conecte-se conosco


Política Nacional

Bolsonaro provoca Leonardo DiCaprio nas redes sociais

Publicado

source
Jair Bolsonaro
Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil – 25.03.2022

Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro rebateu o ator Leonardo DiCaprio, nesta sexta-feira, pelo Twitter, e afirmou que é “muito importante ter todos os eleitores brasileiros votando” nas próximas eleições. Bolsonaro agradeceu “o apoio” do ator e aproveitou a oportunidade para criticar também o Supremo Tribunal Federal (STF). Mais cedo, DiCaprio pediu para que todos os jovens brasileiros tirassem o título de eleitor afirmando que a “votação entre jovens é chave em motivar mudanças por um planeta saudável”.

— Obrigado pelo apoio, Léo! É muito importante ter todos os brasileiros votando nas próximas eleições. Nosso povo decidirá se quer manter nossa soberania na Amazônia ou ser governado por bandidos que servem a interesses especiais estrangeiros. Bom trabalho no “O Regresso” — escreveu o presidente em referência ao filme que deu a primeira estatueta do Oscar ao ator. À época, DiCaprio virou meme nas redes sociais por ter sido indicado ao prêmio diversas vezes sem vencer nenhuma delas.

Bolsonaro aproveitou para resgatar uma postagem antiga do ator onde alertava sobre as queimadas na Amazônia. DiCaprio já teve embates com o governo federal por conta da política ambiental e costuma comentar com frequência sobre a importância da preservação da Amazônia.

O presidente disse que a foto compartilhada pelo ator na época era, na verdade, de 2003 e aproveitou para criticar o Supremo Tribunal Federal (STF) afirmando que “tem gente querendo prender brasileiros que cometem esse tipo de erro aqui em nosso país”.

— Aliás, a foto que você postou para falar sobre as queimadas na Amazônia em 2019 é de 2003. Tem gente querendo prender brasileiros que cometem esse tipo de erro aqui em nosso país. Mas sou contra essa ideia tirânica. Então eu te perdoo. Abraços do Brasil!

Leia Também

A foto usada pelo ator foi feita pelo fotojornalista da National Geographic Loren McIntyre, que morreu em 2003, nos EUA, e já foi usada por líderes como Emmanuel Macron, presidente da França, para também criticar as políticas ambientais do governo brasileiro.

Bolsonaro fazia referência ao inquérito das fake news, comandado pelo ministro da Corte Alexandre de Moraes. Há nos bastidores uma discussão sobre a possibilidade de encerramento do inquérito para amenizar a crise do STF com o Palácio do Planalto. Moraes, no entanto, disse nesta sexta-feira que não pretende arquivar o inquérito e que está chegando aos financiadores das notícias falsas.

Recentemente, Bolsonaro foi bloqueado nas redes sociais pela cantora brasileira Anitta. Depois de usar um figurino com tons verde, amarelo e azul em show no festival Coachella, nos Estados Unidos, ela disse nas redes sociais que as cores “pertencem aos brasileiros” e “ninguém pode se apropriar do significado” delas. O perfil do presidente republicou o texto com emojis da bandeira brasileira e os dizeres “concordo com a Anitta”. Em seguida, a artista respondeu o presidente e o bloqueou da rede social.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Fonte: link

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política Nacional

Relator pretende ler hoje parecer sobre PEC do Estado de Emergência

Publicado

Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Discussão e votação de propostas. Dep. Danilo Forte UNIÃO - CE
Forte é relator da PEC

O deputado Danilo Forte (União-CE), relator da PEC 15/22 (e PEC 1/22, apensada), disse que vai se reunir agora com o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, para concluir o relatório da proposta. Ele afirmou que pretende ler o relatório na comissão especial ainda hoje, após a sessão do Congresso, por volta de 19 horas.

Hoje é o último dia para os deputados apresentarem emendas às propostas originais e, segundo Fortes, mais de 15 segmentos já foram ouvidos. Por acordo acertado com o presidente da Câmara, Arthur Lira, Fortes será o relator na comissão especial. Já o deputado Christino Aureo (PP-RJ) será relator no Plenário.

Reportagem – José Carlos Oliveira
Edição – Ana Chalub

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Continue lendo

Política Nacional

Conselho de Ética arquiva representação contra a deputada Jandira Feghali

Publicado

Elaine Menke/Câmara do Deputados
Audiência Pública - Impactos da mineração na Serra do Curral/MG. Dep. Júlio Delgado PV-MG
Júlio Delgado: “Deputados são invioláveis por suas opiniões, palavras e votos”

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (5), o arquivamento de representação do PTB contra a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). O parecer preliminar pelo arquivamento foi apresentado pelo deputado Júlio Delgado (PV-MG).

Na representação (13/22), o PTB alega que Feghali teria abusado de suas prerrogativas constitucionais em postagem nas redes sociais em que dizia “Olha pro céu, meu amor, vê como ele Stalindo”. Segundo o partido, a deputada fez apologia ao ditador Josef Stalin, responsável pela morte de milhões de pessoas, em afronta a comportamento compatível com o decoro parlamentar

De acordo com Júlio Delgado, não havia justa causa para o prosseguimento da representação, uma vez que, segundo a Constituição Federal, deputados “são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos”. 

Glauber Braga
Ainda nesta terça, o presidente do Conselho de Ética, deputado Paulo Azi (União-BA), designou o deputado Marcelo Nilo (Republicanos-BA) para relator de representação (24/22) do PL contra o deputado Glauber Braga (Psol-RJ). O partido considerou o comportamento do deputado, durante sessão de votações no dia 31 de maio, “desrespeitoso e agressivo” contra o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Havia a previsão de análise de outros pareceres preliminares, porém a reunião foi encerrada em virtude do início da Ordem do Dia da sessão do Congresso Nacional. Nova reunião foi marcada para esta quarta-feira (6), às 11h.

Reportagem – Paula Bittar
Edição – Roberto Seabra

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana