conecte-se conosco


Agro News

BOI/CEPEA: Apesar da queda de 36% em janeiro, embarques à China seguem elevados

Publicado

Cepea, 13/2/2020 – Em janeiro, as exportações brasileiras de carne bovina foram recordes para o mês, mas recuaram pouco mais de 20% frente ao volume embarcado em dezembro do ano passado. Segundo pesquisadores do Cepea, dentre os motivos para esta queda esteve a forte retração das vendas à China, o principal destino da proteína nacional. De acordo com dados da Secex, em janeiro, foram embarcadas 53,2 mil toneladas à China, 36,3% a menos do que em dezembro, mas mais que o dobro da quantidade enviada ao país asiático em janeiro de 2019 (de 23,54 mil toneladas). Após intensificar as aquisições da carne brasileira nos últimos meses de 2019, visando o abastecimento doméstico para as festividades do ano novo chinês – comemorado em 2020 no dia 25 de janeiro –, a China freou as importações em janeiro. É preciso observar também que o volume adquirido pelo país asiático em outubro e em novembro de 2019 esteve acima de 83 mil toneladas, quantidade recorde, bastante atípica e que dificilmente se sustentaria por muitos meses seguidos – ou seja, um enfraquecimento nas vendas ao país neste início de 2020 já era esperado. No mercado brasileiro, o Indicador do Boi Gordo Cepea/B3 (estado de São Paulo) acumulou alta de 2,4% nos últimos sete dias, apesar de ter oscilado no período, fechando a R$ 197,55 nessa quarta-feira, 12. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agro News

Aprosoja realiza live sobre importância logística para sociedade

Publicado


Política Agrícola e Logística

Aprosoja realiza live sobre importância logística para sociedade

Vão participar IMEA, Movimento Pró-Logística e ABA

30/11/2020

 A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), em parceria com a Associação Brasileira de Advogados (ABA), Movimento Pró-logística de Mato Grosso e o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), realiza nesta terça-feira (01.12), às 18h30, live sobre  “A Importância da Logística para o setor produtivo e para sociedade”. Evento online será transmitido nos canais do YouTube e páginas do Facebook da Aprosoja e ABA.

Vão participar da live o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan, o diretor executivo do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz, o superintendente do IMEA, Daniel Latorraca e a diretora da ABA MT, Ana Lúcia Ricarte. A mediação ficará a cargo da advogada e presidente da Comissão do Agronegócio da ABA, Paula Boaventura.

De acordo com o superintendente do IMEA e palestrante do evento, Daniel Latorraca, o objetivo é discutir como está a logística hoje e como estará no futuro, bem como o resultado de tudo isso na produtividade e na qualidade de vida das pessoas. “Nosso principal gargalo hoje é a logística, e nossa ideia é trazer alguns dados, analisar o que já se passou e o que poderá vir pela frente, bem como o impacto de tudo isso não só para o agronegócio como para sociedade “, afirmou Daniel.

“É muito importante que todos estejam atentos e participem de mais este evento promovido pela Aprosoja, pois a logística é de interesse de todos. As rodovias não são só para escoamento da safra, não são só para os caminhões. Nelas passam ambulâncias, ônibus de viagem, carros de passeio, enfim, uma boa trafegabilidade atende toda sociedade não só o agro, por isso é um tema que precisa ser de interesse de todos”, convida o presidente da Aprosoja MT.

Serviço:

O quê? Live sobre “ A Importância da Logística para o setor produtivo e para sociedade”

Quando? 01/12/2020

Horário:18h30

Onde? Youtube e Facebook da Aprosoja e da ABA MT

 

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Continue lendo

Agro News

MERCADO DE TRABALHO/CEPEA: Por ora, número de ocupados na agropecuária frente à covid-19 se normaliza

Publicado


Clique aqui e baixe o release completo em word.

Clique aqui e confira o relatório completo.

 

Cepea, 30/11/2020 – Pelo menos por ora, o impacto da covid-19 sobre o número de pessoas ocupadas na agropecuária passou. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, do IBGE, mostram que, no trimestre móvel encerrado em setembro (julho-agosto-setembro), 8,280 milhões de pessoas estavam ocupadas na agropecuária, sendo apenas 0,3% (ou 28 mil pessoas) abaixo do esperado para esse período, conforme modelo criado pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP.

 

Segundo pesquisadores do Cepea, a tendência de redução do número observada desde o trimestre móvel encerrado em março já havia sido interrompida em julho e, desde a incorporação de informações de agosto, tem sido observada tendência de leve recuperação.

 

Assim, a queda no número de ocupados no trimestre móvel encerrado em setembro frente ao mesmo período de 2019 diminuiu de intensidade, sendo de apenas 2,7%. Vale lembrar que a taxa de queda chegou a ser de significativos 7,8%, observada na comparação entre abril-maio-junho de 2019 e de 2020.

 

COVID-19 – Em relatórios anteriores, as análises do Cepea indicaram que as quedas da população ocupada na agropecuária relacionadas à pandemia surgiram já em março, se acentuaram ao longo dos meses, chegando a seu ápice no trimestre móvel encerrado em maio, e se estabilizaram no trimestre encerrado em junho. Em julho, foi registrada a primeira e ainda leve melhora na situação, ao passo que no último relatório, que focava o trimestre encerrado em agosto, o modelo do Cepea apontou que o número de ocupados na agropecuária pôde ser considerado dentro da normalidade – indicando que o impacto da covid-19 poderia estar se dissipando.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Outras informações sobre o mercado de trabalho do agronegócio aqui e por meio da Comunicação Cepea, com o prof. Geraldo Barros e com a pesquisadora Nicole Rennó: [email protected]

Fonte: CEPEA

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana