conecte-se conosco


Esportes

Botafogo – SP não supera CSA e perde de 3 a 1

Publicado


O Botafogo perdeu do CSA por 3 a 1, na terça-feira (19), no Estádio Santa Cruz, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol botafoguense foi marcado pelo zagueiro Walisson Maia, aos 31 minutos do segundo tempo. Já o time alagoano marcou com Nadson, aos 38 minutos da etapa inicial. No segundo tempo, Rodrigo Pimpão, aos 26, e Pedro Júnior, aos 42, fizeram o segundo e o terceiro, respectivamente.

Com o resultado, o Pantera continua na 19ª colocação com 34 pontos, cinco a menos do que o Náutico, primeiro clube fora da zona de rebaixamento e que possui um jogo a menos. O time pernambucano enfrenta o Oeste nesta quarta-feira em casa.

Agora, o Tricolor pega o Vitória na próxima terça-feira (26), às 21h30, no Barradão, em Salvador, pela penúltima rodada do campeonato.

O JOGO

O Botafogo entrou em campo com quatro novidades em relação ao empate diante do América-MG. No sistema defensivo, Martineli substituiu Romão, suspenso. No meio de campo, Matheus Anjos entrou no lugar de Ronald, que também cumpriu suspensão. Assim, Bady foi mantido e atuou ao lado do camisa 10. No ataque, Michel Douglas retornou na vaga de Judivan.

No início da partida, o Tricolor teve dificuldades. Assim, o CSA dominou os 15 minutos iniciais. Mesmo assim, o goleiro Igor Bohn não foi exigido.

Depois dos 15 minutos, o Pantera melhorou e chegou com perigo. No primeiro lance, Jeferson inverteu para Martineli, que segurou a bola e devolveu para o camisa 39. O lateral/ponta, porém, não conseguiu dominar. Três minutos depois, Jeferson teve um gol anulado por impedimento.

Aos 26 minutos, após boa troca de passes no sistema ofensivo, Matheus Anjos colocou no ângulo, mas o goleiro Matheus Mendes saltou para evitar o gol.

Quando o Botafogo estava melhor em campo, o adversário abriu o placar. Aos 39 minutos, Nadson completou de cabeça uma bola enfiada e colocou no canto: 1 a 0.

Ainda na etapa inicial, o Pantera quase empatou. Val recebeu na intermediária e finalizou forte para outra boa defesa de Matheus Mendes.

No segundo tempo, o Tricolor começou procurando o ataque, enquanto o CSA se defendia atrás da linha do meio de campo e apostava nos contragolpes. Desta forma, o time alagoano ampliou. Aos 27, após cruzamento da esquerda, a bola sobrou para Pimpão, que só tirou de Igor Bohn e fez: 2 a 0.

O Botafogo não desistiu e conseguiu diminuir. Quatro minutos depois, Matheus Anjos cobrou escanteio e Maia subiu para cabecear e fazer: 2 a 1.

Pouco tempo depois, o Tricolor quase empatou. Após uma boa troca de passes, Ortega recebeu na grande área e mandou para fora.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Com R$ 200 milhões de prêmios no acumulado, Palmeiras vence Grêmio e leva a Copa do Brasil

Publicado

AFI

AFI

O Palmeiras é o novo campeão da Copa do Brasil. O Verdão venceu o Grêmio por 2 a 0 na noite deste domingo, no Allianz Parque, pelo jogo de volta da competição nacional. Na ida, os paulistas já derrotaram os gaúchos por 1 a 0. O gols foram marcados por Wesley e Gabriel Menino. E em duas falhas do goleiro Paulo Victor.

Com mais um troféu, o Palmeiras de Abel Ferreira alcança a tríplice coroa. Antes da Copa do Brasil, o Verdão conquistou o Campeonato Paulista e a Libertadores da América.

A tríplice coroa não ocorria desde 1993, quando o Palmeiras saiu de uma fila de 17 anos e faturou Paulistão, Torneio Rio-São Paulo e o Campeonato Brasileiro.

Campeão, o Verdão voltará a campo para enfrentar o São Caetano na quinta-feira, novamente no Allianz, em duelo adiado da primeira rodada do Campeonato Paulista. O Grêmio visitará o Esportivo no domingo, pela quarta rodada do Gauchão.

O JOGO

O Grêmio começou muito bem a final e acuou o Palmeiras nos primeiros minutos. Aos 2, Vanderson cruzou e Pepê ficou a poucos centímetros de finalizar na pequena área. No minuto 5, Alisson bateu com perigo de fora da área.

O Palmeiras teve um contra-ataque com Rony antes de corte providencial de Paulo Miranda no sétimo minuto, mas o Tricolor já respondeu com Diego Souza na sequência.

O Verdão aos poucos se equilibrou e chegou a balançar as redes com Raphael Veiga aos 18 minutos, mas Rony estava impedido antes da assistência. A origem da jogada teve bom lançamento de Felipe Melo.

Depois do ímpeto inicial do Grêmio, o Palmeiras pouco sofreu até o intervalo e ainda criou chances com Zé Rafael e Wesley.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Palmeiras seguiu com controle da partida. E colocou a mão na taça logo aos sete minutos. Raphael Veiga puxou contra-ataque e rolou para Wesley bater no canto de Paulo Victor e balançar as redes. 1 a 0 para o Verdão em falha de Paulo Victor.

Com a vantagem dobrada, o Palmeiras seguiu tranquilo em campo, enquanto o Grêmio esbarrou na falta de organização e de criatividade. O goleiro Weverton mal trabalhou na etapa final.

Ainda deu tempo para Gabriel Menino fazer o segundo gol, em novo contra-ataque e em novo erro de Paulo Victor aos 39 minutos. Palmeiras campeão da Copa do Brasil merecidamente. E a tríplice coroa para o Verdão.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 GRÊMIO

Data: 7 de março de 2021 (domingo)
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Bruno Raphael Pires
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira
Cartões amarelos: PALMEIRAS: Zé Rafael e Mayke. GRÊMIO: Paulo Miranda e Kannemann

GOL:
Palmeiras: Wesley e Gabriel Menino, aos 7 e 39 minutos do 2T.

PALMEIRAS: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Empereur e Viña; Felipe Melo, Zé Rafael (Patrick de Paula) e Raphael Veiga (Mayke); Rony, Wesley (Gabriel Menino) e Luiz Adriano (Willian)
Técnico: Abel Ferreira

GRÊMIO: Paulo Victor, Vanderson (Victor Ferraz), Paulo Miranda, Kannemann (Churín) e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Maicon e Thaciano (Jean Pyerre); Alisson (Guilherme Azevedo), Pepê (Ferreira) e Diego Souza
Técnico: Renato Gaúcho

Continue lendo

Esportes

Mato-grossense: Ação vence Dom Bosco e se reabilita

Publicado

Pela segunda rodada do Campeonato Mato-grossense, na Arena Pantanal, o Ação se recuperou do tropeço na última rodada e venceu o Dom Bosco por 3 a 2.

O Tuiuiú abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo com Pedro Paulo (2) e Paulinho Mingau. O Azulão ainda reagiu com gols de Jeanzão e Anderson.

Na classificação, o Ação soma os três primeiros pontos, enquanto o Dom Bosco ainda não pontuou na competição.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana