conecte-se conosco


Mato Grosso

Batalhão Fazendário tem novo comandante

Publicado

O Batalhão Fazendário da Secretaria de Fazenda (Sefaz) está sob novo comando. O tenente-coronel PM Waldir Félix assumiu o cargo nesta quarta-feira (16.10) em substituição ao tenente-coronel PM Paulo César da Silva, que estava coordenando a unidade desde a sua instalação, em janeiro desse ano.

O secretário de Fazenda, Rogério Gallo, deu as boas-vindas ao novo coordenador, destacando o papel do Batalhão Fazendário. “O tenente coronel Paulo Cesar cumpriu uma missão importante aqui conosco e fica o agradecimento de todos os servidores fazendários pelo trabalho desempenhado ao longo desse período. O Batalhão Fazendário passa agora ao comando do tenente coronel Waldir Félix que dará continuidade as ações para que a gente consiga cada vez mais impedir a sonegação fiscal e os crimes contra a ordem tributária”.

Representando o Comando Geral da PM, o sub chefe de Estado Maior Wankley Rodrigues, participou da reunião e apresentou o novo coordenador do Batalhão Fazendário. “Hoje estamos aqui fazendo uma troca no comando da polícia militar dentro da Sefaz. Está saindo o tenente coronel Paulo César que está indo para uma outra missão na Polícia Militar, que é comandar a Rotam e nós estamos apresentando o Coronel Felix. Ele é um excelente oficial, com experiência operacional e administrativa e que manterá o trabalho que está sendo feito aqui entre a Polícia Militar e Sefaz, ou seja, mantendo a mão forte da fiscalização e garantindo que a receita não fuja do Estado”.

O tenente coronel PM Waldir Félix possui 17 anos de serviço prestado a sociedade, tendo ingressado na Polícia Militar em 2002. Com bacharelado em segurança pública e especialização em aperfeiçoamento de oficiais e em inteligência estratégica, ele afirmou estar pronto para o novo desafio.

“Estava em Juara, ultimamente comandando a Escola Militar Tiradentes e recebemos o convite do Comando Geral para vir para Cuiabá assumir essa missão que é auxiliar a Secretaria de Fazenda, o Estado como um todo, na fiscalização. Assumi essa responsabilidade e a partir de hoje começo a trabalhar e auxiliar tanto a Polícia Militar quanto a Sefaz”, disse o tenente coronel, agradecendo a recepção.

Parceria

Durante a reunião, o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, destacou que a parceria entre as Secretarias de Fazenda (Sefaz) e Segurança Pública (Sesp) é suma importância para a fiscalização fazendária e que tem mostrado bons resultados. “É muito importante a polícia militar aqui na Sefaz, pois o trabalho de fiscalização, seja nos postos ou no trânsito, é fundamental. Diria até que ele é vital para o sucesso da receita pública. Por isso, essa parceria é fundamental e tem que ser uma política permanente de apoio a fiscalização. O desafio é enorme e a gente espera que essa parceria continue e renda mais frutos”.

Em sua fala o gestor citou como exemplo de atuação das secretarias, e resultado da parceria, a Operação Liber Pater. Deflagrada no mês de agosto, a operação desarticulou uma quadrilha que sonegou mais de R$ 4 milhões em bebidas quentes, como cachaça, whisky, vodca e vinho. Além da operação Liber Pater, outras duas foram destaque ao longo de 2019: a Salutem e a, mais recente, Fake Paper.

“A Liber Pater, por exemplo, foi uma operação em que descobrimos o fio da meada na fiscalização de trânsito. Ao observar um comportamento no trânsito foi possível identificar as empresas fantasmas que realizam as operações com bebidas quentes sem o devido recolhimento do ICMS”, disse Gallo.

Outras operações de rotina, desenvolvidas no âmbito da fiscalização de trânsito, também foram realizadas em todo o estado com o apoio do Batalhão Fazendário. Ao todo, 47 ações foram desencadeadas no interior e 9 na região metropolitana, resultando em aproximadamente R$ 60 milhões de crédito tributário constituído. Desse total, R$ 20 milhões já foram recuperados ao caixa do Estado.

O secretário adjunto de Integração Operacional, da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes Pereira também ressaltou o trabalho desempenhado em conjunto com a Fazenda Estadual e os bons resultados obtidos. “A parceria da Sesp e da Sefaz envolvendo, principalmente, o trabalho feito pela Batalhão Fazendário e pela fiscalização traz um reflexo muito bom para todo o estado. A gente percebe que esse ano praticamente as grandes operações que a gente fez na Secretaria de Segurança Pública teve um apoio incondicional da Secretaria da Fazenda. E a proposta é que mesmo com essa mudança na estrutura militar, dentro da Sefaz, a gente continue com o trabalho da mesma forma que vem sendo realizado.”

O Batalhão

O Batalhão Fazendário foi criado pelo Governo do Estado, por meio da Secretarias de Segurança Pública (Sesp) e de Fazenda (Sefaz) com o objetivo de combater a sonegação fiscal, reduzir a concorrência desleal e de incrementar a receita estadual.

A unidade atua em conjunto com as equipes de fiscalização da Sefaz nas operações fixas, nos principais postos fiscais, e nas fiscalizações volantes de trânsito.  As operações de fiscalização são realizadas em todo o estado para pegar tanto as notas fiscais irregulares, com valores subfaturados, como caminhões que percorrem Mato Grosso sem o devido imposto recolhido.

Ainda participaram da reunião o secretário adjunto de Integração Operacional, da Sesp, Coronel PM Victor Paulo Fortes Pereira, os secretários adjuntos da Sefaz e vários servidores fazendários.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Governo do Estado decreta luto de 3 dias pela morte de Dom Pedro Casaldáliga

Publicado


.

O Governo do Estado lamenta o falecimento do bispo emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia, Dom Pedro Casaldáliga, aos 92 anos, na manhã deste domingo (08.08), no interior do Estado de São Paulo. O governador Mauro Mendes vai decretar luto de três dias pela morte da liderança católica.

“Ele foi um exemplo para todos na luta pelos direitos humanos e contra as injustiças sociais. É uma grande perda para o mundo e seu legado e ensinamentos deverão continuar a ser seguidos por todos”, declarou o governador.

O bispo nasceu na Espanha e mudou-se para São Félix do Araguaia em 1968, onde fundou a missão claretiana no Brasil.

Dom Pedro morreu devido a infecção respiratória, que evoluiu para uma embolia pulmonar. Ele estava internado em Mato Grosso há mais de uma semana e foi transferido para Batatais (SP) na terça-feira (04.08).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Iniciativa privada cede colaboradores e maquinários para ajudar no combate aos incêndios no Pantanal

Publicado


.

Os empresários da região da Transpantaneira estão auxiliando no combate aos incêndios no Pantanal. Fazendeiros estão cedendo colaboradores para operar as máquinas que farão os aceiros – desbaste de vegetação que impede a propagação do fogo.

“Já temos dois profissionais prontos para iniciar o trabalho nessa missão importante de combate ao fogo e logo haverá mais. Atendemos a demanda do Corpo de Bombeiros, em ação conjunta com a Secretaria de Meio Ambiente, que irá enviar maquinários apreendidos em Mato Grosso para a região”, diz Jefferson Moreno, secretário adjunto de Turismo.

A pasta é vinculada à secretaria de Desenvolvimento Econômico, que está articulando o apoio dos empresários, fazendeiros e moradores da região do Pantanal para este trabalho junto às forças de combate.

Na sexta-feira (07.08), foi deflagrada a Operação Pantanal 2, fruto de uma ação conjunta entre Governo de Mato Grosso, Forças Armadas, Ibama, Governo de Mato Grosso do Sul. Para a força-tarefa que já está atuando no local estão previstos a utilização de dois helicópteros e duas aeronaves do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT), uma aeronave do Ciopaer, uma aeronave do Sesc Pantanal e maquinários. Estiveram presentes o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, e a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti.

O efetivo empregado na iniciativa é de 31 bombeiros militares de Mato Grosso, 12 bombeiros militares de Mato Grosso do Sul, 16 fuzileiros navais, além do apoio de 10 brigadistas do Ibama, podendo ter o efetivo aumentado, dependendo das condições encontradas durante a força-tarefa.

“O Pantanal é uma região extremamente importante para Mato Grosso. Lá temos quase 15% do rebanho do Estado e também é um rico atrativo turístico. Este trabalho dos militares do Corpo de Bombeiros, Marinha, Forças Armadas e moradores e empresários é essencial para resguardamos a fauna e flora riquíssima do Pantanal”, diz César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico.

As pousadas Piuval, Rio Claro, Recanto do Jaguar, Pousada do Neco, Pousada Porto Jofre, os hotéis Santa Rosa, Pantanal Mato Grosso Hotel, Hotel Sesc Pantanal e as fazendas São João, Comitivas, São Miguel, Samambaia, a prefeitura municipal de Poconé, entre outros, estão contribuindo com o Governo de Mato Grosso para salvar o Pantanal.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana