conecte-se conosco


Política Nacional

Bolsonaro diz que Brasil deve muito à Polícia Federal

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (8), que o Brasil deve muito à Polícia Federal (PF) ao participar da cerimônia de encerramento do curso de formação de novos policiais federais. “Um bom inquérito, uma boa investigação, nos traz esperança e crença que o Brasil pode realmente mudar. E vocês têm essa possibilidade agora, ao exercer um bom trabalho, mudar o destino do Brasil”.

Durante o evento, na Academia Nacional de Polícia, em Brasília, Bolsonaro agradeceu aos policias federais que o acompanharam durante a campanha eleitoral, em Juiz de Fora (MG), quando sofreu o atentado a faca, em 6 de setembro de 2018. “A missão deles, me deixar vivo. E se estou aqui é porque eles cumpriram a missão. Eles participaram da segurança, mas nós seres humanos temos que ter a humildade de sabermos que não somos infalíveis, então temos que ter o plano B. Eles tinham feito um planejamento, uma rota para um hospital, no caso, a Santa Casa de Misericórdia. Graças a esse planejamento que, em parte, eu devo minha vida”, disse.

Bolsonaro também lembrou de um episódio, em 2017, quando teria sido ignorado, durante passagem em um aeroporto, pelo então juiz federal Sergio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública. O presidente agradeceu e atribui o atual contexto político ao ministro “por uma situação de não atrapalhar o bom serviço que ele vinha executando. Ele não poderia se aproximar de políticos, não poderia ter um partido, como não teve e não tinha. Ele estava cumprindo com a sua missão, se essa missão dele não fosse bem cumprida, eu também não estaria aqui. Então, em parte, o que acontece na política do Brasil devemos a Sergio Moro. Se for comparar com uma corrente, talvez [ele seja] o elo mais forte dessa corrente”.

Também presente ao evento, o ministro Sergio Moro ressaltou que é a primeira vez que um presidente da República comparece à formatura da PF. “Isso é simbólico. Esse gesto não será esquecido. É um gesto relevante para demonstrar a importância que a corporação tem dentro do governo o presidente Jair Bolsonaro”, disse.

Orçamento

De acordo com o Moro, a PF não teve problemas de orçamento neste ano e, apesar dos contingenciamentos que afetaram todo o governo, todos os recursos previstos para a corporação foram aplicados, incluindo para a convocação de mais policiais. “Tudo com a compreensão de que a PF é estratégica nesse trabalho contra a corrupção, contra o crime organizado e contra a criminalidade violenta”, disse.

Goiânia

No início da tarde, Bolsonaro viaja para Goiânia, onde se reúne com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e participa da entrega de 214 ônibus escolares a municípios goianos, às 15h, no estacionamento do Estádio Serra Dourada. O retorno do presidente para Brasília está previsto para as 18h30.

 
Edição: Fernando Fraga

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política Nacional

Mourão aproveita reabertura de shoppings em Brasília e vai às compras

Publicado


source

Com a reabertura de comércios pelo País, mesmo com o avanço da Covid-19, que já levou a 27.878 mortes desde o início da pandemia , o vice-presidente da República, Hamilton Mourão , aproveitou o primeiro fim de semana de retomada do funcionamento dos shoppings do Distrito Federal para um passeio neste sábado.

Vice-presidente Hamilton Mourão
Isac Nóbrega/PR

Vice-presidente Hamilton Mourão

Um decreto do governador Ibaneis Rocha (MDB) liberou a abertura dos shoppings desde quarta-feira, 27. Para funcionar, os estabelecimentos precisam fornecer equipamento de proteção individual e álcool em gel a empregados, colaboradores, terceirizados e prestadores de serviço. Funcionários são obrigados a realizar testes a cada 15 dias e o funcionamento foi limitado a 50% da capacidade, para evitar aglomeração.

Leia também: Datafolha: 67% reprovam a  aproximação de Bolsonaro com o Centrão; 20% aprovam

Com isso, Mourão circulou por um dos shoppings de Brasília com lojas de luxo, acompanhado da mulher, Paula Mourão, ambos de máscaras e acompanhados de seguranças. O casal foi abordado por algumas pessoas e posou para fotos com crianças. Eles fizeram compras de roupas, maquiagens, chocolate e também passearam por uma livraria.

Mais cedo, quem também aproveitou o fim de semana para passear foi o presidente Jair Bolsonaro. Ele mais uma vez provocou aglomeração de pessoas durante a pandemia e demandou o uso de helicópteros para visitar cidades em Goiás, a menos de 250 quilômetros de distância do Palácio da Alvorada, sua residência oficial em Brasília.

Bolsonaro foi a uma lanchonete em Abadiânia para tomar café da manhã. A presença do presidente provocou aglomerações, apesar das recomendações de autoridades sanitárias para a necessidade do isolamento social como medida de contenção ao avanço do novo coronavírus no País.

Bolsonaro carregava consigo uma máscara , mas não a utilizou enquanto trocava apertos de mão e posava para fotos com populares. O presidente ainda pegou uma criança no colo e conversou com pessoas também sem utilizar a máscara . O chefe do Executivo estava acompanhado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e do líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO).

Continue lendo

Política Nacional

Após cirurgia no abdômen, governador do DF tem alta hospitalar

Publicado


.

O governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha, recebeu alta neste sábado (30), informou o hospital privado da capital onde ele estava internado desde segunda-feira (25), quando foi submetido a uma cirurgia de emergência na região abdominal.

“Após apresentar recuperação favorável e passar por ampla avaliação clínica, laboratorial e por exames de imagem, ele seguirá com acompanhamento médico domiciliar”, diz o boletim médico assinado pelo cirurgião Ronaldo Cuenca e outros dois médicos do Hospital DF Star.

Ibaneis foi internado na noite de segunda-feira (25) com dores no abdômen. Após exames, ele foi submetido a uma cirurgia de urgência por vídeo (laparoscopia). Durante a intervenção, foi identificada e corrigida uma perfuração, em um segmento intestinal, por um fragmento cartilaginoso.

A maior suspeita é que o intestino tenha sido perfurado por um pedaço de osso de galinha ou espinha de peixe, ingerido durante alguma refeição, disse a equipe médica responsável em entrevista coletiva após a operação. Segundo o cirurgião Ronaldo Cuenca, o problema não está relacionado diretamente à cirurgia bariátrica a que Ibaneis se submeteu em 2013.

Edição: Denise Griesinger

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana