conecte-se conosco


Entretenimento

“BBB 20”: Ex-ficante de Pyong Lee revela: “Chantagista”

Publicado

Pyong Lee chegou a ser um dos queridinhos do “BBB 20” , mas parece que a máscara do mágico está caindo. Nas redes sociais, conhecidos do rapaz começaram a soltar podres sobre ele. Inclusive uma ex-ficante, a comissária de bordo Débora Welker , que fez revelações bombásticas nos seus stories na noite do último domingo (9).

Leia também: Internautas acusam Pyong de assediar sisters e pedem saída de brother

Pyong teria chantageado ficante arrow-options
Reprodução/Globo

Pyong teria agredido uma namorada da adolescência


Leia também: Pyong pede desculpa a esposa: “Não vai acontecer de novo”

“Eu conheci esse bosta [ Pyong Lee ] numa festa e a gente ficou. Ele foi todo querido, disse que queria namorar sério, e eu trouxa cai no papo dele. Ele falou que era solteiro. Depois que a gente tinha ficado ele falou assim: ‘Acho que está na hora de eu te falar uma coisa, tenho namorada na verdade’. Eu falei: O que? Por que você não me falou isso antes. Aí ele: Mas a gente vai continuar ficando. […] Enfim, não fiquei mais com ele. Passou uns dois meses e eu fui numa festa, conheci outro menino e a gente ficou. E ele me disse que estava com um amigo. O amigo vindo? Quem era? Sim, ele. A gente fingiu que não se conhecia e ele esperou o menino ir no banheiro. Pedi a ele para não contar para o amigo que a gente já tinha ficado, já que não tinha sido nada de mais. Ai ele: ‘É, eu não vou falar, mas você vai ter que continuar ficando comigo. Ele me chantageou para eu continuar saindo com ele”, disse Débora em uma série de vídeos que estão em seus destaques do Instagram e também no vídeo abaixo, do “Canal Resumo”, no Youtube.

Leia também: Mulher de Pyong evita acusações de assédio no “BBB 20”: “Focada no meu filho”



O colunista Léo Dias foi atrás da assessoria de Pyong Lee , que ainda não se manifestou, e também de Débora, que disse ter recebido relatos de várias meninas que passaram por situações parecidas com o hipnólogo. “Uma das meninas me mandou assim: Passei por uma história muito parecida com ele. A gente ia ficar, mas consegui descobrir antes que ele namorava. Ele falou pra ela que gostou dela, que queria namorar, mas no fim das contas ele tinha namorada. Ou seja, ele sempre trai as namoradas. A segunda menina que me mandou acabou indo até a casa dele e ele a tratou muito mal. Resumindo, ele trata as mulheres como lixo, como ninguém”, contou a comissária.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Entretenimento

“O Pequeno Príncipe visita São Paulo”: a saudade do que a gente sempre teve

Publicado


source

Enquanto selecionava e pensava no material para escrever o texto da semana na coluna, fiz várias reflexões acerca do mercado literário, do impacto nas vendas, do comportamento nos lançamentos e em como os autores e editoras iriam enfrentar tudo isso. Certamente falar sobre o impacto do isolamento social seria interessante, e ainda falarei sobre, mas no meio desse pensamento todo, me veio um maior: nossa liberdade.

Leia também: Livros contam de forma lúdica como é viver sem ouvir

arrow-options
Reprodução

“O Pequeno Príncipe visita São Paulo”


Há um tempo, um pouco antes da pandemia estourar, recebi um livro que contava sobre a visita do conhecido personagem Pequeno Príncipe à cidade de São Paulo . A ideia é mostrar os principais pontos turísticos da cidade pelo ponto de vista do personagem. Num primeiro momento dei uma folheada e o coloquei junto aos outros para uma futura publicação na coluna. Hoje, em quarentena há mais de 10 dias sem sair de casa, peguei o livro e uma onda de sentimento sobre liberdade me invadiu. 

Eu moro na cidade de São Paulo há mais de 30 anos e, embora conheça fisicamente todos os lugares citados no livro, me deu um aperto no coração por não poder (ou ter a consciência nesse momento) de ir visitá-los no momento que eu quiser. 

Pequeno Príncipe visitando estádio do Pacaembu arrow-options
Reprodução

Pequeno Príncipe visitando estádio do Pacaembu

Um deles citados, por exemplo, é o estádio do Pacaembu, palco de vários clássicos e onde fui diversas vezes não só trabalhar (quando fui jornalista esportiva), mas assistir aos jogos do meu time, e que hoje, vejam só, é local de um hospital de campanha. 

Leia também: 46 anos após o incêndio, os mistérios do Edifício Joelma ainda persistem

Essa pandemia tem nos mostrado muito sobre relações humanas e tem me feito resgatar um dos principais ensinamentos que tive com a leitura original do Pequeno Príncipe (lançado em 1943), que é nos reconectar com o nosso “eu” criança. Essa reconexão com a curiosidade genuína, nos torna mais criativos e com certeza mais amáveis. É a cena clássica do elefante engolindo a jiboia que nenhum adulto conhece enxergar. 

Esse momento necessário de isolamento social talvez seja um importante momento de auto conexão, e de um momento que a gente consiga olhar para o mundo e entender como estamos caóticos e vivendo muitas vezes para o trabalho, sem preservar nossas reais relações com filhos, amigos e nossos pais ou parentes próximos. 

A gente sabe que todo autor tem uma intenção quando publica um texto, uma obra, mas talvez nem mesmo a autora desse livro “O Pequeno Príncipe visita São Paulo” (editora Tocalivros), Christiane Couve de Murville, conseguiria prever o que poderia se tornar a mensagem sobre liberdade e saudade que me despertou ao ver as imagens dos pontos turísticos da minha cidade.

Leia também: Livro conta a história da luta pela conservação do Mico-Leão-Dourado

Saudades , boas saudades que, espero, em breve poder matar e valorizar, ainda mais, os pequenos momentos de liberdade e prazer que a vida nos proporciona. Cada um irá levar algo como aprendizado dessa pandemia, e que a gente possa refletir sobre como as nossas relações irão se dar a partir de agora. Que o novo velho mundo nos transforme em pessoas melhores. 

Para sugestões e pautas: [email protected]

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Gottino é alfinetado por ex-apresentadora do “Saia Justa” artistas o defendem

Publicado


source

Por trás dos computadores, fala-se tudo, de todos e sem pudor algum. Os famosos, sempre no olho do furacão, que o digam. O mais novo a enfrentar uma enxurrada de comentários (muitos negativos, bom citar) é Reinaldo Gottino , que admitiu ter passado do ponto com a advogada Gabriela Prioli, na edição de sexta-feira (27) do quadro O Grande Debate, exibido dentro do programa “Novo Dia”, da CNN Brasil. Sem mencionar o canal, ela publicou em suas redes sociais sobre o “constrangimento” de ser tão interrompida em seu espaço e avisou que “por enquanto” seguiria dividindo suas análises na web!

Leia também: Rafa Kalimann é acusada de contratar empresa de venda de perfis falsos na web

Gottino na CNN arrow-options
Reprodução/Instagram

Gottino na CNN


“Me excedi ao interromper. O meu papel ali é conduzir o debate para que os dois lados tenham espaço para expor suas ideias. Minha postura excedeu a de mediador. Peço desculpas a Gabriela por isso”, desabafou o jornalista, que tem recebido também uma onda de apoio de artistas e internautas. A atriz Vida Vlatt, que ficou conhecida principalmente pela personagem Ofrásia, companheira de Clodovil, morto em 2009, escreveu: “Relaxa, querido. Aquela mulher tira até Jó fora do sério”, minutos antes de o chef e apresentador Edu Guedes frisar: “Você é o cara”. Outra que fez questão de mostrar solidariedade ao ex-âncora do “Balanço Geral”, da RecordTV, foi a cantora Simony, que não economizou elogios: “Adoro você, sua simplicidade é incrível”.

Vida Vlatt%2C Edu Guedes e Simony arrow-options
Reprodução/Instagram

Vida Vlatt, Edu Guedes e Simony


Reinaldo Gottino arrow-options
Reprodução/Instagram

Reinaldo Gottino

Por meio do microblog Twitter, Barbara Gancia, que já passou pelas redações da “Folha de S. Paulo”, “O Estado de S. Paulo”, “Vogue” e “Elle”, além do sofá de discussões do “Saia Justa”, do GNT, fez duras críticas e o classificou como “um clichê do debiloide reacionário” por considerar opiniões mais importantes do que fatos. “Até para os padrões de uma anta, ele é fraco. Se é técnico, é factual. Se é factual, não é opinião. Um cara desses só é jornalista pelo padrão de credibilidade Edir Macedo”. Já o colunista de celebridades Leo Dias não disfarçou o descontentamento com o comunicado emitido pela filial brasileira do canal de notícias americano, que mencionou a reclamação de Prioli e apontou que Gottino “excedeu a postura de mediador”. “Um absurdo a CNN Brasil expor um grande profissional desta maneira, através de uma nota pública. Aonde foi parar o respeito?”, questionou o também diretor-executivo do “TV Fama”, da RedeTV!.

Reinaldo Gottino arrow-options
Reprodução/Instagram

Reinaldo Gottino


De volta com tudo! 

Foi por meio de um post no Instagram que o ator Gabriel Fuentes reforçou: “Enquanto vocês esperam ansiosos como eu a minha próxima novela, ‘Nos Tempos do Imperador’, uma boa notícia, hein? A Globo, junto com a Globoplay, disponibilizaram para todos que estão de quarentena a temporada de ‘Malhação — Vidas Brasileiras’ para a gente matar a saudade de #jaderico e toda a galera. Bora aproveitar esse tempo para rever e acabar com essa nostalgia? Ah, e logo nos veremos de novo às 18h”.

Gabriel Fuentes arrow-options
Reprodução/Instagram

Gabriel Fuentes


Caberá a ele interpretar Bernardo, filho de Vera Holtz e Luis Melo. Escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, “Nos Tempos do Imperador” teve as gravações suspensas e a estreia, que aconteceria nesta segunda (30), adiada por tempo indeterminado, por causa da pandemia do novo coronavírus. Em seu horário, a emissora decidiu colocar um compacto de “Novo Mundo”, de 2017, que antecede o período do reinado de Dom Pedro II, pano de fundo da nova trama. 

Fala que eu te escuto

Se já é difícil enfrentar os desafios da vida por si só, que dirá quando se é criticado. Uma das saídas? Usar a mesma técnica do ex- BBB Mahmoud Baydoun e ficar “off-line”. “Tem dias que acordo me sentindo péssimo, um verdadeiro fracasso. Nesses dias, geralmente escolho me trancar no quarto o dia inteiro, não aparecer nos stories, e ficar na minha para não atrapalhar o clima de euforia generalizada que paira sobre as redes sociais: gente feliz na praia, challenge de maquiagem perfeita, pessoas rindo de memes e de notícias em páginas de fofoca”.

Mahmoud Baydoun arrow-options
Reprodução/Instagram

Mahmoud Baydoun


Na sequência, explicou: “Quando você trabalha com internet e é figura pública, parece que não tem o direito de reclamar que está mal, triste, com ar depressivo. Muitos já vêm com julgamentos, do tipo ‘nossa! essa poc só quer chamar atenção!’ ou ‘o que a pessoa não faz para aparecer!’. Além de tudo isso, você ainda fica se comparando a outras pessoas o tempo todo. Trabalho e gravo tanto, por que não tenho tantas curtidas como o fulano, será que meu trabalho é ruim?”, completou Mahmoud, que está investindo no mercado de cursos on-line e tem aproveitado a sua formação como sexólogo para melhorar o desempenho sexual dos seus seguidores.

Novos voos

Com o sucesso de seu trabalho nas artes cênicas, MC Rielle investiu em experiências que são a tradução do conceito de realização pessoal. Uma delas? Ser uma das estrelas do cenário do pop-funk. Hoje, o perfil administrado pela cantora no Instagram já ultrapassa a marca de 500 mil seguidores. Mas não para por aí! A gata, que nasceu em Minas e já provou não ser amante da zona de conforto, conta com diversos hits e videoclipes no currículo, como “A Espiã” e “Hoje Eu Tô Safada”, lançados pela KondZilla Records, a maior produtora do gênero no Brasil. Outro detalhe que chama atenção é o estilo de vida mais “low profile” que ela adotou e do qual se orgulha muito. “Simplicidade e humildade. Esse é o meu lema”, destacou Rielle, que, aliás, deu os primeiros passos na carreira após a especialização feita na Escola de Atores Wolf Maya, no Rio de Janeiro. 

MC Rielle arrow-options
Divulgação

MC Rielle


Tá com tudo e não está prosa! 

Enquanto aguardam por uma melhora nas condições de saúde pública, artistas e celebridades passam o tempo em conexão com os fãs. Que o diga Gutto Soares. Entre os desejos, o sonho de um mundo com mais empatia reina. Mais amor entre todos, autocuidado e autoconhecimento também. Ao postar uma foto no Instagram, o cantor destacou que está com saudade das estradas, dos palcos e, é claro, de cada fã em seus shows, cantando e expressando seus sentimentos. “Tudo isso vai passar e vamos nos encontrar novamente o mais rápido possível. Deus está no controle de tudo e nenhuma nuvem se forma sem a permissão d’Ele”, escreveu o rapaz, minutos antes de usar a hashtag #fiqueemcasa.

Raul Gil e Gutto Soares arrow-options
Divulgação

Raul Gil e Gutto Soares


Ah, e dias antes do anúncio oficial da quarentena, o sertanejo, dono dos hits “Gabriela” e “Coração no 150” (feat. com MC Mirella e Dynho Alves), esteve nos estúdios do SBT, em São Paulo, para a gravação do programa do Raul Gil. Ao descrever a emoção, relembrou o início de sua trajetória. “Mais uma conquista na minha vida. O menino do interior de Minas Gerais, que muitos disseram que ‘não chegaria a lugar algum’, tem um Deus grande ao seu lado, desde a época das carrocerias de caminhões no meio da terra. Obrigado a cada um de vocês”, finalizou, em tom emocionado. 

Encontro de feras 

Grande aposta do pagode, Denis Baum também deseja que “trabalho” seja a palavra de ordem em 2020. Após emplacar  “Naturalmente” e “29 Vidas” nas paradas de sucesso, ele não esconde a animação com a repercussão de seu recém-lançado videoclipe. Trata-se da música “Lacrou”, escrita por Elizeu Henrique e Cleitinho Persona, já disponível em todas as plataformas digitais. “Agradeço por tudo que tenho recebido e vivenciado e por todos esses anos de aprendizado”, derreteu-se.

Denis Baum arrow-options
Divulgação

Denis Baum


Para as próximas semanas, o artista, que ganhou projeção nacional após aparição no reality show “Popstars”, do SBT,  promete o lançamento de outras faixas exclusivas do primeiro DVD. Gravado em São Paulo, o projeto contou com a direção de Rodriguinho, ex-vocalista dos Travessos, além da participação especial de David Brazil, Juninho, Os Originais do Samba e Ademir Fogaça.

Linda, livre, leve e solta

De uns tempos para cá, uma modelo, que fazia parte do elenco de um programa dominical, tem priorizado posts com fotos sensuais nas redes sociais. Com isso, as críticas da ala feminina acabam chegando na mesma velocidade que a dos elogios da masculina. Semana passada, por exemplo, um famoso jornalista esportivo comentou no Instagram: “Meu amor, você não era assim”. Imediatamente, ela questionou: “Isso é uma crítica ou um elogio?”. E só sossegou quando leu “elogio, princesa”. Ufa!

Conta Bandeira

Mais destaques da coluna de Marcelo Bandeira arrow-options
Divulgação

Mais destaques da coluna de Marcelo Bandeira


• Para traduzir todo o conceito e a proposta do clipe “Love Don’t Cost a Thing”, do disco J.Lo (2001), de Jennifer Lopez , de quem se diz fã de carteirinha, Gyselle Soares foi a Barra Grande, no seu estado natal, Piauí, posar para as lentes do fotógrafo Diego Araújo. No ensaio temático, realizado antes da quarentena, a sister “reviveu” a energia e vivacidade da atriz e cantora latina. “Mostrei as fotos para alguns amigos e todos ficaram impressionados com a semelhança. Para mim, é uma honra. Sou fã dela desde sempre!”, comemorou a ex-participante do “Big Brother Brasil 8”, da Globo.


• Após fazer comentários de teor racista contra Maju Coutinho e Thelma Assis, do “Big Brother Brasil 20”, da Globo, o nome do ex-diretor da Band Rodrigo Branco foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter. No entanto, em uma sociedade que ainda tem o preconceito guiando muitas relações, o “silêncio ensurdecedor” de algumas celebridades deu a impressão de uma cumplicidade, só que no sentido negativo do termo. Como diria a minha mãe, “princípios são imutáveis”.

“Eu não costumo colocar meu senso de justiça no bolso para defender os que amo. Quando tive um familiar preso por roubo, assumi a defesa de quem foi roubado. Rodrigo é um irmão que a vida me deu. Mas não assumo sua defesa. Não compactuo com o que ele disse. Mas não o abandono, pois sei que ele jamais me abandonaria”, argumentou o padre Fábio de Melo em um dos trechos de um texto publicado no Instagram, nesta quarta-feira (1º).

• As medidas mais básicas para evitar a pandemia da Covid-19 vêm sendo ditas à exaustão, como lavar as mãos constantemente, tossir ou espirrar tapando o rosto com a parte interna do cotovelo, evitar beijos e abraços e aglomerações. Já outras foram passadas pela renomada cirurgiã-dentista Priscilla Pocallet, durante a participação no programa “Balanço Geral Oeste”, da RecordTV, do Paraná. Além da escovação e do uso do fio dental diariamente, sempre após o término das refeições, ela aconselhou trocar a escova com regularidade, explicou que os enxaguantes têm ação para controle da microbiota da boca, mas não diretamente do vírus, e relembrou que a higiene regular é a melhor forma de se prevenir contra a doença. Então, todo cuidado é pouco!

• O interior de São Paulo ficou pequeno para o talento de Leandro e Romani. Com o sucesso dos vídeos publicados no YouTube e no TikTok, eles gravaram o primeiro projeto audiovisual e lançaram o videoclipe de “Amor ou Aventura”, música que dá nome ao DVD. “Uma letra especial para os fãs apaixonados que estão divididos entre seguir a razão ou coração”, revelaram os intérpretes que, entre as múltiplas possibilidades artísticas, passeiam pelo sertanejo universitário, pop e brega funk, entre outras tendências atuais. É dar o play e começar a decorar mais uma com cara de hit!

• Rionegro e Solimões completaram 31 anos de carreira nesta quarta-feira, 1º de abril, dia internacional da mentira. Só para se ter uma ideia do poder: os cantores sertanejos já subiram ao palco mais de sete mil vezes, gravaram mais de 300 músicas, lançaram 19 CDs e 4 DVDs, venderam mais de 13 milhões de cópias e bateram recorde de público em festas de peão. Pensa que acabou? Eles também colecionam mais de 125 milhões de visualizações no YouTube, dezenas de discos de ouro, prata, platina e platina dupla e clássicos em novelas da Globo, como “Laços de Família”, “Cabocla”, “América” e “A Favorita”. Por fim, estão com escritório novo: a Mega Produções Artísticas, capitaneada por Claudio Roberto Santos e Boaventura Oliveira, mais conhecido como Manolo. Um sucesso só!

• Ex-apresentadora dos programas “Elas Comandam” e “SOS Mulher”, da Record News, do Grupo Record, Vivi Salvetti deixou o lado empreendedor falar mais alto e está à frente de um laboratório de desenvolvimento de produtos estéticos e de emagrecimento: o VS Lab. Procurada pela coluna, a empresária contou que “o destaque será a consequência de um trabalho bem feito” e afirmou que o recém-lançado batom Lip4Slim, disponível nas versões Liptint e Matte, é capaz de auxiliar na redução de medidas e inibição do apetite, além de outros benefícios à saúde da mulher.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana