conecte-se conosco


Economia

Brumadinho: atingidos por barragem ocupam sede da Vale para protestar

Publicado


source

Brasil Econômico

Cartaz escrito
Reprodução/Facebook

Moradores de Brumadinho ocupam sede da Vale para reivindicar direitos


Aos gritos de “Vale assassina”, moradores da região do rio Paraopeba, em Brumadinho (MG), ocuparam, nesta quinta-feira (22), sede da Vale. Representante da manifestação diz, durante a leitura da pauta, que eles reivindicam o direito à água potável, prorrogação do auxílio financeiro emergencial pago pela mineradora e a consolidação do Programa Direito à Renda proposto pelo Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB).


Em vídeo ao vivo na página do Mídia Ninja em uma rede social, representantes do movimento falaram em mais de 700 pessoas sem água potável. Em menos de uma semana, já foram 6  protestos, contando com esse último. 

Os moradores dos bairros São Judas, Dom Bosco, Pinheiros e Sol Nascente exigem que os impactos gerados pelo rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão sejam reconhecidos. Eles também reclamaram da poeira, do barulho e do trânsito de veículos pesados devido as obras para captação de água do Rio Paraopeba .  


As manifestações acontecem a véspera das audiências que vão julgar os pedidos de dano moral coletivo e social e de indenização ao Estado. Os manifestantes dizem que lutam pela garantia de direitos e que não aceitarão negociações que não atendam às reivindicações. Anteriormente, a Vale havia proposto reduzir os valores do auxílio.

Ao final do vídeo, um representante da Vale apareceu dizendo que desconheciam a pauta e levou o assunto para ser discutido pela empresa. O representante dos moradores explicou dizendo que agora esperariam pela negociação, mas que não sairiam dali para pressionar a Vale a cumprir com as reivindicações. 

O representante terminou dizendo que o Ministério Público e a Justiça instruíram a polícia militar a não fazer nada contra os manifestantes. “Porque nós estamos aqui fazendo uma luta justa e necessária”.

A audiência

Nesta quinta, começa a primeira audiência para definir o valor da indenização a ser pago pela Vale a Minas Gerais, como compensação aos danos socioeconômicos causados pelo rompimento da barragem em Brumadinho.

O Estado, junto aos órgãos que representam a sociedade na Justiça, vão pedir, inicialmente, R$ 54,6 bilhões. Sendo R$ 28 bilhões a serem pagos por danos morais ao coletivo. Essa soma faz parte de ações civis públicas do Estado, dos Ministérios Públicos do Estado e Federal, das Defensorias Públicas do Estado e Federal, além da Advocacia Geral do Estado (AGE) e da Advocacia Geral da União (AGU).

A meta do governo estadual é alcançar o valor do pedido integral. Segundo o governo, Minas Gerais terá oportunidade de gerar 300 mil empregos e reduzir o índice de desemprego.

Até outubro, mais de 8.000 pessoas já foram indenizadas pela mineradora, sendo 1.645 delas por meio da Justiça trabalhista e outras 6.526 em indenizações cíveis.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

AirSial recebe seu primeiro A320

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Guilherme Dotto

AirSial recebe seu primeiro A320

Na última sexta-feira (27), o primeiro dos três Airbus A320 encomendados pela Air Sial iniciou seu voo de entrega, partindo do Aeroporto Phoenix Goodyear, onde estava armazenado.

Com sua autonomia não capacitada para realizar o voo de traslado sem escalas, até chegar em Karachi, no Paquistão, o bimotor realizou escalas em Portsmouth (PSM), Belfast (BFS) e Cairo (CAI), até chegar em seu destino final.

O Airbus A320-232 de matrícula AP-BOA possui 16 anos de idade, e é o primeiro a ser recebido pela companhia paquistanesa, arrendado junto à mais duas aeronaves no contrato fechado com a AerCap, locadora de aeronaves.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Antes da AirSial, o jato francês havia operado para a Air New Zeland e para a Freedom Air International, onde voou de 2004 a 2020.

A entrega da primeira aeronave da companhia paquistanesa é um grande passo para o início de suas operações, que ainda não possui uma data oficial de lançamento.

As primeiras operações da companhia deverão ocorrer entre as cidades de Karachi, Lahore e Islamabad. A empresa também estuda iniciar operações internacionais num futuro próximo.

O post AirSial recebe seu primeiro A320 apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Economia

LATAM espera sair da recuperação judicial em 2021

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Calebe Murilo

LATAM espera sair da recuperação judicial em 2021

Definitivamente este ano ficará marcado na história da aviação. A pandemia mudou a dinâmica do mercado de maneira abrupta. Companhias aéreas em todo o mundo tiveram que se adaptar à nova realidade para garantir sua sobrevivência à longo prazo.

Com isso, o LATAM Airlines Group, maior grupo de aviação da América Latina, recorreu em maio a um pedido de recuperação judicial, mediante Chapter 11 nos Estados Unidos.

A decisão em questão, foi resultado das grandes dificuldades enfrentadas em meio a pandemia, que afetou fortemente o setor aeronáutico. O processo é semelhante a de Recuperação Judicial no Brasil e envolve a reorganização dos negócios, dívidas e ativos de determinada empresa.

Conforme dito por Roberto Alvo, CEO do Grupo LATAM Airlines, é esperado que a empresa saia de sua reorganização no Chapter 11 durante o segundo semestre de 2021.

Além disso, o executivo ainda ressaltou que a companhia sairá com uma estrutura de custos competitiva, semelhante a de suas principais concorrentes no Chile, as companhias de baixo custo JetSMART e SKY.

Esteja informado: clique aqui  e leia mais notícias de aviação!

De acordo com resultados divulgados em novembro, o Grupo LATAM fechou o terceiro trimestre com mais de US$ 3,3 bilhões para enfrentamento da pandemia. Sendo assim, o valor é a soma de US$ 866 milhões de caixa e também US$ 2,45 milhões em empréstimos para serem usados no Chapter 11.

Ademais, em relação ao resultado financeiro, o prejuízo operacional da LATAM totalizou US$ 564,7 milhões no terceiro trimestre de 2020, enquanto o resultado líquido totalizou um prejuízo de US$ 573,1 milhões.

O post LATAM espera sair da recuperação judicial em 2021 apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana