conecte-se conosco


Política MT

Botelho entrega máquinas e equipamentos para alavancar agricultura familiar e manutenção de estradas

Publicado


Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

Para o fortalecimento da agricultura familiar e melhorar as estradas para os inúmeros assentamentos, mais seis municípios receberam máquinas e equipamentos, por meio de indicações do deputado Eduardo Botelho (União Brasil), presidente da Assembleia Legislativa. O evento foi realizado, nesta sexta-feira (25), no pátio da Arena Pantanal, em Cuiabá, e contou com as presenças de prefeitos, vereadores e do governador Mauro Mendes.

No total, o governo investiu aproximadamente R$ 108 milhões, contemplando 33 prefeituras, com 38 máquinas e duas associações. São 25 motoniveladoras, 7 pás-carregadeiras e seis escavadeiras, que serão usadas na manutenção de estradas não pavimentadas. Para Agricultura Familiar, 122 municípios foram beneficiados, com máquinas, equipamentos e insumos, como calcário, resfriadores de leite e kit de patrulha mecanizada (trator, grade aradora e carreta basculante).

Alto Paraguai, Cáceres, Denise, Nortelândia, Rosário Oeste e Nossa Senhora do Livramento são os municípios agraciados pelo deputado. No semestre passado, Botelho também contemplou nove municípios com a entrega de máquinas como motoniveladora e pá carregadeira.

Em seu discurso, Botelho destacou a atuação da Assembleia Legislativa, que promoveu diversas ações para que Mato Grosso voltasse a trilhar o caminho do desenvolvimento. Lembrou que em 2019, enquanto presidente da ALMT, convocou os deputados para analisar e aprovar o pacote de medidas fiscais, que hoje, dão condições de o estado investir em todos os setores. 

“Essas entregas de máquinas só estão sendo possíveis graças ao trabalho de recuperação fiscal que a Assembleia Legislativa fez para que o estado recuperasse a sua condição de fazer investimentos. É um trabalho de todos os deputados e dos poderes. Representa avanços à agricultura familiar, para os municípios. O governo tem feito várias entregas, têm convênios sendo realizados, têm lançamento de obras. Enfim, tudo isso só foi possível graças ao trabalho da Assembleia Legislativa de Mato Grosso”, afirmou Botelho.

Miguel Francisco dos Santos, presidente da Associação dos Trabalhadores da Sadia III e do Sindicato dos Trabalhadores de Várzea Grande reconheceu a ação que beneficia milhares de trabalhadores rurais. “É uma ação muito importante que vai ficar na história mato-grossense, é o que a nossa categoria precisa, pois não adianta trabalhar muito e não ter respaldo do governo. Já recebemos muitas coisas, como calcário, muda de banana, caixas de abelha e muito mais. Agora, pedimos para melhorar a assistência técnica e aprovar o fundo de aval para nos ajudar com um dinheirinho para melhorar essa produção. O trabalho do governo em conjunto com a Assembleia Legislativa é muito importante para ganhar força e ajudar a resolver os problemas dos pequenos trabalhadores”, disse Santos. 

Ação que vai ajudar muito Denise. “Temos 80% de estradas de terra, nossas vicinais. Então, hoje estamos sendo contemplados com essa linda máquina que é um sonho para Denise. Vamos utilizar nas estradas, fazer tanque de peixes, represas, ajudara muito o pequeno produtor”, disse o prefeito de Denise, Aldecir de Sousa Oliveira (PDT).

De acordo com Mendes, quando o governo começa a investir, a melhorar estrada, levar progresso, as pessoas também se animam. “Gera um ciclo positivo de crescimento e desenvolvimento. Gera mais emprego, aumenta o comércio local, o comércio paga mais impostos, e os impostos são novamente investidos. Isso cria um ciclo virtuoso de crescimento. Esse é o papel mais importante do governo. Fazer, estrategicamente, os investimentos para retroalimentar, promover o desenvolvimento”, disse o governador.

Fonte: ALMT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política MT

Mauro destaca investimentos em Hospital Regional e andamento das obras de outras seis unidades em MT

Publicado

Governador também falou dos investimentos em casas populares e asfalto

O governador Mauro Mendes afirmou que já foram investidos mais de R$ 20 milhões na reforma e ampliação do Hospital Regional de Sorriso, cuja primeira etapa já foi entregue no ano passado. Em entrevista à Rádio Sorriso FM, na manhã desta terça-feira (9), o gestor destacou que essa ação tem melhorado a prestação de serviços de Saúde não só para a população de Sorriso, mas de toda a região Médio-Norte, que tem o hospital como referência.

“Lembro que fui candidato em 2018 e me pediram para terminar a obra da cozinha que estava há 10 anos parada. Olha que absurdo, nem uma simples reforma não haviam feito. E nós estamos fazendo toda a reforma e ampliação, com a primeira etapa já concluída. Já investimos mais de R$ 20 milhões até agora”, relatou.

Mauro Mendes explicou que a primeira fase da obra foi entregue em 2021, com equipamentos novos, ala ampliada, reforma da cozinha, do telhado, da recepção e com 39 novos leitos. Neste momento, está sendo reformado o laboratório, a sala de tomografia e o bloco de enfermarias.

“Agora as obras continuam nas outras partes do prédio, e sem prejudicar o atendimento. Estamos deixando o hospital numa qualidade muito melhor do que ele tinha. Isso vai melhorar a qualidade da saúde, que é o que importa”, pontuou.

De acordo com o governador, só nas principais obras para Sorriso, o Governo de Mato Grosso já investiu mais de R$ 200 milhões desde o início do mandato. “Destinamos R$ 15 milhões para construir 1000 casas populares em Sorriso. O convênio está pronto para ser assinado e o dinheiro está reservado para ser depositado na conta da prefeitura. A Prefeitura entra com o terreno, o Governo destina dinheiro e o restante vai ser financiado pela Caixa Econômica. Também estamos com o asfaltamento da MT-010, o asfaltamento da MT-140 de Trivelato até Boa Esperança, o asfalto da MT-490, e convênios para asfalto novo e manutenção nos bairros”, finalizou.

Saúde funcionando

Além de Sorriso, o Governo está fazendo reforma e ampliação nos regionais de Colíder, Rondonópolis, Sinop e Cáceres. Em Cuiabá, as reformas abrangem o Hospital Adauto Botelho, a nova sede do Laboratório Central (Lacen), o Hemocentro e o Centro de Referência de Média e Alta Complexidade.

Mato Grosso é o único estado com seis grandes hospitais em andamento: os regionais em Juína, Alta Floresta, Tangará da Serra e Confresa; e os hospitais Central e Julio Muller na baixada cuiabana.

Já foram entregues as reformas e ampliações do Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, e em Cuiabá, do Hospital Estadual Santa Casa, do Lar Doce Lar, do CIAPS Adauto Botelho, da Rede de Frio e do Centro de Odontologia para Pacientes Especiais.

Continue lendo

Política MT

CCJR analisa 46 matérias em reunião ordinária

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa apreciou 46 matérias durante reunião ordinária realizada na tarde desta terça-feira (9). No encontro, os parlamentares aprovaram parecer pela derrubada do veto total ao Projeto de Lei nº 1186/2021, que estabelece a obrigatoriedade de contratação de cantores, instrumentistas, bandas ou conjuntos musicais locais em shows e eventos financiados com dinheiro público.

Também receberam parecer pela derrubada o Veto Total nº 89/2022, aposto a projeto aprovado pela Assembleia, que estipula prazo para análise da prestação de contas e para o repasse de recursos financeiros à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAES, Pestalozzi e afins – e o Veto Total nº 95/2022, aposto a proposta sobre tratamento, em aterros sanitários, dos líquidos produzidos pelo lixo. O prazo para adaptação à regra seria de dois anos.

Uma das propostas aprovadas pela CCJR altera trechos da Lei nº 10.941/2019, que dispõe sobre a gratuidade de inscrição às pessoas com deficiência em competições de corrida de rua realizadas no estado. O PL nº 764/2021 pretende ampliar o direito à isenção a todas as competições esportivas, aumentar a reserva de ingressos para esse fim de 5% para 10% e também acrescentar como critério para fazer jus à gratuidade que o competidor tenha renda mensal de até três salários mínimos.

Também recebeu parecer favorável o PL nº 348/2021, que acrescenta dispositivos à lei que define critérios para nomeação e exercício dos cargos de secretários de estado. A proposta visa impedir que pessoas condenadas com base nas leis Maria da Penha e do Feminicídio exerçam o cargo de secretário estadual em Mato Grosso.

Das 46 matérias votadas, foram analisados 20 vetos e 12 receberam parecer pela derrubada. Já entre os projetos de lei, oito receberam parecer favorável e 18, parecer contrário. 

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana