conecte-se conosco


Política Nacional

Bolsonaro diz que Brasil deve muito à Polícia Federal

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (8), que o Brasil deve muito à Polícia Federal (PF) ao participar da cerimônia de encerramento do curso de formação de novos policiais federais. “Um bom inquérito, uma boa investigação, nos traz esperança e crença que o Brasil pode realmente mudar. E vocês têm essa possibilidade agora, ao exercer um bom trabalho, mudar o destino do Brasil”.

Durante o evento, na Academia Nacional de Polícia, em Brasília, Bolsonaro agradeceu aos policias federais que o acompanharam durante a campanha eleitoral, em Juiz de Fora (MG), quando sofreu o atentado a faca, em 6 de setembro de 2018. “A missão deles, me deixar vivo. E se estou aqui é porque eles cumpriram a missão. Eles participaram da segurança, mas nós seres humanos temos que ter a humildade de sabermos que não somos infalíveis, então temos que ter o plano B. Eles tinham feito um planejamento, uma rota para um hospital, no caso, a Santa Casa de Misericórdia. Graças a esse planejamento que, em parte, eu devo minha vida”, disse.

Leia Também:  CMO reúne-se na terça para analisar crédito de R$ 248,9 bi pedido pelo Executivo

Bolsonaro também lembrou de um episódio, em 2017, quando teria sido ignorado, durante passagem em um aeroporto, pelo então juiz federal Sergio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública. O presidente agradeceu e atribui o atual contexto político ao ministro “por uma situação de não atrapalhar o bom serviço que ele vinha executando. Ele não poderia se aproximar de políticos, não poderia ter um partido, como não teve e não tinha. Ele estava cumprindo com a sua missão, se essa missão dele não fosse bem cumprida, eu também não estaria aqui. Então, em parte, o que acontece na política do Brasil devemos a Sergio Moro. Se for comparar com uma corrente, talvez [ele seja] o elo mais forte dessa corrente”.

Também presente ao evento, o ministro Sergio Moro ressaltou que é a primeira vez que um presidente da República comparece à formatura da PF. “Isso é simbólico. Esse gesto não será esquecido. É um gesto relevante para demonstrar a importância que a corporação tem dentro do governo o presidente Jair Bolsonaro”, disse.

Leia Também:  Câmara aprova projeto que prorroga benefício fiscal para igrejas

Orçamento

De acordo com o Moro, a PF não teve problemas de orçamento neste ano e, apesar dos contingenciamentos que afetaram todo o governo, todos os recursos previstos para a corporação foram aplicados, incluindo para a convocação de mais policiais. “Tudo com a compreensão de que a PF é estratégica nesse trabalho contra a corrupção, contra o crime organizado e contra a criminalidade violenta”, disse.

Goiânia

No início da tarde, Bolsonaro viaja para Goiânia, onde se reúne com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e participa da entrega de 214 ônibus escolares a municípios goianos, às 15h, no estacionamento do Estádio Serra Dourada. O retorno do presidente para Brasília está previsto para as 18h30.

 
Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Política
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política Nacional

Na Justiça, petista quer proibir Bolsonaro de bloquear opositores no Twitter

Publicado

source

Na última terça-feira (12), após descobrir que tinha sido bloqueada pelo presidente Jair Bolsonaro, a deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) publicou um desabafo no Twitter. 

Leia também: Bolsonaro sabota Globo e prioriza SBT e Record em campanhas

Bolsonaro arrow-options
Alan Santos/PR

Bolsonaro

Nele, a correligionária o chama de “covarde”, relata que, nos Estados Unidos, Donald Trump foi proibido de bloquear seus críticos e que buscará mudar essa realidade no Brasil. Sabendo que esta não é a primeira vez que Bolsonaro bloqueia opositores, a BBC News conversou com a deputada Natália Bonavides ( PT -RN), que já abriu um processo contra o presidente em agosto de 2019, com intuito de proibi-lo de bloquear seus seguidores. 

Leia também: Rafael Cardoso explica por que curtiu publicação de Bolsonaro contra a Globo

A deputada do PT disse ao site que ficou “bastante surpresa” por ter sido bloqueada pelo mandatário. “Ele usa muito as redes sociais. Era de se esperar que permitisse que o debate político fosse feito através delas, mas isso é condizente com o perfil autoritário dele de tentar interditar o debate público e inviabilizar a oposição. Ele prefere ignorar quem o denuncia”.

Leia Também:  Comissão Senado do Futuro se reúne para votar requerimentos e emendas à LDO

Leia também: Evandro Santo rebate críticas da comunidade LGBT: “Nunca apoiei o Bolsonaro”

“É minha prerrogativa fiscalizar o presidente [ Bolsonaro ]”, completou deputada. O Palácio do Planalto afirmou que não se manifestará sobre o assunto. Sâmia Bomfim , mais recente bloqueada, não voltou a falar sobre o assunto. 



Fonte: IG Política
Continue lendo

Política Nacional

Cinco meses após morte de pastor, Flordelis lamenta: “achei que dor diminuiria”

Publicado

source
Flordelis arrow-options
Reprodução/Facebook

Em postagem, Flordelis lembrou os cinco meses da morte do marido

Neste sábado (16), a morte do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis que foi assassinado na casa da família em Pendotiba, no estado do Rio de Janeiro, completou cinco meses. Para marcar a data, ela publicou um vídeo com uma retrospectiva deles e agradeceu o apoio que vem recebendo dos fãs.

Leia também: Pastor Malafaia aparece em áudio criticando Bolsonaro: “estou decepcionado”

“Se não fosse Deus, eu não estaria de pé! Hoje, completam 5 meses sem meu amor. Pensei que ao passar dos dias a dor iria diminuir, mas não! A cidade do fogo está realizando hoje a 14ª edição do congresso CIM. Congresso este que foi gerado por Deus no coração do meu esposo em 2006. Assistir essa retrospectiva e ver que hoje você não está mais aqui ao meu lado só aumenta ainda mais a saudade”, diz o texto publicado por Flordelis .

“Que o Senhor me dê forças para continuar esse legado enquanto eu viver! Aos meus intercessores, continuem orando por mim, por minha família, por minha sogra e por todas as ovelhas do Ministério Flordelis , que nesta data, mais do que nunca, sentem a falta que faz o seu pastor”, finaliza o texto.

Leia Também:  CMO reúne-se na terça para analisar crédito de R$ 248,9 bi pedido pelo Executivo

A data acontece enquanto o caso segue sendo investigado pela autoridades e o nome da pastora volta a estar envolvido em polêmicas. No início da semana, uma testemunha do caso acusou Flordelis de tentar mudar o depoimento do filho Lucas dos Santos, que está preso e, até o momento, é o único que já enfrenta julgamento.

Segundo a antiga patroa do rapaz, a mãe dele teria forjado a carta que foi apresentada à polícia, em que ele assume a autoria do crime ao lado do irmão Flávio dos Santos. Durante o julgamento, Lucas revelou que recebeu um texto já pronto e que só copiou o conteúdo.

CIM 2019

Apesar dos rumores e do momento conturbado, Flordelis fez questão de realizar neste final de semana, exatamente o que marca o ‘aniversário’ do caso, o Congresso Internacional de Missões 2019, evento já tradicional do Ministério Flordelis, do qual o pastor Anderson era um dos fundadores e principais nomes.

Personalidades da música gospel e da família da deputada compareceram nas festividades, que contou também com show da própria Flordelis e só deve terminar neste domingo (17). O evento acontece na Cidade do Fogo.

Leia Também:  Câmara aprova projeto que prorroga benefício fiscal para igrejas

Leia também: FHC pede perfil conciliador a Lula e que “não volte com fundamentalismos”

Fonte: IG Política
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana