conecte-se conosco


Internacional

BCE dá pausa na política monetária mesmo com preocupações com pandemia

Publicado


.

O Banco Central Europeu (BCE) deixou inalterada a política monetária como era esperado nesta quinta-feira (16), dando uma pausa após uma série de medidas extraordinárias que testaram os limites e ajudaram a zona do euro a permanecer viva durante a recessão induzida pela pandemia do novo coronavírus.

Lidando com o maior colapso econômico na memória viva, o BCE já está comprando enormes volumes de dívida e pagando aos bancos para emprestarem seu dinheiro, na esperança de salvar a economia do bloco até que a Europa esteja pronta para reabrir após as paralisações sem precedentes por conta da covid-19.

Mas, muitas de suas decisões foram tomadas na pressa e, em geral, guiadas pelo estresse do mercado, levando alguns críticos a pedir uma pausa para examinar a efetividade e qualquer efeito colateral não intencional da política monetária.

O BCE ainda deixou claro que está pronto para fazer mais a qualquer momento, reafirmando sua antiga orientação de impulsionar a economia.

“O Conselho continua pronto para ajustar todos os seus instrumentos, conforme apropriado”, disse o BCE em comunicado, acrescentando esperar que as taxas de juros permaneçam nos níveis atuais ou mais baixos.

Contração econômica

A pausa é sustentada por uma série de dados econômicos melhores do que o esperado após queda de dois dígitos no Produto Interno Bruto (PIB) nos três meses até junho, sugerindo que a contração econômica da zona do euro pode não ter sido tão forte quanto alguns temiam.

Mas uma segunda onda da pandemia está levantando dúvidas sobre a velocidade da recuperação, ponto destacado pelo economista-chefe do BCE, Philip Lane, que argumenta que a Europa enfrenta uma recuperação do tipo “dois passos à frente, um para trás”. Isso pode significar que dados melhores agora dão pouca orientação sobre a trajetória à frente.

Com a decisão desta quinta-feira, o BCE continua a caminho de comprar até 1,35 trilhão de euros em dívida até junho próximo, segundo seu Programa Pandêmico de Compras de Emergência e até 1,8 trilhão de euros se outras compras também forem incluídas. Também manteve sua taxa de depósito na mínima recorde de -0,5%, quanto a principal taxa de refinanciamento permaneceu em zero.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Trump já doou dinheiro para campanhas da oponente de esquerda Kamala Harris

Publicado


source
Trump
Dougs Mills/Getty Images

Trump estava falando sobre o mercado de ações quando um agente do Serviço Secreto o interrompeu


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , e sua filha, Ivanka, doaram milhares de dólares para campanhas de Kamala Harris, escolhida como vice de Joe Biden na chapa democrata que disputará a Casa Branca , no início da década.


De acordo com a imprensa americana, Trump doou um total de US$ 6 mil para Harris em suas campanhas para se eleger procuradora-geral da Califórnia, cargo que ela ocupou entre 2011 e 2017. O magnata fez pelo menos duas contribuições, uma de US$ 5 mil, em setembro de 2011, e outra de US$ 1 mil, em fevereiro de 2013.

Já Ivanka doou US$ 2 mil para Harris em junho de 2014. Desde o anúncio da atual senadora como vice na chapa encabeçada por Biden , Trump tem se dedicado a atacá-la no Twitter e a definiu como representante da “esquerda radical”.

Aos 55 anos de idade, Harris é senadora pela Califórnia desde janeiro de 2017 e é considerada uma moderada dentro do Partido Democrata . Ela é filha de mãe indiana e pai jamaicano e chegou a se candidatar para as primárias, mas desistiu ainda antes do início da disputa, declarando apoio a Biden.

“Estamos em uma batalha pela alma desta nação. Mas, juntos, podemos vencer essa batalha”, escreveu Harris no Twitter nesta quarta-feira (12). Já Trump disse na mesma rede social que a senadora é uma “oponente dos sonhos”, uma vez que parecia uma forte candidata nas primárias, mas acabou “terminando fraca”.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Trem descarrila na Escócia e deixa feridos graves; veja vídeo

Publicado


source
Trem descarrila Escócia
Reprodução/Twitter

Até o momento, não existem confirmações sobre vítimas fatais no incidente.

Um trem descarrilou na cidade de Stonehaven, no nordeste da Escócia , nesta quarta-feira (12) e deixou feridos graves. A informação foi dada pela primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon.

Através de uma rede social, Sturgeon classificou o episódio como “extremamente sério”.  Ela também usou as redes para compartilhar a confirmação de três mortes no acidente, incluindo a do motorista do veículo.

O local do acidente foi alvo de fortes chuvas durante a madrugada desta quarta. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram uma grande nuvem de fumaça no local do acidente. Entretanto, não é possível ver o veículo. Confira o vídeo:


Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana