conecte-se conosco


Esportes

Brasil só empata em amistoso com Nigéria e aumenta pressão sobre Tite

Publicado

A Seleção empatou com a equipe africana, por 1 a 1 e está há quatro jogos sem vencer

Lance! – O jejum de vitórias da Seleção Brasileira aumentou. Na manhã deste domingo, o Brasil empatou com a Nigéria, por 1 a 1 e agora está há quatro jogos sem vencer, desde o título da Copa América. Aribo abriu o placar, enquanto Casemiro empatou no início do segundo tempo. Após uma primeira etapa passiva e irregular, a equipe de Tite esboça melhora, mas não consegue a virada.

O Brasil começou o primeiro tempo com dificuldades. Neymar deixou o gramado sentindo dores na coxa e deu lugar a Philippe Coutinho. A Nigéria teve as melhores chances e Osimhen obrigou Ederson a fazer bonita defesa. Lenta e passiva, a Seleção tocava a bola, mas, com pouca criatividade, não assustou a equipe africana.

Aos poucos o Brasil foi crescendo na partida. Gabriel Jesus levou perigo de cabeça, enquanto Firmino, após bela tabela, bateu cruzado e assustou. A Seleção acelerou o jogo, com toques rápido, mas ainda demonstrava desinteresse. Atenta, a Nigéria abriu o placar. Aribo aproveitou o desleixo da zaga brasileira, venceu Marquinhos e bateu forte na saída de Ederson.

Leia Também:  Série D: União sai na frente, toma virada do Iporá-GO e decide vaga fora, em desvantagem

No segundo tempo, Tite sacou Everton, um dos melhores da primeira etapa e colocou Richarlison. A Seleção voltou mais ligada e empatou a partida logo no início, com Casemiro, que pegou o rebote da cabeçada de Marquinhos, após cobrança de escanteio. O Brasil seguiu na pressão e quase virou com Gabriel Jesus.

O Brasil encontrou o caminho da ofensividade nas bolas áreas. Casemiro acertou o travessão, de cabeça, em um lance em que o goleiro Ozoho se machucou. A Seleção seguia melhor e com mais vontade. Em boa jogada de Gabriel Jesus, Richarlison quase virou.

A Seleção aumentou o ritmo e a entrada de Richarlison melhorou a equipe. Gabriel Barbosa também recebeu oportunidade, mas não teve muitas chances. Renan Lodi foi um dos melhores no segundo tempo e Philippe Coutinho quase virou, mas a zaga tirou em cima da linha. O jejum de vitórias, agora, é de quatro jogos.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 1 X 1 NIGÉRIA

Estádio: Estádio Nacional de Singapura
Data/hora: 13/10/2019 – 09h (de Brasília)
Árbitro: Jansen Foo (SIN) – Nota LANCE!: 5,5 (teve pequenas falhas, mas não comprometeu)
Assistentes: Abdul Hannan (SIN) e Ong Chai Lee (SIN)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: – Ndidi (42’/2T), Thiago Silva (49’/2T)
Cartão vermelho: –

Leia Também:  Luxemburgo se irrita com pergunta e discute com apresentador da Fox Sports

GOLS: NIG: Aribo (35’/1T), Casemiro (2’/2T)

BRASIL: Ederson; Renan Lodi, Thiago Silva, Marqiunhos e Daniel Alves; Casemiro e Arthur (Fabinho 34’/2T); Everton (Richarlison 2’/2T), Neymar (Philippe Coutinho 12’/1T), Gabriel Jesus (Lucas Paquetá 43’/2T); Roberto Firmino (Gabriel Barbosa 17’/2T). Técnico: Tite

NIGÉRIA: Uzoho (Okoye 18’/2T); Awaziem, Ajayi, Troost-Ekong e Collins; Aribo e Ndidi; Chukwueze (Olayinka 44’/2T), Simon e Iwob (Azeez 38’/2T); Osimhen (Onuacho 29’/2T). Técnico: Gernot Rohr.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Série B: na Arena Pantanal, América-MG quebra sequência de vitórias do Cuiabá, que dorme na 8ª posição

Publicado

O Coelho veio a Cuiabá e levou três pontos. Vai dormir na 3ª posição

O América Mineiro abriu a 35ª rodada com vitória para cima do Cuiabá por 2 a 0 em plena Arena Pantanal, na noite desta segunda-feira. O resultado foi essencial para o clube, que assumiu a provisória terceira colocação, ultrapassando Atlético-GO (quinto) e Coritiba (quarto colocado).

Com o resultado, o América chegou aos 55 pontos, contra 54 de Coritiba e Atlético. O Cuiabá, por outro lado, perdeu oportunidade de se aproximar do G-4 e praticamente deu adeus a possibilidade de acesso. O time do Mato Grosso, que focará na decisão da Copa Verde – contra o Paysandu -, tem 50.

COELHO NA FRENTE! Apesar de atuar em casa, o Cuiabá encarou o América de forma precavida, mas acabou sendo dominado pelo adversário, que teve a primeira grande chance logo aos dois minutos. Zé Ricardo lançou para Juninho. O volante ajeitou para Felipe Azevedo obrigar Victor Souza fazer um milagre na Arena Pantanal.

A superioridade do América foi dar resultado aos 35 minutos. Matheusinho recebeu de Júnior Viçosa e arriscou um chute despretensioso. A bola saiu mascada, mas acabou enganando o goleiro, parando no fundo das redes. O time mineiro ainda tentou o segundo com Felipe Azevedo, porém, Victor Souza segurou.

Leia Também:  Luxemburgo se irrita com pergunta e discute com apresentador da Fox Sports

O Cuiabá acordou no final e respondeu aos 47 minutos. Felipe Marques fez boa jogada pelo lado esquerdo e rolou para Jean Patrick. O volante pegou de primeiro e jogou rente à trave de Airton. O América acabou segurando o triunfo parcial.

NO G-4 No segundo tempo, o time do Mato Grosso voltou com outra postura e assustou logo no minuto inicial. Jefinho aproveitou a falha de Zé Ricardo e, da entrada da área, mandou caprichosamente no travessão. O atacante mirou o ângulo de Airton.

Enquanto o América procurou administrar o resultado, praticamente abdicando de atacar, o Cuiabá subiu a marcação e foi para o abafa, mas encontrou uma defesa muito bem postada. O time do Mato Grosso ainda ficou com dez em campo. Após fazer as três substituições, perdeu Jean Patrick lesionado. O volante cobrou falta, sentiu a coxa e precisou deixar o campo.

Com um homem a mais, o América fez a bola rolar e deu números finais na partida aos 45 minutos. Júnior Viçosa recebeu na entrada da área e deixou Juninho de frente para o gol. O volante só teve o trabalho de empurrar.

Leia Também:  Santos aguarda venda em janela para ter Rodinei, do Flamengo

PRÓXIMOS JOGOS Na próxima rodada, o América enfrenta o Vitória na sexta-feira, às 17h, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). No domingo, às 18h30, o Cuiabá visita o Figueirense no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Continue lendo

Esportes

Cuiabá x América-MG – Hoje, é tudo ou nada na luta pelo acesso

Publicado

O Campeonato Brasileiro da Série B está chegando ao fim e todo jogo a partir de agora é encarado como uma final. Nesta segunda-feira, Cuiabá e América-MG fazem um confronto direto por uma vaga no G4, a partir das 22 horas, na Arena Pantanal. A partida abre a 35ª rodada.

Invicto há sete jogos, o Dourado voltou a sonhar com o acesso depois de emplacar três vitórias seguidas, sobre Bragantino, CRB e São Bento. Na oitava colocação, o time mato-grossense tem 50 pontos e pode ficar a apenas um do G4.

Por outro lado, o América-MG tem a chance de saltar para o quarto lugar nesta segunda-feira. Para isso, precisaria emplacar a segunda vitória seguida depois de ter batido o Londrina, por 1 a 0, fora de casa. O Coelho tem 52 pontos e é o sexto colocado.

OS TIMES
O Cuiabá encerrou a preparação para o jogo com um treinamento realizado na tarde do último domingo e Marcelo Chamusca deu a entender que vai manter a base da última rodada. O zagueiro Anderson Conceição retorna após cumprir suspensão automática.

A principal dúvida do treinador é na lateral direita. Léo pode ser mantido, mas existe a possibilidade de Toty, que entrou bem na última partida no meio-campo, aparecer na posição.

Leia Também:  Luxemburgo se irrita com pergunta e discute com apresentador da Fox Sports

Sem nenhuma baixa por suspensão ou contusão em relação a última partida, o técnico Felipe Conceição deve manter o mesmo time que ganhou do Londrina. O goleiro Jori e o atacante Neto Berola seguem vetados pelo departamento médico.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana