conecte-se conosco


Mato Grosso

Batalhão Ambiental treina policiais militares para policiamento nos rios de Mato Grosso

Publicado

O Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) realizou uma capacitação de Instrução de Nivelamento do Conhecimento Fluvial, para policiais militares da unidade. O treinamento tem como base o aperfeiçoamento de técnicas para o policiamento e abordagem nos rios mato-grossenses.

As instruções de nivelamento foram realizadas entre segunda e quinta-feira (13 a 16.06). O comandante do Batalhão Ambiental, tenente-coronel Fagner Augusto do Nascimento, destaca que o BPMPA é a unidade pioneira, em Mato Grosso, a desenvolver o patrulhamento fluvial, que é o processo de policiamento com o emprego de embarcações em rios, lagos, canais e reservatórios de água.

“Mato Grosso possui uma rica malha de rios, compreendendo três grandes e importantes bacias hidrográficas, justificando, portanto, a preparação e treinamento para proporcionar aos policiais militares do Batalhão Ambiental os conhecimentos necessários para uma atuação segura e exitosa, tanto na fiscalização ambiental, quanto na prevenção a crimes praticados no ambiente aquático”, ressalta.

No primeiro dia os policiais militares receberam instruções de técnicas individuais e noções de funcionamento e manutenção de motores de popa.

Na terça-feira (14), foram ministradas instruções de nós e amarrações, natação utilitária, noções de funcionamento e manutenção de armamento, e técnicas de abordagem a embarcações.

Na quarta-feira (15), as instruções aconteceram no Rio Cuiabá, no município de Santo Antônio de Leverger-MT, onde os policiais do Batalhão Ambiental tiveram a prática na condução de barcos, prática de abordagem a embarcações e desenvolvimento de Técnicas de Ações Imediatas (TAI), estando embarcados.

E na quinta-feira (16), no último dia de instrução, os policiais militares do BPMPA finalizaram a capacitação com a realização da prática do tiro embarcado.

O tenente-coronel Fagner ainda pontua que “a Instrução de Nivelamento do Conhecimento Fluvial vem com uma visão de vanguarda em relação à temática ambiental de proteção aos recursos hídricos, fauna e flora em geral, pontualmente com o aprimoramento de técnicas de policiamento embarcado, advindas da qualificação de policiais do BPMPA”.

Além do Rio Cuiabá, as capacitações de nivelamento também foram realizadas na sede do Batalhão Ambiental, em Várzea Grande, e na Lagoa Trevisan, na Capital. As instruções foram ministradas pelo próprio efetivo da unidade, advindas da qualificação de policiais do BPMPA, que participaram de cursos operacionais em vários Estados, como por exemplo, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Roraima, Pará e Espírito Santo.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mato Grosso

Plantio de soja em Mato Grosso deve iniciar em 16 de setembro

Publicado

O calendário de plantio de soja em Mato Grosso será de 16 de setembro de 2022 a 03 de fevereiro de 2023, conforme a Portaria SDA 607 de 21 de junho de 2022, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, referente à safra 2022/2023.

A medida atende ao Programa Nacional de Controle da Ferrugem Asiática da Soja Phakopsora pachyrhizi (PNCFS), que estabelece o período de vazio sanitário para controlar o desenvolvimento do fungo causador da ferrugem asiática e racionalizar o número de aplicações de fungicidas. 

“A semeadura da soja somente é permitida dentro do período do calendário de plantio, e a fiscalização do cumprimento da medida fica a cargo dos fiscais e agentes do Indea”, alertou o diretor técnico, Renan Tomazele.

Vazio sanitário

Os fiscais e agentes do Indea estão atentos em relação ao cumprimento do período de vazio sanitário no Estado, período em que é proibida a presença de plantas vivas de soja, guaxas ou cultivadas, no território mato-grossense. A proibição iniciou em 15 de junho e segue até 15 de setembro.

Em 2021 foram realizadas 6.398 fiscalizações em propriedades, durante o vazio sanitário da soja. A ação alcançou 121 municípios do Estado. Ao todo, foram emitidas 166 notificações quanto à obrigatoriedade da destruição das plantas de soja e expedidos 74 autos de infração por descumprimento do vazio sanitário.

O vazio sanitário da soja foi instituído em Mato Grosso no ano de 2006, como uma medida fitossanitária para a prevenção da ferrugem asiática da soja, a fim de reduzir a sobrevivência do fungo Phakopsora pachyrhizi na entressafra e, assim, evitar a ocorrência da doença durante a safra.

A ferrugem asiática da soja é uma das principais doenças que acomete a cultura, causando desfolha precoce da planta, impedindo a completa formação dos grãos e a consequente queda de produtividade.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso investe mais de R$ 74 milhões em Nova Mutum

Publicado

O Governo de Mato Grosso investiu mais de R$ 74 milhões em Nova Mutum (a 240 km de Cuiabá), nos últimos três anos. Os principais investimentos foram para a área da infraestrutura, que recebeu mais de R$ 43,2 milhões em recursos para o asfaltamento de estradas e construção de pontes.

A MT-010 recebeu um investimento de R$ 13,3 milhões para a realização de asfalto novo e manutenção de 137 km, entre a MT-235 e o município de Nova Mutum. As obras já foram entregues pelo Governo de Mato Grosso. A rodovia também conta uma ponte de 150 metros avaliada em R$ 6,8 milhões no Rio Arinos, entre a BR-163/MT-010 e Nova Mutum.

Outra ponte sobre o Rio Arinos está em construção, na MT-010, entre São José do Rio Claro e a MT-338. Essa ponte está avaliada em R$ 7,9 milhões.

Por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), o Governo de Mato Grosso também promoveu asfalto novo nas Avenida 01, Ruas 1, 2 e 3 em Nova Mutum, além da reconstrução de uma ponte de madeira na MT-010 sobre o Rio Arinos. Essas obras, que foram executadas pela Prefeitura Municipal, somam R$ 1,7 milhão.

Ainda em fase de projeto, o Governo de Mato Grosso planeja construir um píer sobre o Rio Mutum, na M-270, com estrutura própria para turismo, avaliada inicialmente em R$ 13,5 milhões.

Já por meio de um convênio de R$ 18,5 milhões a ser assinado pelo governador Mauro Mendes nesta quinta-feira (30), o Estado irá levar asfalto novo em parceria com a Prefeitura Municipal ao Distrito Industrial Marcos Francisco Moraes. O governador também irá assinar um convênio para a construção de 448 casas no valor de R$ 25,2 milhões.

Social

Na área social, a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) destinou R$ 580,8 mil. O valor foi revertido para o atendimento de famílias com transferência de renda, entrega de 2,3 mil cestas básicas, 1,5 cobertores e 91 filtros de barro para a população em vulnerabilidade social.

Educação

Os investimentos para a educação ultrapassam R$ 1,6 milhão. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) investiu na entrega de dois ônibus escolares, aparelhos de ar-condicionado, conjuntos de mesa para professor e refeitório, equipamentos, comprou computadores, ajudou na contratação de internet para professores e fez uma manutenção na Escola Estadual Rui Barbosa.

Outros investimentos

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) enviou R$ 848,1 mil em recursos para a Prefeitura Municipal de Nova Mutum para promover a realização de jogos escolares e eventos culturais.

Na área da segurança pública, o Governo de Mato Grosso comprou 271 rádios digitais para a Região Integrada de Segurança Pública (RISP) de Nova Mutum e disponibilizou uma viatura para o Corpo de Bombeiros. Essas ações somam R$ 2 milhões.

Já para a saúde, a Estado entregou uma ambulância de R$ 164,9 mil; para o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), foram R$ 231 para a compra de uma caminhonete; R$ 136,3 mil para um convênio para compra de um veículo, distribuição de 240 doses de sêmen bovino e 200 toneladas de calcário.

O Governo de Mato Grosso, por meio do Desenvolve MT, também fez empréstimos para o comércio no valor de R$ 522 mil.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana