conecte-se conosco


Saúde

Brasil tem 16 estados com surto ativo de sarampo

Publicado

O Brasil registrou 3.339 casos confirmados de sarampo em 16 estados, nos últimos 90 dias, segundo balanço divulgado hoje (13)  pelo Ministério da Saúde. Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul passaram a fazer parte da lista de estados com surto ativo. O último boletim aponta que são 24.011 casos suspeitos no país, sendo que 17.713 (73,8%) estão em investigação e 2.957 (12,3%) foram descartados. Neste ano, foram confirmados quatro mortes por Sarampo. Três em crianças com menos de 1 ano de idade e um homem de 42 anos. Nenhum dos quatro haviam sido vacinados.

São Paulo segue como o estado com a maior parte dos casos confirmados, 97, 5% (3.254), seguido do Rio de Janeiro (18), Pernambuco (13), Minas Gerais (13), Santa Catarina (12), Paraná (7), Rio Grande do Sul (7), Maranhão (3), Goiás (3), Distrito Federal (3), Mato Grosso do Sul (1), Espírito Santo (1), Piauí (1), Rio Grande do Norte (1), Bahia (1) e Sergipe (1).

Segundo o ministério, as crianças são as mais suscetíveis às complicações e óbitos por sarampo, uma vez que a incidência de casos em menores de 1 ano é 9 vezes maior em relação à população em geral. A segunda faixa etária mais atingida é de 1 a 4 anos.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, diz que é importante vacinar crianças menores de 5 anos porque apresentam maior risco de desenvolver complicações, como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos.

O Ministério da Saúde enviou neste ano 19,4 milhões de doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola. A tríplice viral está disponível em todos os mais de 36 mil postos de vacinação em todo o Brasil.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo vai ocorrer de 7 a 25 de outubro e o público-alvo são crianças de 6 meses a menores de 5 anos. O dia D – dia de mobilização nacional – vai ser em 19 de outubro. Já a segunda etapa, de 18 a 30 de novembro, o foco é a população de 20 a 29 anos. O dia D ocorrerá em 30 de novembro.

Edição: Fábio Massalli

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Isoladas, 67 cidades brasileiras ainda não tem casos de Covid-19

Publicado


source
Pessoas andando pelas ruas com máscaras
Carlos Bassan / Pref. de Campinas

Uso de máscara é um principal meio para evitar casos da Covid-19

Desde o início da pandemia da Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), 67 cidades brasileiras continuam sem registros de mortes ou casos confirmados da doença mesmo após o  Brasil atingir a marca de 100 mil óbitos3 mihões de contaminações pelo novo coronavírus.

Esse municípios estão espalhados por todas as regiões do País, com exceção do Norte. Entre as características comuns a todas as cidades estão o seu tamanho e o isolamento geográfico que elas têm em relação ao restante do Brasil.

Mas esses não são os únicos fatores as tornaram livres na Covid-19. Em Ribeirão Corrente, no estado de São Paulo, o comércio está funcionando com uma barreira física na entrada e pontos de acesso a álcool gel.

Já em João Dias, no Rio Grande do Norte, o bloqueio à rodovia se deve também ao fato de a cidade não ter rodovias de grande fluxo cortando o município. Mesmo assim, para garantir a segurança sanitária da população, barreiras foram montadas na entrada da cidade, ligada à estrada que faz divisa com o estado vizinho da Paraíba.

No Centro-Oeste, a cidade de Novo Planalto, em Goiás, também é uma das raras cidades sem casos registrados até agora.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

SP ultrapassa 25,1 mil mortes causadas por covid-19

Publicado


.

O número de óbitos, causados pela covid-19, registrados no estado de São Paulo, chegou hoje (9) a 25.114. Desde o último boletim, divulgado ontem, ocorreram 98 mortes em decorrência da doença no estado. O número de casos confirmados, que ontem era de 621.731, hoje subiu para 627.126. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde.

A taxa de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) na Grande São Paulo está em 58,1% e, em todo o estado, 59,8%. O número de pacientes internados é de 12.739, sendo 7.275 em enfermaria e 5.464 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 de hoje.

Dos 645 municípios do estado, já houve registro de infectados em 641. Óbitos, devido ao novo coronavírus, já ocorreram em 491. Desde o início da pandemia, 76.656 mil pessoas diagnosticadas com covid-19 em SP, que precisaram ser internadas, já tiveram alta dos hospitais.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana