conecte-se conosco


Nacional

Calor e tempo limpo nesta quarta em São Paulo

Publicado

Tempo limpo e sol durante todo o dia marcam a previsão do tempo desta quarta-feira (25), na capital paulista. A temperatura permanecerá quente. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 15ºC e a máxima de 27ºC.

Leia também: Multa de R$16 mil: Itália endurece punição para quem viola quarentena

Não há probabilidade de chuva A umidade do ar em São Paulo oscila entre 30% e 90%.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Pico da Covid-19 deve ocorrer no fim de abril e começo de maio

Publicado


source
Orientação do Ministério da Saúde é manter o isolamento social arrow-options
Noel Hendrickson/GettyImages/CreativeCommons

Orientação do Ministério da Saúde é manter o isolamento social

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, disse durante entrevista coletiva nesta quinta-feira (9) que o pico da Covid-19 deve ocorrer entre o final de abril e o começo de maio. Nos estados onde há mais mortes e casos confirmados, como São Paulo, Rio de Janeiro e Amazonas, Gabbardo alertou que esses locais estão com o “sinal vermelho”. “Devemos dar a máxima atenção à mobilidade social”, disse o secretário.

Apesar da recomendação, Gabbardo lembrou que nem todos os estados precisam adotar as mesmas dinâmicas de medidas restritivas.

O Brasil registrou mais 141 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, fazendo o total subir para 17.857 , segundo balanço divulgado nesta quinta-feira (8) pelo Ministério da Saúde. A alta corresponde a um crescimento de 17,6%.

De acordo com a pasta, os novos casos confirmados de Covid-19 são 1.930, totalizando 17.857. O aumento foi de 12,1%. Já a taxa de letalidade passou de 5% para 5,3%.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, 85% dos casos assintomáticos nunca serão detectados. Ele afirma que o ministério tem feito estudos para analisar com mais precisão as subnotificações de todas as doenças respiratórias e que a subnotificação de internações é muito inferior nesse período do que em outro momento.

Leia também: Por telefone, Onyx e Terra especulam que Mandetta pode ir para gestão Doria

Sobre a testagem de pacientes, Oliveira disse que os Estados não devem fazer testes para Covid-19 em pessoas com síndrome respiratória aguda grave que não estejam internadas.

“Se acabar o teste, não temos como suprir imediatamente”, afirmou. De acordo com o secretário, até ontem o ministério tinha em mãos 892 mil testes específicos para Covid-19, dos quais 500 mil testes rápidos já foram distribuídos.

Uso da cloroquina

Quanto à administração da cloroquina, Gabbardo disse que o uso do medicamento prevê a concordância entre médico e paciente. Caso o paciente não esteja em condições de responder por si devido a condições clínicas, um familiar responsável pode dizer se concorda ou não.

“Se isso vai gerar demanda judicial, porque familiar não concordou e alguém quer impor, vai ser uma decisão que a gente não sabe o que vai prevalecer”, disse o secretário.

Continue lendo

Nacional

Para garantir isolamento, Doria quer aplicar multa e até prisão

Publicado


source
Governador de São Paulo João Doria arrow-options
Agência Brasil

João Doria, governador de São Paulo, deve aderir medidas mais drásticas de combate a Covid-19


O governador João Doria informou em entrevista ao jornal SPTV que vai “endurecer” as medidas de isolamento na cidade de São Paulo. Ele já havia informado ainda hoje, 9, que a taxa de pessoas cumprindo a quarentena diminuiu. Doria ainda falou em voz de prisão e multas para quem desobedecer ordens do Governo do Estado. Dados de celulares da população devem ser usados para ajudar em monitoramento de aglomerações

“Queria evitar isso, porque isso significa que pessoas não poderão apenas receber advertências, mas também multa e voz de prisão. Desejo ter que evitar isso. As pessoas precisam ter consciência”, disse. As medidas passaram a ter maior reforço a partir do feriado de Páscoa.

Leia também: Major Olímio e João Doria trocam farpas

Até o momento, 50% da população aderiu ao distanciamento social; no entanto, este número precisa chegar a 70% para que haja eficácia. “Vamos fazer o teste este final de semana. Se não elevarmos esse nível […] a partir de segunda-feira [13], não apenas o governo do estado, como também a prefeitura de São Paulo, tomarão medidas mais rígidas”, advertiu.

O governador aproveitou a ocasião para lembrar à população que o isolamento é diferente do período de férias. “Não basta se descolar da capital ou região metropolitana para ir ao interior ou litoral para estar a salvo. Pelo contrário, você está aumentando o potencial de risco nessas regiões”, explicou.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana