conecte-se conosco


Esportes

Brasil só empata em amistoso com Nigéria e aumenta pressão sobre Tite

Publicado

A Seleção empatou com a equipe africana, por 1 a 1 e está há quatro jogos sem vencer

Lance! – O jejum de vitórias da Seleção Brasileira aumentou. Na manhã deste domingo, o Brasil empatou com a Nigéria, por 1 a 1 e agora está há quatro jogos sem vencer, desde o título da Copa América. Aribo abriu o placar, enquanto Casemiro empatou no início do segundo tempo. Após uma primeira etapa passiva e irregular, a equipe de Tite esboça melhora, mas não consegue a virada.

O Brasil começou o primeiro tempo com dificuldades. Neymar deixou o gramado sentindo dores na coxa e deu lugar a Philippe Coutinho. A Nigéria teve as melhores chances e Osimhen obrigou Ederson a fazer bonita defesa. Lenta e passiva, a Seleção tocava a bola, mas, com pouca criatividade, não assustou a equipe africana.

Aos poucos o Brasil foi crescendo na partida. Gabriel Jesus levou perigo de cabeça, enquanto Firmino, após bela tabela, bateu cruzado e assustou. A Seleção acelerou o jogo, com toques rápido, mas ainda demonstrava desinteresse. Atenta, a Nigéria abriu o placar. Aribo aproveitou o desleixo da zaga brasileira, venceu Marquinhos e bateu forte na saída de Ederson.

No segundo tempo, Tite sacou Everton, um dos melhores da primeira etapa e colocou Richarlison. A Seleção voltou mais ligada e empatou a partida logo no início, com Casemiro, que pegou o rebote da cabeçada de Marquinhos, após cobrança de escanteio. O Brasil seguiu na pressão e quase virou com Gabriel Jesus.

O Brasil encontrou o caminho da ofensividade nas bolas áreas. Casemiro acertou o travessão, de cabeça, em um lance em que o goleiro Ozoho se machucou. A Seleção seguia melhor e com mais vontade. Em boa jogada de Gabriel Jesus, Richarlison quase virou.

A Seleção aumentou o ritmo e a entrada de Richarlison melhorou a equipe. Gabriel Barbosa também recebeu oportunidade, mas não teve muitas chances. Renan Lodi foi um dos melhores no segundo tempo e Philippe Coutinho quase virou, mas a zaga tirou em cima da linha. O jejum de vitórias, agora, é de quatro jogos.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 1 X 1 NIGÉRIA

Estádio: Estádio Nacional de Singapura
Data/hora: 13/10/2019 – 09h (de Brasília)
Árbitro: Jansen Foo (SIN) – Nota LANCE!: 5,5 (teve pequenas falhas, mas não comprometeu)
Assistentes: Abdul Hannan (SIN) e Ong Chai Lee (SIN)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: – Ndidi (42’/2T), Thiago Silva (49’/2T)
Cartão vermelho: –

GOLS: NIG: Aribo (35’/1T), Casemiro (2’/2T)

BRASIL: Ederson; Renan Lodi, Thiago Silva, Marqiunhos e Daniel Alves; Casemiro e Arthur (Fabinho 34’/2T); Everton (Richarlison 2’/2T), Neymar (Philippe Coutinho 12’/1T), Gabriel Jesus (Lucas Paquetá 43’/2T); Roberto Firmino (Gabriel Barbosa 17’/2T). Técnico: Tite

NIGÉRIA: Uzoho (Okoye 18’/2T); Awaziem, Ajayi, Troost-Ekong e Collins; Aribo e Ndidi; Chukwueze (Olayinka 44’/2T), Simon e Iwob (Azeez 38’/2T); Osimhen (Onuacho 29’/2T). Técnico: Gernot Rohr.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

LeBron James protesta contra morte de homem negro por policiais

Publicado


.

O jogador norte-americano de basquete LeBron James está entre vários atletas de destaque que foram às redes sociais para falar sobre a morte de um homem negro, que estava desarmado, e que foi visto em um vídeo deitado de bruços na rua enquanto um policial branco fica de joelhos sobre seu pescoço por vários minutos.

Quatro policiais de Mineápolis foram demitidos na última terça por causa do incidente de segunda-feira, no qual George Floyd, algemado, podia ser ouvido repetidamente gemendo e ofegante enquanto implora: “Por favor, não consigo respirar, por favor cara”.

LeBron, escolhido em quatro oportunidades como melhor jogador da NBA (liga profissional de basquete dos Estados Unidos), foi ao Instagram na noite da última terça para publicar um post no qual se referiu a Colin Kaepernick, ex-quarterback da NFL (liga de futebol americano dos Estados Unidos), que ficou ajoelhado durante a execução do hino nacional dos EUA para protestar contra a injustiça racial.

O post incluiu uma foto do policial com o joelho no pescoço de Floyd, ao lado de uma foto de Kaepernick ajoelhado durante o hino nacional com a legenda “Isso… …é o porquê”.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Do you understand NOW!!??!!?? Or is it still blurred to you?? ??‍♂️ #StayWoke?

Uma publicação compartilhada por LeBron James (@kingjames) em 26 de Mai, 2020 às 4:38 PDT

LeBron James, que joga no Los Angeles Lakers, também escreveu no post: “Vocês entendem AGORA !! ?? !! ?? Ou ainda está confuso para vocês?”.

Outros atletas manifestaram indignação com o incidente, que provavelmente adicionará combustível ao movimento Black Lives Matter (vidas negras importam, em tradução livre), desencadeado por uma série de assassinatos de homens negros desarmados cometidos pela polícia norte-americana.

Continue lendo

Esportes

Goiânia deve liberar treinos de futebol em junho

Publicado


.

Os treinos de futebol podem recomeçar a partir da próxima segunda (1) na capital goiana. A Prefeitura de Goiânia vai apresentar na próxima quinta (28) um plano para retomada controlada das atividades econômicas não essenciais, e o esporte estará incluído. A decisão ocorreu nesta quarta (27) e foi anunciada pelo prefeito Iris Rezende, que pediu à população que continue utilizando máscara e evitando aglomerações.

A expectativa é pelo detalhamento desta reabertura, possivelmente com a cobrança de testes e exames para todos os jogadores. Segundo o poder municipal, os critérios foram definidos para retomar a vida normal de forma segura e gradual. Inicialmente contra a liberação do futebol, a secretária municipal de saúde, Fátima Mrué, explicou que a situação epidemiológica da cidade hoje é próxima ao pico de contaminação e a preocupação é com a capacidade assistencial, em especial com os leitos de UTI: “Nesse momento temos uma situação em que a taxa de ocupação é de 80%, ou seja, uma taxa que nos preocupa, então não podemos abrir mais nenhum segmento que coloque a população em risco”.

O Atlético Goianiense chegou a voltar aos treinos esta semana, mas voltou atrás após uma conversa com o governador Ronaldo Caiado, que publicou em seu perfil no Twitter uma mensagem lembrando que números são vidas. Segundo o último boletim, divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta, o estado tem 108 mortes registradas e 2843 casos confirmados de covid-19.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana