conecte-se conosco


Geral

Bancos são investigados por usarem nomes de índios para realizarem empréstimos

Publicado

A Procuradoria Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor provocou a Promotoria de Justiça Cível de Água Boa (a 730km de Cuiabá) a apurar casos envolvendo indígenas idosos que haviam, supostamente, celebrado contratos de empréstimos consignados com diversas instituições financeiras na comarca. Assim, a Promotoria encaminhou ofício aos bancos solicitando esclarecimentos sobre os empréstimos e que encaminhem os documentos referentes à contratação.
O Ministério Público de Mato Grosso requisitou também a instauração de inquérito policial para apurar a suposta prática de crime de fraude financeira, no qual agências bancárias de Água Boa estariam contraindo empréstimos em nome de indígenas sem o consentimento deles, conforme narram as dezenas de ações declaratórias de inexistência de relação jurídica e de débito cumulada com repetição de indébito e indenização por danos morais ajuizadas. O inquérito foi instaurado pela Delegacia de Polícia de Água Boa em março deste ano.
A Promotoria de Justiça de Água Boa aguarda tanto a conclusão do inquérito quanto as respostas dos bancos para, com base nas informações levantadas, verificar a possibilidade de ajuizar ação civil pública contra as instituições bancárias. Concomitantemente, a Procuradoria Especializada na Defesa da Cidadania tem se manifestado, de maneira reiterada, favoravelmente à declaração de inexistência de relação jurídica e de débito nas ações em trâmite. E o Tribunal de Justiça de Mato Grosso vem acatando as manifestações e decidindo em favor da parte autora.

Leia Também:  Prefeitura assina Ordem de Serviço para reestruturação do Museu do Rio de Cuiabá

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Várzea Grande inaugura nova unidade de saúde e prefeita anuncia entrega de outras cinco até o final de sua gestão

Publicado

A prefeita Lucimar Campos destacou os investimentos na saúde do município

A  prefeitura de Várzea Grande entregou nesta sexta-feira (19), mais uma UBS – Unidade Básica de Saúde e que mesmo estando na Atenção Básica, terá atendimento de urgência e emergência. Instalada no bairro Parque do Ipê, a nova UBS vai beneficiar moradores de 10 bairros e duas comunidades da Região do Grande Cristo Rei.
A UBS contará com três equipes médicas, duas delas vindas do Programa de Saúde da Família (PSF) dos vizinhos Jardim União e Hélio Ponce de Arruda. Estão sendo aplicados entre recursos próprios, e via governo federal, R$ 1,1 milhão em obras físicas, mobiliários, medicamentos e equipamentos.
De acordo com a prefeita Lucimar Campos (DEM), até o final de sua gestão, mais cinco unidades deverão ser inauguradas e colocadas para atender a população que precisa do apoio e suporte do Poder Público. São elas: a dos bairros São Mateus, Cohab Cabo Michel, Jardim Maringá, Jardim Eldorado, Cohab Santa Isabel e Construmat.

Leia Também:  Prefeitura assina Ordem de Serviço para reestruturação do Museu do Rio de Cuiabá

“Essa obra se reveste de importância e excelência, porque foi resgatada. Existia uma unidade própria condenada pela Defesa Civil que foi transferida para uma casa alugada e sem as condições ideais. Fora isto, essa obra em questão que foi lançada na gestão passada, teve que ser saneada por causa de irregularidades, novamente licitada para então a partir de agora ser entregue a população que está vendo voltar em benefício o imposto pago”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

A UBS entregues nesta sexta-feira faz parte de um ‘pacote’ de oito unidades básicas que estavam com as obras paralisadas e totalmente abandonadas, mas que foram retomadas pela atual gestão e integram investimento global de mais de R$ 40 milhões na construção de unidades, com o objetivo de ampliar o atendimento à população. “Várzea Grande faz saúde publica com responsabilidade e transparência tanto na gestão médica como de medicamentos para atender a população, por isto investe 30% de seu orçamento na área médica e odontológica, enquanto a legislação prevê 15%”, destacou a prefeita.

Leia Também:  Confira o que abre e o que fecha no serviço público no feriado da Sexta-feira Santa

Continue lendo

Geral

Lei Seca em Cuiabá prende 7 motoristas por embriaguez ao volante e apreende 31 veículos

Publicado

Blitz foi realizada na madrugada deste sábado, na Avenida da Prainha

Sete motoristas foram presos durante Operação da Lei Seca realizada na avenida Tenente Coronel Duarte, em Cuiabá, na madrugada deste sábado (20). Ao todo, foram lavrados 50 autos de infração e realizados 120 testes de alcoolemia. Os policiais também recolheram 16 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e removeram 31 veículos, sendo 25 carros e seis motocicletas.

O motorista flagrado dirigindo embriagado terá que pagar multa no valor de R$ 1.915,40. No momento do teste de bafômetro, o condutor que apresentar índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido (mg/l) é preso, paga a multa, tem a CNH suspensa e responde por crime. A pena é de detenção de seis meses a três anos.

Quando a quantidade de álcool detectada for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem CNH retida e paga multa.

Leia Também:  Evento vai arrecadar fundos para melhorar infraestrutura da Santa Casa de Cuiabá
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana