conecte-se conosco


Economia

Caixa começa neste domingo pagamento de mais uma parcela de R$ 300 do auxílio

Publicado

A Caixa Econômica Federal (CEF) começa a pagar neste domingo (22) mais uma parcela do Auxílio Emergencial. Os primeiros a receber serão 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro.

Entre os beneficiários deste domingo, estão 3,4 milhões que vão receber uma parcela do Auxílio Emergencial extensão, de R$ 300. Outros 200 mil ainda vão receber alguma das parcelas de R$ 600.

A ajuda paga neste domingo será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito neste domingo serão liberados no dia 19 de dezembro (veja nos calendários mais abaixo).

VEJA QUEM RECEBE NESTE DOMINGO:
200 mil trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em janeiro, recebem a próxima parcela de R$ 600:
– aprovados que já receberam 4 parcelas recebem a quinta parcela;
– aprovados que já receberam 3 parcelas recebem a quarta parcela;
– aprovados que já receberam 2 parcelas recebem a terceira parcela;
– aprovados que já receberam 1 parcela recebem a segunda parcela.
3,4 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, janeiro em fevereiro, recebem a próxima parcela de R$ 300:
– trabalhadores que já receberam as 5 parcelas de R$ 600 recebem a primeira de R$ 300
– trabalhadores que já receberam 1 parcela de R$ 300 recebem a segunda parcela de R$ 300
– trabalhadores que já receberam 2 parcelas de R$ 300 recebem a terceira parcela de R$ 300

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Força Aérea Grega adquire 18 unidades do caça Rafale

Publicado


source

Contato Radar

Força Aérea Grega adquire 18 unidades do caça Rafale
Guilherme Dotto

Força Aérea Grega adquire 18 unidades do caça Rafale

Em acordo assinado hoje (25), a Grécia comprou 18 unidades do Dassault ‘Rafale’, aeronave militar francesa. A aquisição inclui 12 unidades que compõem atualmente a frota da Força Aérea da França, e outras seis novas aeronaves.

Dessa forma, a Grécia se tornou o primeiro país europeu a adquirir as aeronaves francesas. No total, os 18 caças foram negociados pelo valor de 2,5 bilhões de euros, o equivalente a 16,7 bilhões de reais.

Ademais, os primeiros seis caças serão provenientes da Força Aérea Francesa, e devem ser entregues em julho de 2021. O restante do pedido será entregue em duas parcelas, seis em 2022 e os demais em 2023.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Você viu?

“A cooperação em defesa entre nossos dois países é histórica e sólida.”, comentou Florence Parly, Ministro das Forças Armadas da França. O contrato “envia uma mensagem clara em várias direções.”, acrescentou Nikos Panagiotopoulos, Ministro das Forças Armadas da Grécia.

A negociação das aeronaves já acontecia desde Setembro/2020, quando o Ministro anunciou a intenção de compra. Essa aquisição foi realizada em um momento de tensão no Mediterrâneo, e aprovada com 276 dos 300 votos disponíveis no parlamento grego.

O post Força Aérea Grega adquire 18 unidades do caça Rafale apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Economia

Guedes vê queda branda na arrecadação de impostos em 2020

Publicado


source

Brasil Econômico

Arrecadação de impostos apresentou queda de 6,91%, a maior desde 2010
Luciano Rocha

Arrecadação de impostos apresentou queda de 6,91%, a maior desde 2010

O ministro da economia, Paulo Guedes , analisou como branda a queda nominal de 3% na arrecadação de impostos em 2020, ante os números registrados em 2019. De acordo com a pasta, o país arrecadou 1,479 trilhão, no entanto, se considerado o número real, o recuo é de 6,91% de arrecadação, a menor desde 2010 .

Guedes ainda ressaltou o trabalho do Ministério da Economia e diminuiu os efeitos causados pela Covid-19 no setor econômico. Para o chefe da pasta, a economia está se recuperando e está se consolidando com a recuperação em V.

“A queda de arrecadação foi branda. Você terminar o ano com pouco mais de 3%, em relação ao impacto inicial de 30%, mostra o vigor da recuperação. Nós fizemos uma recuperação econômica em V”, afirmou.

Você viu?

A declaração foi dada em coletiva realizada na tarde desta segunda-feira (25) para apresentar os dados de arrecadação da Receita Federal em 2020. O levantamento feito pelo Fisco mostra que, em dezembro, o país arrecadou 159 bilhões em impostos, o que representa um crescimento de 3,18 se comparado ao mesmo mês de 2019.

O fechamento anual é maior que o esperado por instituições financeiras, que aguardavam arrecadação de 1,46 trilhão em 2020.

Na apresentação dos dados, a Receita Federal listou a crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus, aumento do desemprego e queda nas vendas de bens para justificar o recuo na arrecadação no ano passado. O Fisco informou que impostos importantes, como o PIS, Cofins e IPI , apresentaram dados negativos nos últimos 12 meses. A receita de IPI caiu 7,01%; e a de PIS/Cofins, 11,92%, no ano passado, descontado a inflação.

O aumento do desemprego reduziu em 7,16% a arrecadação da Previdência Social em 2020, também descontada a inflação.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana