conecte-se conosco


Mato Grosso

Batalhão Ambiental da PM resgata filhote de onça perdido em lavoura em Jaciara

Publicado

Policiais do Batalhão de Proteção Ambiental resgataram em Jaciara (144 km de Cuiabá), um filho de onça parda que estava perdido em uma área de lavoura. As primeiras informações sobre a localização do felino chegaram na 9ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militares de Jaciara, que por sua vez acionou o Batalhão Ambiental.

O animal, conforme os policiais, deve ter cerca de 30 dias e recebeu os primeiros cuidados em Jaciara, com uma moradora que atua em apoio aos órgãos ambientais na proteção de animais silvestres.

Em Cuiabá, para onde veio, o felino está sendo acompanhado por profissionais do Hospital Veterinário da UFMT. Depois que receber alta hospitalar deve ser levado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Batalhão Ambiental (Cetas), em Várzea Grande.

No Cetas, os cuidados com o bicho serão voltados à reintrodução ao meio ambiente, mas antes disso deve ser enviado a um santuário de animais silvestres, onde receberá treinamento para a vida selvagem. O resgate ocorreu na quarta-feira (17.07).

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Vazio sanitário do algodão começa nesta quinta-feira (01.10) em Mato Grosso

Publicado


O vazio sanitário do algodoeiro começa nesta quarta-feira (01.10) em Mato Grosso, conforme Instrução Normativa Conjunta SEDEC/INDEA nº 001/2016. Durante 60 dias fica proibida a existência de plantas vivas de algodão com risco fitossanitário no Estado, com o objetivo de prevenir a proliferação de pragas, em especial o bicudo-do-algodoeiro, principal doença que afeta a cultura.

Mato Grosso está dividido em duas grandes regiões: região I, que vai do Sul até o Vale do Araguaia e tem o período de vazio de 1º de outubro até 30 de novembro; e região II, Norte e Oeste, que tem o período de vazio sanitário de 15 de outubro até 14 de dezembro.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, mais uma vez o Estado conta com a parceria dos produtores rurais. “Sabemos da importância da cultura do algodão para Mato Grosso e também da responsabilidade de todos os agricultores neste período. Tenho certeza que faremos um ótimo trabalho em conjunto para que a próxima safra seja de mais sucesso”, afirma.

“É importante que os produtores realizem a destruição dos restos culturais do algodão e que mantenham suas lavouras livres de plantas de algodão com risco fitossanitário, estando sempre alerta às novas rebrotas, haja visto a característica perene das plantas de algodão, que são de difícil destruição”, alerta Ana Paula Vicenzi, coordenadora de Defesa Sanitária Vegetal do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea MT).

Durante o período de vazio sanitário a previsão é fiscalizar, pelo menos duas vezes, todas as propriedades produtoras de algodão do Estado. O descumprimento da medida fitossanitária pode acarretar aplicação de multa ao produtor rural, além do comprometimento da produção das propriedades na próxima safra.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Governo assina contrato para dar início a construção da ponte sobre o rio Aripuanã

Publicado


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), assinou o contrato para a execução dos serviços de construção de uma ponte de concreto sobre o Rio Aripuanã, localizada na MT-208, em Aripuanã (a 949 km de Cuiabá). A ordem de serviço para início efetivo das obras deve ser emitida nos próximos dias.

A ponte de concreto terá um total de 240 metros de extensão e é fundamental para fortalecer o desenvolvimento econômico do município de Aripuanã e a região Noroeste de Mato Grosso. Isso porque vai permitir a ligação de Aripuanã ao distrito de Conselvan, à cidade de Rondolândia e ao estado de Rondônia.

Além da construção da ponte, será executado o encabeçamento das duas cabeceiras da ponte, em uma extensão de 1,73 quilômetro. Serão investidos R$ 11,7 milhões na execução dessa obra, cujos recursos são oriundos do Governo do Estado, além de recursos da União, por meio da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco).

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo de Oliveira, os investimentos previstos são 26% menores do que o inicialmente estimado, em aproximadamente R$ 16 milhões, em razão do deságio que as licitações realizadas pela Sinfra estão obtendo devido aos pagamentos em dia.

Governo assina contrato para dar início a construção da ponte sobre o rio Aripuanã

“Como a Sinfra está pagando em dia os fornecedores, nossas licitações apresentam deságio e estamos conseguindo reduzir os valores.  Com isso está sendo possível o Estado   entregar obras de qualidade com custo mais baixo”, disse o secretário.

Ainda segundo o secretário, a construção das pontes e as demais obras executadas em Aripuanã vão melhorar a trafegabilidade, além de estimular o desenvolvimento na região.  Hoje Aripuanã é reconhecida como segunda maior produtora de energia, referência na extração mineral, pecuária e manejo florestal sustentável. 

“A substituição da ponte de madeira no local é uma promessa feita pelo governador Mauro Mendes para a região, que se concretiza através do empenho do Estado. Nós temos em torno de 23 mil habitantes só na região de Aripuanã, cidade que estava há anos pleiteando essas melhorias de infraestrutura. Agora o Governo está fazendo o que é sério e decente: levando benfeitorias a todos os rincões de Mato Grosso”, disse o secretário.

Pavimentação em Aripuanã

Outras obras

Além da construção da ponte, o Governo do Estado já realiza outra obra de infraestrutura no município. Está em execução a pavimentação de 41,6 quilômetros da MT-208, no trecho que vai de Aripuanã até Passagem do Loreto, no entroncamento da MT-418, que dá acesso à BR-174.

O asfaltamento é resultado de um termo de cooperação entre Estado e Prefeitura de Aripuanã e são investidos aproximadamente R$ 39 milhões, por parte do Estado, nessa obra. Também está em andamento a execução dos serviços de manutenção e conservação de 90,5 quilômetros da MT-208, entre a cidade de Aripuanã e o Distrito de Conselvan.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana