conecte-se conosco


Internacional

Brasil assume a presidência pró-tempore do Mercosul

Publicado

Com a presença do presidente Jair Bolsonaro, o Brasil assumirá a presidência pró-tempore (rotativa) do Mercosul no próximo dia 17 , em Santa Fé, Argentina, durante reunião dos chefes de Estado do bloco.

A participação de Bolsonaro na 54ª Reunião do Conselho do Mercosul e países associado será precedida por uma série de reuniões entre funcionários de governos e diplomatas, que discutirão medidas para simplificar e desburocratizar as relações comerciais e institucionais entre as nações que compõem o próprio bloco e outros países.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, durante entrevista coletiva para apresentar detalhes do acordo Mercosul-União Europeia.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo – Marcelo Camargo/Agência Brasil

Celebração

Em clima de celebração pelo fechamento do acordo do Mercosul com a União Europeia (UE), a delegação brasileira será chefiada pelo chanceler Ernesto Araújo, que participa, no dia 16, dos encontros preparatórios da cúpula.

Em Santa Fé, haverá também reuniões preparatórias nos dias 14 e 15 de julho, com reunião da comissão de comércio do Mercosul e uma discussão sobre o funcionamento de um mercado comum.

Na presidência do Mercosul, a delegação brasileira pretende aprofundar as providências adotadas pela Argentina, país que é o atual líder pró-tempore do bloco e que, nessa condição, presidiu com êxito as negociações com a União Europeia.

Simplificação

Atualmente, no âmbito do Mercosul, existem mais de 200 órgãos, conselhos e comissões, fator que pressiona os orçamentos do Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai, países que compõem o bloco.

Sob a presidência pró-tempore do Brasil, os membros do Mercosul vão checar o funcionamento e o objetivo de cada órgão ou conselho, que serão extintos, se houver comprovação de que não têm utilidade prática.

Tarifa Externa Comum

Segundo integrantes da delegação brasileira, o Brasil vai trabalhar para reduzir as Tarifas Externas Comuns (TECs), que são aplicadas na comercialização de produtos entre os membros do bloco. As TECs foram criadas no início do Mercosul para proteger a indústria de cada país e, dessa forma, evitar o monopólio da produção. Com o tempo, porém, as TECs contribuíram para que o Mercosul se transformasse em um bloco de países fechados e avessos ao comércio mundial.

Leia Também:  Qualidade do ar em Singapura é a pior em três anos

O fechamento do acordo com a UE vai proporcionar, segundo a delegação brasileira, que essas tarifas sejam reduzidas para que o comércio na região se iguale às condições do bloco europeu.

Edição: Augusto Queiroz

Fonte: EBC Internacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

PIB da China tem o menor crescimento em 29 anos

Publicado

A taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da China caiu para o seu mais baixo nível em 29 anos depois de uma disputa comercial de dois anos de duração com os Estados Unidos.

O Escritório Nacional de Estatísticas da China disse hoje (17) que a economia expandiu 6,1% em 2019. Este é o mais baixo nível registrado pela segunda maior economia do mundo desde 1990.

Edição:
Tags: PIB China

Fonte: EBC Internacional
Leia Também:  Papa Francisco diz que igreja está atrasada e pede reformas
Continue lendo

Internacional

Variante do coronavírus provoca segunda morte na China

Publicado

Um vírus que teve origem na cidade de Wuhan, na China, fez esta semana a segunda vítima fatal, anunciaram autoridades de saúde local. Cinco pessoas continuam em estado grave.

O homem de 69 anos foi internado no hospital da região, com as funções renais afetadas e danos graves em vários órgãos, informou a Comissão Municipal de Saúde de Wuhan.

FILE PHOTO: People walk past newly built residential flats in Shenzhen, Guangdong Province, China October 26, 2019. REUTERS/Tyrone Siu/File Photo

Casos de coronavírus preocupam população da China e de outros países    Tyrone Siu/Reuters/direitos reservados

A saúde do paciente, que adoeceu em 31 de dezembro, deteriorou-se nos últimos cinco dias, com miocardite grave [inflamação do músculo cardíaco], função renal anormal e múltiplos órgãos severamente afetados.

Existem pelo menos 41 pessoas afetadas com este novo tipo de pneumonia viral. A primeira morte confirmada foi a de um homem, de 61 anos, que morreu de pneumonia, após as análises terem sido positivas para o vírus.

A Organização Mundial de Saúde alertou para a possibilidade de o surto chegar a outros países. O alerta foi dado depois de terem sido conhecidos casos do coronavírus na Tailândia e no Japão.

O Japão confirmou ontem (16) que um homem de 30 anos foi afetado pelo vírus. Ele havia visitado a cidade de Wuhan no início do ano.

Nesta sexta-feira (17), a Tailândia confirmou um segundo caso ligado ao vírus. É uma mulher, de 74 anos, originária de Wuhan, que estava de quarentena desde que chegou ao país, na segunda-feira, declarou a secretária do Ministério da Saúde Pública, Sukhum Karnchanapimai.

Embora este seja o segundo caso confirmado na Tailândia, Karnchanapimai pediu também aos tailandeses que mantivessem a calma, afirmando que não existe um surto no país.

As autoridades tailandesas garantem que os dois doentes se encontram estáveis e apenas necessitam de mais alguns cuidados antes de receberem alta hospitalar.

Cinco estão em estado grave

A Comissão de Saúde de Wuhan declarou que, dos afetados pelo vírus, 12 pessoas já se encontram recuperadas e receberam alta hospitalar, mas outras cinco estão em estado grave.

A mesma comissão afirmou também que não foi registrado nenhum caso de transmissão de pessoa para pessoa, afirmando que essa possibilidade não pode ser excluída.

Os casos de pneumonia viral alimentaram receios sobre uma potencial epidemia, depois de uma investigação ter identificado a doença como um novo tipo de coronavírus: uma espécie de vírus que causa infecções respiratórias em seres humanos e animais. A transmissão é através da tosse, espirros ou contacto físico.

Segundo as autoridades chinesas, vários infectados são vendedores num mercado de mariscos situado nos arredores de Wuhan, que foi fechado.

O surgimento deste novo vírus fez voltar o medo do reaparecimento do vírus que matou 650 pessoas, entre 2002 e 2003.

Edição:

Fonte: EBC Internacional
Leia Também:  Senado do Alabama aprova lei antiaborto mais severa dos EUA
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana