador Misael Galvão (PTB), é a câmara fazendo o seu papel institucional, ou seja, dotar o cidadão de informações importantes, acerca de um tema tão relevante, como são as eleições, oportunidade em que o eleitor tem a primazia de contribuir para o destino da sua cidade, através do voto.
“Estamos hoje cumprindo o nosso papel, que é o de qualificar, e dotar de informações todos os interessados em participar das eleições. Estão de parabéns os procuradores pela brilhante explanação, e também a organização do evento”, destacou o Presidente Misael Galvão, acentuando o trabalho inovador da Escola Legislativa.

Adão de Oliveira e Kamila Arruda – Câmara Municipal de Cuiabá

Fonte: Câmara de Cuiabá
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Policlínica do Planalto não receberá pacientes na noite desta quinta-feira, 27

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá comunica à população que a Policlínica do bairro Planalto terá os atendimentos interrompidos das 19h desta quinta-feira (27) até as 00h de sexta-feira (28). A paralisação será necessária para execução de reparos na parte elétrica da unidade e culminará no desligamento do quadro geral de energia. Durante a interrupção, a orientação da Secretaria é que a população busque pelos serviços em outras unidades da rede SUS.

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Continue lendo

Cuiabá

Defesa Civil monitora o volume de chuvas em Cuiabá

Publicado

Luiz Alves

A Defesa Civil, ligada à Secretaria Municipal de Ordem Pública, realiza o monitoramento do volume de chuva registrado na Capital. O mais recente levantamento aponta que até a data de hoje (27), o acumulado chegou a 243 milímetros (mm), o que representa um acréscimo de 15% se comparado ao mesmo período do ano passado. A média histórica, para fevereiro nos últimos dez anos, é de 210 milímetros.

Com base nos dados já coletados, estima-se que até o último dia do mês de fevereiro, o acumulado deverá aumentar ainda mais, entre  10 e 15 mm, do total de volume já registrado. Segundo o coordenador operacional da Defesa Civil Municipal, tenente-coronel Paulo Selva, a média esperada para o mês de março é um pouco menor, com a previsão de 170 milímetros, mas o trabalho de monitoramento terá continuidade. “A Defesa Civil está trabalhando ainda, com uma situação de normalidade, embora em alguns pontos da cidade tenhamos áreas mais propensas a alagamentos”.

Considerando o volume já registrado desde o início do ano e como medida preventiva, a Defesa Civil estuda implementar o trabalho já desenvolvido com a efetivação de equipes plantonistas para o período noturno e finais de semana. Caberá aos profissionais, juntamente com as equipes do Corpo de Bombeiros, o desenvolvimento de um trabalho suplementar considerando as situações decorrentes de intempéries, como deslizamentos e desabamentos. O coordenador ainda orienta ainda à população que se mantenha alerta ao menor sinal de incidentes. Pede ainda que o socorro (por meio do canal de emergência 193) seja acionado.

“É essencial que diante de uma situação de iminente perigo as pessoas mantenham a calma, procurem locais seguros e acionem os órgãos competentes para o devido socorro. Evite se locomover pelas enxurradas, não se abrigue ou estacione debaixo de árvores, e também não utilize equipamentos elétricos no caso de eles estarem molhados ou em locais úmidos, por causa das descargas elétricas. Isso são alguns cuidados que protegem à vida diante de uma tempestade,” orienta.

Serviço:

As pessoas que se encontrarem expostas às situações de risco e precisarem de resgate devem acionar, em  primeiro contato, o setor de urgência e emergência do Corpo de Bombeiro pelo número 193. Em casos de possíveis desmoronamentos, rachaduras, entre outros, a população pode acionar a Defesa Civil pelo número (65) 3623-9633.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana