conecte-se conosco


Nacional

Barroso estende suspensão de despejos e desocupações na pandemia até março

Publicado


source
Ministro Barroso irrita bancada evangélica
Abdias Pinheiro/ Secom TSE

Ministro Barroso irrita bancada evangélica


O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), estendeu a ordem que suspende os despejos e as desocupações por conta da pandemia da Covid-19 até 31 de março de 2022. Em decisão publicada nesta quarta-feira (1º), o magistrado ressaltou que a medida vale para imóveis de áreas urbanas e de áreas rurais .

“Não há justificativa razoável para se proteger pessoas em situação de vulnerabilidade nas cidades e não no campo, ainda mais quando noticiados casos de desocupações violentas em áreas rurais”, apontou o ministro.

A última liminar, concedida em junho, estendia a suspensão até o próximo dia 3. Mas, para Barroso, a extensão é urgente diante da existência de 123 mil famílias ameaçadas de despejo no Brasil e do agravamento das condições socioeconômicas, o que gera um risco de aumento no número de desabrigados.

Leia Também

Com isso, o ministro determinou a prorrogação do prazo no âmbito da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 828, a pedido do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e outras entidades da sociedade civil. Elas apresentaram a ação justamente para evitar o fim da vigência.

Ao acatar o pedido parcialmente, Barroso considerou que a crise sanitária ainda não foi plenamente superada. “Com a chegada do mês de dezembro, constata-se que a pandemia ainda não chegou ao fim e o contexto internacional – notadamente com a nova onda na Europa e o surgimento de uma nova variante na África – recomenda especial cautela por parte das autoridades públicas”, frisou o ministro.


Ele fez um apelo para que o próprio Congresso prorrogue a vigência. Porém, adiantou que, se isso não ocorrer, a continuidade da ordem está garantida pela liminar.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

SP: profissionais de enfermagem são liberados do rodízio de veículos

Publicado


source
Rodízio municipal de veículos em São Paulo
Oswaldo Corneti/Fotos Públicas

Rodízio municipal de veículos em São Paulo

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Mobilidade e Trânsito (SMT) e da Companhia de Engenharia de Tráfego ( CET ), libera a partir de amanhã (19/01), profissionais de enfermagem do rodízio municipal de veículos da cidade de São Paulo. A medida valerá, a princípio, até o final do mês de fevereiro.

Os enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem realizarão o cadastro de seus veículos junto ao Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (COREN SP) — a exemplo do que já é realizado com os médicos no  CREMESP —  e o  COREN encaminhará para a CET os dados para que os veículos sejam cadastrados e recebam autorização especial para que sejam liberados do rodízio municipal.

A medida vale para os residentes na Região Metropolitana de São Paulo que atuem nos serviços públicos de saúde municipal, estadual ou federal prestados no Município de São Paulo, comprovado o exercício dessa atividade profissional pelo Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo.

Recomendações

  • Respeite a sinalização;
  • Não estacione em locais sinalizados com cones e/ou cavaletes;
  • Ao avistar a canalização de orientação na pista, reduza a velocidade dos veículos para maior segurança.

Você sabia que cuidados simples podem ser adotados na prevenção do Covid-19, também conhecido como coronavírus?

  • Use máscara;
  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão;
  • Evite aglomerações ou locais pouco arejados.

Continue lendo

Nacional

VÍDEO: criança se emociona ao falar de solidão na pandemia e viraliza

Publicado


source
Olga Damas, de 10 anos, comoveu a internet ao expressar seus sentimentos durante o isolamento social
Jornal Bom Dia/Reprodução

Olga Damas, de 10 anos, comoveu a internet ao expressar seus sentimentos durante o isolamento social

Na mesma semana em que a vacinação das crianças contra a covid-19 gera polêmicas em diversos cantos do país, um vídeo de uma garotinha emocionada ao falar da solidão na pandemia está tomando as redes sociais.

Olga Damas, de 10 anos, concedia uma entrevista ao Jornal Bom Dia quando caiu no choro. A reportagem falava sobre o início da vacinação de crianças de 5 a 11 anos em Londrina. A menina explicava o quanto se sentiu sozinha durante o período de isolamento, em que ficou sem frequentar a escola.

“Nesses últimos dois anos eu não voltei para a escola. (…) E nesses últimos anos, eu acabei ficando muito sozinha, e eu não tinha amigos. E aí agora, eu sei que quando eu tomar a segunda dose, até a terceira, eu vou voltar para escola, vou fazer novos amigos e vou ser mais feliz.” Assista:

Olga ainda fez um apelo à população que ainda não se vacinou. “Por favor, se vacinem, não pensem só em vocês e sim em todas as crianças que estão aí nesse mundo, porque elas precisam da ajuda de vocês. Se vocês não se vacinarem, a gente vai sofrer mais do que vocês ainda.”

Repercussão nas redes

Leia Também

A entrevista de Olga foi compartilhada no Twitter e rapidamente a internet viralizou o vídeo. Muitos perfis de grande alcance, como o da deputada Sâmia Bonfim (PSOL) e do apresentador João Luiz Pedrosa se solidazaram com os sentimentos dela. “Isso aqui me quebrou de um jeito…”, disse o apresentador.


Já a deputada aproveitou o vídeo para fazer uma crítica ao negacionismo e incentivar a vacinação infantil. ” Chega de tanto sofrimento e atraso gerado pelo negacionismo. Vai ter vacinação infantil sim! #VacinasSalvamVidas.”



Drop here!

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana