conecte-se conosco


Saúde

Brasil ultrapassa 480 mil mortos pela Covid-19 nesta quinta

Publicado


source
Brasil já tem mais de 480 mil mortos pela Covid-19
Mortes

Brasil já tem mais de 480 mil mortos pela Covid-19


O Brasil registrou 2.504 mortes pela Covid-19 nesta quinta-feira (10), segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Com a atualização, o Brasil chegou ao número de 482.019 mortes. Já o número de infectados está em 17.210.969, com 88.092 novos casos confirmados nas últimas 24 horas.

O ranking de estados com mais mortes pela Covid-19 é liderado por São Paulo (116.693), Rio de Janeiro (52.371) e Minas Gerais (42.319). As unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (1.672), Acre (1.699) e Amapá (1.745).

Em relação aos casos confirmados, São Paulo também lidera, ultrapassando 3,4 milhões de casos. Minas Gerais, com mais de 1,6 milhão, e Paraná, com mais de 1,1 milhão de casos, aparecem na sequência. O estado com menos casos de Covid-19 é o Acre (83.665), seguido por Roraima (105.517) e Amapá (113.549).

A contagem de casos realizada pelas Secretarias Estaduais de Saúde inclui pessoas sintomáticas ou assintomáticas; ou seja, neste último caso são pessoas que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.

Desde o início de junho do ano passado, o Conass divulga os números da pandemia da Covid-19 por conta de uma confusão com os dados do Ministério da Saúde. As informações dos secretários de saúde servem como base para a tabela oficial do governo, mas são publicadas cerca de uma hora antes.

Fonte: IG SAÚDE

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

EUA confirma envio de vacinas contra a Covid-19 ao Brasil

Publicado


source
EUA confirma envio de vacinas contra a Covid-19 ao Brasil
Reprodução: iG Minas Gerais

EUA confirma envio de vacinas contra a Covid-19 ao Brasil



Jeff Zients, coordenador da força-tarefa da Casa Branca contra a pandemia, confirmou, em coletiva nesta quinta-feira (17), que os Estados Unidos vão enviar doses de vacinas contra a Covid-19 ao Brasil nas próximas semanas. Segundo informações da agência Estadão, ele não especificou quantas das 80 milhões de doses previstas para doação serão destinadas ao país.

Segundo Zients, o governo norte-americano espera que, o segundo semestre de 2021, consiga contribuir mais para o cobate à pandemia do novo coronavírus. Atualmente, os  EUA já se comprometeram a doar 580 milhões de doses dos imunizantes a países de baixa renda.

Zients também não especificou se a gestão de Biden pretende aumentar o número de doses para doações, mas exaltou os esforços dos Estados Unidos para acelerar a vacinação em todo o mundo “à medida que as taxas locais de infecção e mortes por Covid-19 melhoram”.

Rochelle Walensky, diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), informou que a média diária de casos de Covid-19 caiu 15,8% entre os dias 9 e 15 deste mês em relação aos sete dias anteriores no país. Já as mortes recuaram 24,8% no período e, as hospitalizações, 9,8%.

Segundo Zients, quase 2/3 dos norte-americanos adultos já receberam ao menos uma dose das vacinas. A média diária de óbitos por Covid-19 já recuou 90% desde o início do ano, informou o coordenador durante a coletiva, alertando, porém, que algumas comunidades americanas ainda registram baixo nível de imunização.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

Rio coleta sangue de voluntários para vacinação em massa em Paquetá

Publicado


A prefeitura do Rio de Janeiro e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) iniciaram, hoje (17), a coleta de sangue de voluntários que participarão do estudo PaqueTá Vacinada, em que toda a população da Ilha da Paquetá, na capital fluminense, será vacinada com o imunizante da Oxford/AstraZeneca contra a covid-19. A vacinação em massa está marcada para domingo (20), e será acompanhada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pela presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, e pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro explicou que a coleta de amostras de sangue servirá para uma análise comparativa da presença de anticorpos contra a covid-19 antes e depois da vacinação. Ao longo do estudo, os pesquisadores vão acompanhar os moradores para identificar o impacto da vacinação na saúde coletiva, o que inclui quem não pode tomar a vacina, como crianças e adolescentes.

Entre outros pontos que serão observados no estudo, estão eventos adversos da vacina, efetividade na primeira e na segunda dose e proteção contra variantes do SARS-CoV-2.

Localizada na Baía de Guanabara, a Ilha de Paquetá tem 4.180 moradores, dos quais 3.530 são maiores de 18 anos de idade cadastrados na Estratégia Saúde da Família. Até o fim de maio, foram aplicadas 2.923 doses da vacina contra a covid-19 pelo calendário do município para os grupos prioritários, sendo 1.853 primeira dose e 1.070 segunda dose.

Neste domingo, todo restante da população residente elegível será vacinado, o que exclui turistas.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana