conecte-se conosco


Nacional

Bolsonaro não admite corrupção na Saúde, mas fala em “responsabilizar culpados”

Publicado

 

Presidente Jair Bolsonaro
Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro

Em meio à investigação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o presidente Jair Bolsonaro admitiu a possibilidade de “problemas” no Ministério da Saúde, mas voltou a falar que não há nenhuma denúncia de corrupção no governo.

Neste sábado, 31, Bolsonaro e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que é formalmente investigado pela CPI, visitaram o Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente (SP), para oficializar o credenciamento do Sistema Único de Saúde (SUS) na unidade.

“Pode ser que apareça algum problema no ministério dele (Queiroga), afinal de contas o orçamento diário dele são R$ 550 milhões. Não é fácil você coordenar, fiscalizar e executar esse recurso. Mas, repito, se aparecer algum problema, eu e Queiroga seremos os primeiros a colaborar com as investigações e chegar na responsabilização dos possíveis culpados”, afirmou o presidente.

A CPI da Covid investiga um suposto esquema de corrupção na compra da vacina indiana Covaxin, cujo contrato foi cancelado pelo Ministério da Saúde após o avanço das investigações no Senado. Os senadores suspeitam de favorecimento à empresa Precisa Medicamentos, que intermediou a negociação, e acusam Bolsonaro de ter cometido o crime de prevaricação por não ter determinado a investigação das denúncias. O governo nega as acusações e tenta conter o desgaste na CPI.

No mês passado, o ministério demitiu o diretor do Departamento de Logística da pasta, Roberto Ferreira Dias, após ele ser acusado de pedir propina para negociar vacinas. Agora, o grupo majoritário da CPI decidiu que vai solicitar o afastamento da médica Mayra Pinheiro, acusada de interferir nas apurações, da Secretaria de Gestão em Trabalho.

No evento, Queiroga declarou que Bolsonaro “interfere” no Ministério da Saúde, mas, para cobrar a execução das políticas públicas. A falta de autonomia dos ministros da pasta na pandemia de covid-19 é uma das linhas de investigação da CPI, que retoma os trabalhos na terça-feira, 3, após o recesso parlamentar.

“As pessoas me perguntam: o presidente Bolsonaro interfere no Ministério da Saúde? A resposta é sim. O presidente interfere no Ministério da Saúde e em todos os ministérios porque ele cobra que os ministros trabalhem para que todos recursos públicos sejam revertidos em políticas públicas para a sociedade brasileira”, disse Queiroga.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Sabesp pede para população não desperdiçar água após tempestade de areia

Publicado


source
 Tempestade de areia neste domingo (26) em Franca, SP
Reprodução/redes sociais

Tempestade de areia neste domingo (26) em Franca, SP

A Sabesp, empresa responsável pelo fornecimento de água em São Paulo, orientou a população de Franca a não desperdiçar água na limpeza da sujeira ocasionadas pela  nuvem de areia que ocorreu no último domingo (26). 

Em comunicado, a empresa lembrou que a região passa por um momento de rodízio de água. “A Sabesp pede mais uma vez aos moradores de Franca que não desperdicem água na limpeza de casas, quintais, calçadas e outras finalidades do tipo. Sabemos que o evento atípico de hoje (26/9) trouxe uma grande quantidade de poeira e fuligem para dentro das casas”, afirmou nota.

“O município passa por um período de severa estiagem, com rodízio no abastecimento de água. É preciso que todos usem a água de forma consciente, sem desperdícios”, continuou o comunicado.

Franca é a única das 375 cidades atendidas pela Sabesp que realiza o rodízio de fornecimento de água. “A vazão dos mananciais de Franca não é suficiente para manter toda a cidade abastecida”, diz a empresa, que manterá a medida até pelo menos a próxima quarta-feira (29) “a fim de minimizar, na medida do possível, os impactos à população”.

O fenômeno da tempestade de areia que atingiu o município de Franca , localizada a 313 km de São Paulo, é raro e chegou a afetar o fornecimento de energia e os serviços de internet na região, como nos municípios de Orlândia, Dumont e Jardinópolis.

A Defesa Civil informou que a falta de chuvas, o solo seco do local e as fortes rajadas de vento a quase 100 km/h fizeram com que a poeira se levantasse, causando a tempestade .

Ainda, segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, os moradores de Franca ficarão sem água por 36 horas e abastecidos por outras 36 horas. A divisão é feita por bairros e entrou em vigor nesta segunda (27) e vai até quarta-feira (29), podendo se estender.

Continue lendo

Nacional

VÍDEO: Tempestade de areia arrasta avião no aeroporto de Ribeirão Preto

Publicado


source
Tempestade de areia arrasta avião no aeroporto de Ribeirão Preto
Reprodução/Rede sociais

Tempestade de areia arrasta avião no aeroporto de Ribeirão Preto

A cidade de Ribeirão Preto vivenciou momentos tensos na tarde do último domingo (26). Isso porque uma tempestade de areia ‘engoliu’ o município e, quando atingiu o Aeroporto Estadual Dr. Leite Lopes, arrastou uma aeronave da companhia Azul. Assista ao momento em que o avião é atigido pelo fenômeno:

A aeronave em questão é um ATR 72-600, que pesa aproximadamente 13 toneladas. Nas imagens é possível observar que outros objetos também são arremessados em decorrência dos fortes ventos.

Segundo a Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica (RedeMet), a ventania local por volta das 16h – momento em que o vídeo foi gravado – atingiu rajadas de 92 km/h.


Questionada, a Azul informou que a aeronava não estava sendo utilizada no momento da tempestade de areia. “A companhia ressalta que não houve feridos e que, logo após o ocorrido, a aeronave foi inspecionada pela área de manutenção”.

*Com informações do portal Uol

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana