conecte-se conosco


Política Nacional

Bolsonaro cancela viagem a Nova York

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro cancelou a ida a Nova York, nos Estados Unidos, onde participaria de evento em que seria homenageado como “Personalidade do Ano de 2019”. A homenagem foi proposta pela Câmara de Comércio Brasil-EUA. A viagem estava prevista para este mês. Com a decisão, o presidente também cancelou agenda em Miami.

Em nota, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, diz que Bolsonaro agradece a homenagem proposta. “Entretanto, em face da resistência e dos ataques deliberados do prefeito de Nova York [Bill de Blasio] e da pressão de grupos de interesses sobre as instituições que organizam, patrocinam e acolhem em suas instalações o evento anualmente, ficou caracterizada a ideologização da atividade”, destaca o porta-voz.

Edição: Juliana Andrade

Fonte: EBC Política
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política Nacional

Procuradoria investiga se greve no Ceará viola Lei de Segurança Nacional

Publicado

source
Policiais mascarados em carro da PM arrow-options
Twitter/Reprodução

Ceará registrou mais de 170 assassinatos desde o início da greve

O Ministério Público Federal (MPF) abriu uma investigação nesta quinta-feira (27) para apurar se a greve dos policiais militares do Ceará viola a Lei de Segurança Nacional . O objetivo do inquérito é avaliar se a paralisação dos agentes amotinados atenta contra a ordem política e social do estado.

O dispositivo legal da Lei de Segurança Nacional caracteriza como crime a prática de sabotagem contra instalações militares, meios de comunicações, meios e vias de transporte, estaleiros, portos, aeroportos, fábricas, usinas, barragem, depósitos e outras instalações congêneres.

Também é considerado crime tentar impedir, com emprego de violência ou grave ameaça, o livre exercício de qualquer dos Poderes da União ou dos Estados, bem como incitar à subversão da ordem política ou social e à prática de qualquer outro crime previsto na lei.

Nesta sexta (28), o governador Camilo Santana enviou uma proposta de emenda à Constituição que proíbe qualquer tipo de anistia a policiais que participaram de motins . Segundo Santana, a iniciativa foi tomada não só por causa desse episódio mais recente, mas que para seus sucessores também não façam esse tipo de concessão.

Mais cedo, representates dos policiais tiveram a quarta reunião com a comissão que está fazendo as negociações com a categoria e, após discussão, o encontro terminou sem um acordo fechado. Os policiais, então, decidiram continuar amotinados .

Desde que a greve dos policiais começou, há 11 dias, o Ceará já registrou mais de 170 assassinatos.

Como o caso parece não ter perspectiva de ser resolvido no curto prazo, o presidente Jair Bolsonaro também determinou nesta sexta que o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) fosse renovado , permitindo que as Forças Armadas continuem no Ceará por mais uma semana. O prazo vencia hoje.

Fonte: IG Política
Continue lendo

Política Nacional

“É o momento da igreja ocupar a nação”, diz Damares Alves

Publicado

source
Damares Alves Igreja arrow-options
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Damares Alves

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse que “é o momento da igreja ocupar a nação” em entrevista ao veículo jornalístico Deutsche Welle (DW). Ela, que é pastora evangélica, defendeu o papel social das igrejas de sua religião no Brasil.

Leia também: Damares diz que carnaval desrespeita fé cristã e promete ações governamentais

“Temos falta de casas de abrigo para mulheres vítimas de violência . Por que essas igrejas não fazem uma parceria conosco, cedendo o seu espaço físico para abrigar essas mulheres?”, perguntou Damares , afirmando que a igreja pode colaborar para transformar a nação. A ministra também levando essa lógica para situação da vinda de refugiados da Venezuela para o Brasil: “se cada igreja trouxesse um venezuelano e cuidasse, nós resolveríamos o problema da fronteira”.

Durante a entrevista, a pastora responsável pelo Ministério dos Direitos Humanos também criticou a esquerda. “Se você observar, quem está fazendo essas denúncias genéricas [de direitos humanos] é a esquerda. Eu acho que só pelo fato de ser a esquerda que está denunciando, já poderíamos desconfiar que tem alguma coisa errada”.

Leia também: Para Damares, governo Bolsonaro herdou um páis devastado pela corrupção

Damares ainda defendeu sua campanha sobre prevenção da gravidez na adolescência por meio de abstinência sexual, em vez de métodos contraceptivos – muitas igrejas são contra esses métodos. Mas ela afirmou que “eu teria que ir para a cadeia ou para um hospício se eu dissesse que vou combater a gravidez precoce apenas com a abstinência.”

Fonte: IG Política
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana